O CORAÇÃO TEM CÉREBRO
Publicado por Alexiis
em 01 de abril de 2012




Descobriu-se que o coração contém um sistema nervoso independente e bem desenvolvido com mais de 40 mil neurônios e uma completa e espessa rede de neurotransmissores, proteínas e células de apoio.

Ele é inteligente.

Graças a esses circuitos tão elaborados, parece que o coração pode tomar decisões e passar à ação independentemente do cérebro; e que pode aprender, recordar e, inclusive, perceber.

Existem quatro tipos de conexões que partem do coração e vão para o cérebro da cabeça.

1. A comunicação neurológica mediante a transmissão de impulsos nervosos.

O coração envia mais informação ao cérebro do que recebe, é o único órgão do corpo com essa propriedade e pode inibir ou ativar determinadas partes do cérebro segundo as circunstâncias.

Significa que o coração pode influenciar em nossa maneira de pensar.

Pode influenciar em nossa percepção da realidade e, portanto, em nossas reações.

2. A informação bioquímica mediante hormônios e neurotransmissores.

É o coração que produz o hormônio ANF, aquele que assegura o equilíbrio geral do corpo: a homeostase.

Um dos efeitos é inibir a produção do hormônio do estresse e produzir e liberar a oxitocina, que é conhecida como o hormônio do amor.

3. A comunicação biofísica mediante ondas de pressão.

Parece que através do ritmo cardíaco e suas variações, o coração envia mensagens ao cérebro e ao resto do corpo.

4. A comunicação energética.

O campo eletromagnético do coração é o mais potente de todos os órgãos do corpo: 5 mil vezes mais intenso que o do cérebro.

E tem-se observado que muda em função do estado emocional.
Quando temos medo, frustração ou estresse se torna caótico.
E se organiza com as emoções positivas.

Sim. E sabemos que o campo magnético do coração se estende ao redor do corpo entre dois ou quatro metros, ou seja, todos que estão ao nosso redor recebem a informação energética contida em nosso coração.

A que conclusões nos levam estas descobertas?

O circuito do cérebro do coração é o primeiro a tratar a informação que depois passa para o cérebro da cabeça.

Não será este novo circuito um passo a mais na evolução humana?

Há duas classes de variação da frequência cardíaca: uma é harmoniosa, de ondas amplas e regulares e toma essa forma quando a pessoa tem emoções e pensamentos positivos, elevados e generosos.

A outra é desordenada, com ondas incoerentes e aparece com as emoções negativas. Sim, com o medo, a raiva ou a desconfiança.

Mas há mais: as ondas cerebrais se sincronizam com estas variações do ritmo cardíaco; ou seja, o coração incentiva a cabeça.

A conclusão é que o amor do coração não é uma emoção, é um estado de consciência inteligente.

O cérebro do coração ativa no cérebro da cabeça centros superiores de percepção completamente novos que interpretam a realidade sem se apoiar em experiências passadas.

Este novo circuito não passa pelas velhas memórias, seu conhecimento é imediato, instantâneo e, por isso, tem uma percepção exata da realidade.

Está demonstrado que quando o ser humano utiliza o cérebro do coração, ele cria um estado de coerência biológica, tudo se harmoniza e funciona corretamente, é uma inteligência superior que se ativa através das emoções positivas.

Este é um potencial não ativado, mas começa a estar acessível para um grande número de pessoas.

E como posso ativar esse circuito?

Cultivando as qualidades do coração: a abertura para o próximo, o escutar, a paciência, a cooperação, a aceitação das diferenças, a coragem.

É a prática dos pensamentos e emoções positivas.

Em essência, liberar-se do espírito de separação e dos três mecanismos primários: o medo, o desejo (avareza) e a ânsia de controle, mecanismos que estão ancorados profundamente no ser humano porque nos têm servido para sobreviver por milhões de anos.

E como nos livramos deles?

Assumindo a posição de testemunhas, observando nossos pensamentos e emoções sem julgar e escolhendo as emoções que possam nos fazer sentir bem.

Devemos aprender a confiar na intuição e a reconhecer que a verdadeira origem de nossas reações emocionais não está no que ocorre no exterior, e sim no nosso interior.

Cultive o silêncio, entre em contato com a natureza, viva períodos de solidão, medite, contemple, cuide de seu entorno vibratório, trabalhe em grupo, viva com simplicidade.

E pergunte a seu coração quando não sabe o que fazer.


Annie Marquier, matemática e pesquisadora da consciência.
Professora em Soborne, França, fundou no Quebec o Instituto para o Desenvolvimento da Pessoa.
É autora de "O poder de escolher", "A liberdade de ser" e "O mestre do coração".
"O Ser Humano leva consigo um potencial extraordinário de consciência, inteligência, sabedoria e amor; recentes descobertas cientificas constatam isso."


"Hoje, vá aonde for, faça o que fizer, esteja com quem estiver, minha principal intenção é buscar e encontrar razões para me sentir bem quando vejo, ouço, cheiro, saboreio ou toco algo.

Meu propósito é solicitar, experimentar, exagerar, falar e desfrutar do melhor que vejo em meu passo em cada momento.

Quando isto se converter em seu mantra, você se sintonizará com a melhor Vibração que encontrar, a melhor, e a melhor, e a melhor.

Antes que se dê conta, sua vibração estará muito próxima do que está acontecendo em seu Depósito Vibratório, em sua Realidade Vibratória."

Esther Hicks - Abraham


Fonte: http://escritores-canalizadores.blogspot.com.br/

Tradução: SINTESE para os Blogs De Coração a Coração e Sintese
http://stelalecocq.blogspot.com/
http://blogsintese.blogspot.com/

Exibições: 2391

Respostas a este tópico

OI, FÁTIMA, VC SABIA QUE NO NOSSO ORGANISMO O ÚNICO ÓRGÃO QUE NÃO DEPENDE DO SISTEMA NERVOSO CENTRAL É O INTESTINO? VC SABIA TAMBÉM QUE O INTESTINO DELGADO É UMA FÁBRICA DE NEURÔNIOS? O DR.  O DR.HELION POVOA TEM UM LIVRO DE SUA AUTORIA QUE FALA SOBRE ISSO( O CEREBRO DESCONHECIDO), É SOBRE O INTESTINO E SISTEMA GÁSTRICO. PAZ E LUZ WEBER 

Capa


Saudações de Luz Weber Malcher!!!

Gratidão pela sua participação e partilha.

Eu sabia sim.  Sou praticante e profissional de Medicina Chinesa. Na medicina chinesa a forma de analisar, ver e sentir é completamente diferente da medicina tradicional alopática.

Todos os órgãos fazem parte de uma grande orquestra, embora tenham inteligência própria, comungam da harmonia e  consciência de união.

Na Medicina Chinesa diz-se que se o intestino não vai bem toda orquestra desafina.

Existe uma vasta rede de neurônios no intestino, denominado sistema nervoso entérico, onde ocorre a produção de vários hormônios e neurotrasmissores com atuação local no trato gastrintestinal e também interação com o sistema nervoso central (SNC - cérebro e medula espinhal).

Um bom exemplo é o caso da serotonina, conhecida como o hormônio do bem-estar, da alegria, formada a partir do aminoácido triptofano obtido através da alimentação. Parte dela é produzida na glândula pineal no SNC, mas a maior parte da sua produção (90%) ocorre no intestino. Ela é produzida quando o bolo alimentar entra em contato com o intestino, isso porque é ela a responsável por estimular as contrações no intestino que são responsáveis pela motilidade do bolo alimentar ao longo desse órgão.

Entretanto, a serotonina produzida no intestino tem também ações a nível cerebral. Isso pode ser verificado, por exemplo, em pessoas que tem constipação intestinal crônica (prisão de ventre), as quais, por esse motivo, não têm uma boa produção de serotonina e apresentam maior irritabilidade, propensão a depressão, e, no caso das mulheres, exacerbação dos sintomas da TPM.

 

Mais informaçoes:

O CÉREBRO E OS INTESTINOS

A relação do cérebro com os intestinos, embora há muito conhecida pelos grandes códigos de medicina, como a ayurvédica, a chinesa e a tibetana, vem sendo descoberta pelos cientistas.

O aminoácido L-glutâmico – presente na Aloe vera, mas pouco comum à alimen-tação contemporânea – é tão indispensável à regeneração da mucosa intestinal quanto ao processo de reversão dos quadros de senilidade e depressão.

A L-tirosina, igualmente presente no gel da Aloe vera, é precursora dos hormônios tiroxina, melatonina e serotonina – neurotransmissores da tranqüilidade e da alegria de viver, cuja deficiência está relacionada à depressão, agressividade, tendências ao vício do álcool, das drogas etc.

A serotonina é a precursora da melatonina – hormônio produzido pela glândula pineal, o centro superior de processamento de informação eletromagnética, do qual as vias aferentes e eferentes são os meridianos da acupuntura. A melatonina é o antioxidante mais poderoso produzido pelo organismo.

A serotonina e a melatonina têm uma relação de alternância. A primeira predomina quando o cérebro se encontra em estado de alerta e a segunda nos períodos de sono.
O que não se sabia até recentemente é que ambas são secretadas pelas glândulas dos intestinos, e não apenas pela pineal.

As primeiras evidências desse fato vieram das pesquisas do Dr. Michael D. Gershon, autor do livro O Segundo Cérebro,(1) que revelaram dois fenômenos importantíssimos:

• As paredes dos intestinos, estimuladas pela fricção das fibras alimentares, secretam a serotonina.

• A serotonina secretada pelos intestinos é o fator de controle do peristaltismo que, em cadências regulares, movimenta o bolo alimentar e as fezes ao longo do trato gastrintestinal.

• As paredes do trato gastrintestinal são recobertas por uma rede de neurônios diretamente responsáveis pela coordenação de todas as funções digestivas que, embora estejam conectados ao sistema nervoso central, têm total autonomia sobre todas as etapas do processo digestivo.

No Brasil, o Laboratório de Pesquisas em Neurônios Entéricos da Universidade Estadual de Maringá, vem se destacando como centro de pesquisa no assunto.(2) De acordo com o seu coordenador, Dr. Marcílio Hubner de Miranda Neto, os neurônios, tanto do cérebro como dos intestinos, são basicamente de três tipos.

A Natureza dos Neurônios do Cérebro e dos Intestinos

 

Associativa

conduzem as informações a serem processadas.

Motora

respondem aos estímulos.

Sensitiva

captam os estímulos do meio ambiente e os levam
aos centros nervosos.

O intestino é o único órgão capaz de funcionar de modo totalmente independente do sistema nervoso central. A autonomia vem de sua habilidade em produzir arcos reflexos – intertransmissão de estímulos entre os neurônios sensitivos, associativos e motores – que tanto lhes permite captar as informações, como processá-las e responder de acordo com a necessidade do momento. Em outras palavras, os intestinos também pensam, decidem e executam tarefas tal qual um cérebro.

Torna-se, portanto, óbvia a relação entre os intestinos saudáveis e a sensação de autoconfiança e de auto-estima, e porque os que padecem de prisão de ventre têm problemas relacionados à autoconfiança e à auto-estima. Isso explica porque o sistema floral de Bach indica o Crab Apple tanto para aumentar a auto-estima como para combater a prisão de ventre.

Sob a batuta dos neurônios entéricos, os alimentos devem percorrer o tubo digestivo a uma velocidade ideal, para que o bolo alimentar ou fecal não fique retido, em lugar algum, mais do que o tempo necessário.

Qualquer alteração física ou mental se reflete na aceleração ou desaceleração dos movimentos peristálticos – diarréia ou prisão de ventre –, cuja cronicidade gera conseqüências desastrosas.

• Diarréia

- Desidratação e perda de sais minerais, cuja conseqüência mais imediata é o desequilíbrio ácido-alcalino.

- Perda da fluidez dos humores, dificultando a desintoxicação, nutrição, oxigenação das células e dos humores e controle sobre metabolismo celular.

- Deficiência dos sucos digestivos, promovendo a má digestão, as inflamações intestinais, a perda da permeabilidade da mucosa intestinal, exaustão do sistema imunitário, subnutrição celular, problemas emocionais e mentais etc.

• Prisão de ventre

- Fermentação, putrefação e oxidação do bolo alimentar.

- Intoxicação do organismo e congestão hepática'.

- Disbiose da flora intestinal.

- “en-fez-amento” descontrolado.

- Ressecamento e acúmulo de fezes nas paredes intestinal, impedindo a absorção dos nutrientes devido ao sufocamento da mucosa, promovendo um ambiente propício à flora disbiótica e aos processos infecciosos e inflamatórios.

Sendo 90% da serotonina produzida pelos intestinos, assim termina o Dr. Helion Póvoa seu livro O Cérebro Desconhecido:

Quando analisamos o fato de que o intestino é fundamental na formação da seroto-nina, nada mais é preciso acrescentar. A alegria e a inteligência emocional, de que tanto precisamos para viver bem, começam realmente a partir do intestino! Por isso só nos resta garantir a esse fantástico órgão matérias-primas de primeira qualidade, o que conseguimos com uma alimentação saudável. Ele, inteligentemente, se encarregará de garantir nossa saúde e nossa felicidade.(3)

Por isso, a higiene alimentar e a higienização dos intestinos também são essenciais à prevenção e à reversão dos quadros de distúrbios emocionais e problemas mentais que, segundo estatística um tanto benevolente, hoje atinge 25% da população mundial.

Os alimentos, portanto, podem estar fazendo com que os intestinos padeçam e a alma chore. Nesses casos vale a pena recorrer ao socorro da Aloe vera. Devido à sua ação sobre a rede neural entérica da mucosa intestinal, ela promove a produção da serotonina e da melatonina, assim como o peristaltismo.

Aumenta a qualidade do sono, a sensação de bem-estar, o otimismo, o bom humor, a capacidade de atenção e de raciocínio. Os pensamentos ficam mais leves e a vida mais prazerosa.

REFERÊNCIAS:

(1) Gershon, Michael D. O Segundo cérebro. Ed. Campus, Rio de Janeiro, 2000.
(2) http://www.aduem.org.br/revista/revista_ocerebrodointestino.htm
(3) Póvoa, Helion. O cérebro desconhecido. Objetiva, Rio de Janeiro, 2002.

Do Livro Saúde & Beleza Forever, de Mônica Lacombe Camargo
- Edição Esgotada -


WEBER MALCHER disse:

OI, FÁTIMA, VC SABIA QUE NO NOSSO ORGANISMO O ÚNICO ÓRGÃO QUE NÃO DEPENDE DO SISTEMA NERVOSO CENTRAL É O INTESTINO? VC SABIA TAMBÉM QUE O INTESTINO DELGADO É UMA FÁBRICA DE NEURÔNIOS? O DR.  O DR.HELION POVOA TEM UM LIVRO DE SUA AUTORIA QUE FALA SOBRE ISSO( O CEREBRO DESCONHECIDO), É SOBRE O INTESTINO E SISTEMA GÁSTRICO. PAZ E LUZ WEBER 

Capa

É VERDADE, QUANDO O INTESTINO NÃO VAI BEM A ORQUESTRA DESAFINA, E COMO DESAFINA. GRANDE ABRAÇO P VC. VC É LUZ. WEBER

No ano passado, tomei algumas decisões espirituais baseadas em meu coração e fui muito feliz por isso. Vale a pena escutá-lo. bjus

 MUITO ME ALEGRA PODER SAIR DA IGNORÂNCIA.

OI GERSON, O MESMO DIGO EU. IGNORÂNCIA É CARMA. RSSS. WEBER

Excelente artigo.Obrigada.

GRATA DEMAIS.SOU TODA GRATIDÃO A ESTE GRUPO MARAVILHOSO.GRATA

Que maravilha- provar cientificamente  que todos já sabiam- o coração é o nosso melhor cérebro. Obrigada. 

Meu muito obrigada.

Agradeço tanto a Fátima como ao Weber. Que aula ótima. Namaste. Abraços de luz a todos.

bacana a mensagem Adorei. Obrigada.

RSS

© 2018   Criado por Fatima dos Anjos.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço