Publicado por Verônica D'amore em 28 abril 2009


As chaves da matemática futura são dadas em códigos coordenando a cibernética-pictográfica que usa "Pirâmides" em vez de "Pontos" de modo que as estruturas matemáticas se desdobrem e sigam o "Traçado de Luz" múltiplo.

No Princípio era a Palavra, mas o princípio da Palavra prosseguiu como uma pictografia de Luz e se tornou forma.

Das emanações da Mente Divina saíram os quadros de Luz (pictografias) que foram combinados com as geometrias das formas
criadoras produzindo o espectro de todas as formas que se originaram do alfabeto da criação.

Esta Chave explica como a linguagem da matemática futura será uma linguagem de pictografias de luz e de cibemética-ideográfica.

A complexidade do universo e as doutrinas perfeitas utilizadas pelos Senhores de Luz requerem um processo de comunicação de alta velocidade de modo que conceitos integrais possam ser transmitidos dentro da totalidade da experiência de um ambiente.

A informação de muitos reinos diferentes pôde ser singularmente combinada, de modo tal que não podia ser adequadamente expressa ou sentida pela linguagem humana devido aos lentos movimentos dos verbos, às mesmas distâncias espaciais que são retidas entre as imagens na linguagem impressa, e à orientação linear das codificações da linguagem humana em preto e branco, que não permitem que as colorações subtis da linguagem mental superior sejam transmitidas como um testemunho dos eventos reais.

O homem exprime a sua consciência com um "ponto" temporal, que se transforma em um ponto focal de restrição e não permite o movimento contínuo do fluxo de sua consciência. Isto deve-se à "auto-acusação" exaustiva e incondicional do homem que permite que sua consciência esteja presa a noções de "pecado" e "Limitação".

Contudo, a Evolução Superior não deixa que padrões de interferência eletrostática gerados pelos deuses inferiores mantenham o homem perpetuamente preso em uma escravidão consciencial.

Os ungidos pelas pictografias divinas iriam receber seu conhecimento por meio de pictografias de Luz para que sua unidade corpo-mente pudesse ser codificada simultaneamente em todos os níveis da linguagem bioquímica, em velocidades mais altas que a dos mecanismos de relé biológico do hipotálamo.

As pictografias de luz são formas-pensamento da inteligência superior projectadas pelas irradiações de cor para as dimensões mentais correspondentes que percebem o conhecimento por meio de urna mente-corpo coordenada.

As pictografias harmonizam tons de cor em padrões-mântricos que podem ser retidos pela mente espiritual.

A imagem é sustentada por um leque de cores, geralmente operando entre nove e doze cores, que maximizam as relações de vogais e consoantes de cor, transpondo a instrução para uma placa, texto, ou ensinamento na Linguagem adequada (dentro da Linguagem de Luz).

Deste modo, as pictografias são formas imagéticas energizadas simbolizando o encontro de ideias que produzem quadros e sons na linguagem mental, e activam o cone receptor do olho para perceber objectos nos muitos níveis do espaço nos quais o homem coexiste.

As pictografias operam com os sistemas de controle automático compostos pelo sistema nervoso e o cérebro, e pelas redes de comunicação eléctricas/mecânicas da cultura humana.

As pictografias de Luz são essenciais para a troca de mensagens entre o corpo humano e seu corpo do Eu Superior. Somente quando você conhece a sua verdadeira identidade com respeito ao seu Eu Superior, pode haver uma verdadeira compreensão das pictografias de Luz, que dão conhecimento não apenas da realidade imediata, mas de todas as realidades adjacentes utilizadas na instrução da . identidade EU SOU de um mundo ao próximo.

Assim, as pictografias comunicam não apenas sabedoria espiritual superior ao cérebro, mas nos provêm com um novo sistema circulatório para ligação com nossos Eu-Superiores.

Estas pictografias de luz operam através de pulsações semelhantes ao "Yod", concentradas em repetir padrões piramidais que se estendem por todo o espaço, tempo e matéria. Isto permite a impressão de formas-pensamento superiores até em objectos inanimados escolhidos para receber os índices superiores de luz como um testemunho de uma Linguagem de Luz Viva. Isto foi visto na entrega dos Dez Mandamentos por meio de codificações de Luz sobre as tábulas de pedra.

Estas formas-pensamento da Irmandade são projectadas por meio de um "Traçado de Luz" múltiplo, estabelecendo uma rede de Luz para conectar um centro piramidal com outros centros piramidais. Estes centros compreendem um conglomerado cerebral gigante. E deste modo, utilizando conglomerados cerebrais gigantes que abarcam muitas inteligências galácticas, a inteligência da evolução física superior é capaz de operar em uma rede de comunicação universal.

No entanto, quando a Inteligência Superior transmite seus sinais, eles só podem ser captados por inteligências planetárias com qualidades de Amor semelhantes às divinas. Seu sinal de emissão, nesta frequência, diz que "aquele que tem ouvidos ouça" como viver na imagem deles.

As irmandades físicas operam horizontalmente tendo cinco pirâmides como o foco de seu" conglomerado cerebral" básico. Os conglomerados são anelados para formar unidades Merkabah conectadas com um controle galáctico central. Elas enviam e recebem a "cibernética-pictográfica" sintonizando os seus cérebros para estabelecer um elo de comunicação, forte o suficiente para iniciar o processo de transferência.

Este elo com níveis qualificadores de deuses só pode ser formado através da mudança dos códigos genéticos de personalidade que reconstroem o corpo para os níveis ascendentes da experiência de Deus.

Eles fazem transmissões somente aos que têm a alegria da busca eterna do nível Divino infinito; os que têm a escolha entre se desenvolver em um corpo consciencial de Luz ou serem retransmutados e reciclados dentro da forma física quando sua actual vestimenta-abrigo se desfizer.

A transmissão da cibernética-pictográfica opera por meio de um "processo de amor-luz holístico" onde os "Traçados de Luz" múltiplos entrelaçam as hierarquias da espécie da semente Adâmica com as Hierarquias infinitas daqueles universos que englobam a Mente de YHWH.

Cada expansão da mente galáctica requer o ajuntamento de quatro grupos adicionais de conglomerados cerebrais, que estão em alinhamento connosco mas existem em seus níveis piramidais correspondentes. A sincronização dos que partilham uma "imagem comum" ocorre antes que os próximos níveis da divindade possam ser alcançados dentro da pirâmide cósmica em ciclos infinitos de nossa galáxia.

Quando dirigido pelo foco piramidal divino de nível-1, que é o elo de comunicação com pelo menos quatro agrupamentos cerebrais no status divino de nível-0, o foco piramidal permite que as instruções se irradiem de uma pirâmide central aos centros piramidais circundantes de crescimento evolutivo, estimulando o crescimento aos níveis divinos elementares. Assim, os quatro agrupamentos adicionais completam seu crescimento evolutivo no status divino de nível-1.

Por meio de sua própria capacidade de enviar conhecimento aos centros de evolução 'circundantes, cada novo grupo divino de njvel-1, então, começa a recrutar suas civilizações no nível divino-0 por meio de "Traçados de Luz" múltiplos para se unir com outros , grupos de nível divino que abrangem a hierarquia do universo local.

As radiações pictográficas alcançam os cérebros que estão prontos para participar em uma escala de conhecimento em expansão infinita por todo seu universo. Cada cérebro opera dentro de um conglomerado do próximo nível de expansão. Matematicamente, os cérebros individuais que compreendem nosso universo local criam uma função: KNc = 5 n c onde K equivale à constante cosmológica, Nc é igual aos agrupamentos de cérebros individuais, e nC é igual ao número de expansões de um agrupamento cerebral ampliado. Assim, a Palavra de Deus se desenvolve em unidades de 5, 25, 125, 625, 3125, 15625... (i.e., aqui a simbologia é a evolução do ponto-zero até o controle da entropia inercial além da sequência) ...

Ao recrutar a raça humana através de seu agrupamento cerebral, em conjunção com os outros níveis da realidade física e do Eu Superior, a pirâmide cerebral. em expansão consegue ser promovida um nível inteiro na escala Divina dentro da pirâmide cósmica da galáxia.

A pirâmide é o módulo mais central para esta infinita expansão consciencial por todo nosso universo local. Quando a pirâmide existe em uma forma de energia pura, ela permite que uma ampla variedade de sinais a atra vessem, transmitindo qualquer coisa, desde a matéria concreta até correntes de luz de alta frequência que se interconectam com outros "mundos", provendo, então, meios ,de transmissão instantâneos entre todos os pontos de origem.

Assim, quando a pirâmide, como uma forma de energia pura, está conectada com "Traçados de Luz" múltiplos, ela permite que qualquer coisa, desde a compreensão intuitiva até a informação direta, entre na pirâmide e deixe a pirâmide por todos os lados (por meio de formas de comprimento de onda ampliadas), para novos pontos de comunicação.

Pois a pirâmide é a pedra de topo do conhecimento e, na educação do eu humano pelo Eu Superior, ela é vista pairando dentro de um campo de Luz conhecido como o oitavo chacra. Pois o oitavo chacra é usado para abrir o envoltório de energia da criação humana, e provê a comunicação directa constantemente com aqueles da Grande Irmandade Branca. E esta pirâmide de Luz flutuante pode ser vista pelos Irmãos, até mesmo no corpo físico, e é o testemunho da ressurreição da carne.

"As pictografias de Luz" irão selar os corpos que serão ressuscitados. Estes selos irão manter a mente vigilante para que repila as tentações de morte à medida que a alma é removida para outros mundos, tendo primeiro sido glorificada pelas letras que selam a alma no Livro da Vida do Pai.

O Homem que vê e compreende isto é o que desfruta da união com a Linguagem de Luz do Pai; ele desfruta de liberdade ilimitada para se dirigir a outros domínios conscienciais, pois ele paira acima de qualquer limitação espacial de linguagem. A linguagem do Pai reespacializa a mente para trabalhar com as geometrias do continuum de vida.

A Linguagem terrena foi moldada pelos padrões variados dos pensamentos humanos, resultando em morfemas e fonemas, organizados em estruturas fraseológicas lineares separadas por pontos. Os "pontos" geram sintacticamente uma interrupção na consciência e uma desativação das formas-pensamento superiores de livre navegação que não foram concebidàs para as limitações da sintaxe estática; pelo contrário, as formas-pensamento superiores foram concebidas para a reespacialização da mente nas geometrias abertas do continuum de vida.

O Homem verá que desde as suas formas-pensamento até as explosões nucleares catastróficas, nada se detém dentro das limitações de seu planeta físico. Ele compreenderá que existem ciclos de luz sem "pontos" finais, pois até as ondas sonoras de eras anteriores, que estão agora nas regiões profundas e distantes do espaço, podem ser percebidas e decifradas por meio de instrumentos adequados.

Dessa forma, os Senhores de Luz desceram dos Loka superiores para assumir a forma humana e para ensinar a Linguagem de Luz de modo que a mente do homem consiga se expandir para ver o amanhecer de outros mundos e outros reinos da criação gerando os próprios símbolos do pensamento que conectam o nosso plano consciencial com a totalidade Universal da mente-corpo.

Em ciclos anteriores, o homem, sob a orientação dos Senhores e Luz, transcreveu as pictografias de luz em um alfabeto de letras de fogo e geometrias matemáticas conhecidas como ideografias, que eram capazes também de reespacializar qualquer forma consciencial que partilhasse essa projeção original de Luz. Os Senhores de Luz advertiram o Homem de que não fizesse mal uso da Linguagem de Luz, empregando o fluxo e refluxo errado dos padrões de linguagem, ou utilizando o conhecimento da linguagem contra a Vontade do Pai.

Mas o homem não ouviu a Palavra do Senhor, e aceitou instruções dos Ofanim caídos sob o comando de Semjaza, que partilharam muitos dos Segredos Eternos do Reino do Pai, que os homens estavam lutando para aprender. No entanto, estes segredos foram partilhados através da arte da guerra, da arte da linguagem falada e escrita corrompida e segmentada, resultando em escrituras imperfeitas, e em outras artes que enfeitiçam e desencaminham o homem.

Os instrutores caídos também ensinaram as artes da construção de templos e da arquitectura; e instruíram o homem a construir grandes cidades com torres de comunicação que unificariam o Homem com a Hierarquia dos anjos caídos.

Michael, Uriel, Rafael e Gabriel olharam do céu e viram que a ausência de lei no planeta estava sendo aproveitada pelos anjos caídos para estender seu conhecimento a outros reinos planetários. Eles apelaram ao Trono de YHWH para pôr um fim à Torre de BabeI e para ocultar dos olhos da humanidade caída a Linguagem de Luz.

Assim, o padrão conceitual do homem já não consegue assimilar directamente os ensinamentos dos Senhores de Luz, até que seu corpo e mente sejam recarregados pelas emanações de Luz das Hierarquias angélicas e das Irmandades de Luz.

Neste momento, as transformações nos novos céus têm feito com que ocorram enormes mudanças na Terra, liberando as câmaras das profundezas onde estão ocultas as importantes escrituras científicas de todos os tempos. Elas nos estão sendo devolvidas como uma "língua interna" para que reconheçamos as cartas sagradas da Irmandade que trabalha com o Adam Kadmon. Deste modo, seremos capazes, novamente, de falar com línguas de fogo.

Perceba essa mudança, ó Vigilante de Zíon, e conheça a linguagem de Luz ao fundo destas palavras: "Eis o que o Senhor YHWH proclama: 'Aqui ESTOU (Eu Sou) criando novos céus e nova terra; e as coisas antigas não voltarão à mente, nem chegarão ao coração'"

Nesse momento, vocês se utilizarão - e se comunicarão por intermédio - do olho da mente de vocês em pictografias de Luz flamejantes. Não mais as coisas antigas da linguagem humana ou a ressonância dos Ofanim caídos voltarão à mente para separar a vibração de luz de vocês do "Joshu-a que vem em nome de Je-ho-wah"!

Benditas sejam as letras de JOSHUA JEHOWAH, YEHOVAH,
YAH


Onda Encantada.

Exibições: 333

Respostas a este tópico

OI, VERÔNICA, PARABÉNS POR ESTA POSTAGEM. LEMBRO, NA OPORTUNIDADE, QUE A NOSSA GALÁXIA, AS VIA LÁCTEA TEM QUATRO BRAÇOS ESPIRAIS E UM CENTRO GALÁCTICO. ORA, SE VC UNIR OS QUATRO BRAÇOS COM LINHAS RETAS, VC VAI TER O CENTRO FORMANDO UMA GIGANTESCO PIRÂMIDE. REALMENTE, A MATEMÁTICA DO FUTURO SERÁ PIRAMIDAL. DEUS GEOMETRIZA. FELIZ 2013. WEBER

Só faltou acrescentar o quanto a meditação é importante neste processo de reconexão e recepção das Linguagens da Luz. Muito bom! Parabens pelo grupo.

Namastê!

RSS

© 2018   Criado por Fatima dos Anjos.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço