ATRAINDO ABUNDÂNCIA E PROSPERIDADE

Informação

ATRAINDO ABUNDÂNCIA E PROSPERIDADE

Vivencie-se e Decida-se interiormente pela sua abundância e prosperidade que é a minha e de todos nós. Cada vez mais conscientes de que o Universo tem em grande quantidade; poderemos pedir o que quisermos que prosperaremos infinitamente!

Local: Abundância Cósmica
Membros: 546
Última atividade: 3 Dez, 2016

MENSAGENS DO BLOG - NOSSA RELAÇÃO COM O DINHEIRO




“Nuestra Relación Con El Dinero”
Por Alicia Galván
Tradução: VerônicaD’amore

No princípio, nosso Deus Pai-Mãe nos deu tudo o que necessitávamos para nossa sobrevivência e manter com facilidade nossos corpos físicos durante nossa travessia terrena. Se nos deu a luminosidade do Sol, ar fresco, água, comida e materiais dos quais construir refúgios e fazer roupa para nós mesmos; a Intenção Divina era que nossas necessidades físicas fossem supridas para que assim nós pudéssemos nos focar em usar nosso dom do livre-arbítrio e nossas faculdades criativas de pensamento e sentimento para aprender a co-criar os padrões de perfeição desde o Corpo Causal de Deus no plano físico.

Nunca foi intenção do Plano Divino que nós precisássemos lutar desde manhã até a noite em trabalhos mundanos somente para colocar alimento sobre a mesa e abastecer as necessidades de nossos corpos físicos. Isto de fato é uma distorção tosca que fizemos do Plano Divino original para este planeta e é uma incômoda distração de nosso propósito e razão de ser nesta escola de aprendizagem. Depois da “queda”, perdemos consciência de nossa Herança Divina e do fato de que somos Filhos de Deus. Ao descender para freqüências mais e mais densas de nossas próprias criações erradas humanas, fomos incapazes de escutar a orientação de nossa Presença EU SOU, à qual agora nos referimos como “a pequena voz dentro de nós”. Para compensar este vazio em nossas vidas, desenvolvemos nossos egos humanos fragmentados, baseados no temor. Demos nosso poder a este aspecto mudado de nós mesmos, permitimos que nos manipulassem com a crença de que apenas somos nossos corpos físicos e o plano físico é tudo o que existe.

Com essa percepção distorcida, começamos a crer também em carência e limitação. Esquecemos que estamos co-criando esta realidade e que a Luz primária, sem forma, que compreende cada partícula de Vida no plano físico, é ilimitada. Esquecemos sobre a infinita abundância de Deus e começamos a temer por nossa própria sobrevivência. Assim, nos tornamos temerosos de que não haja o suficiente para as nossas necessidades vitais a fim de que cada um viva comodamente e em paz. Começamos a acumular as coisas que necessitamos para sustentar nossos corpos físicos, os quais por sua vez, bloquearam a fluidez da infinita abundância de Deus. Somos co-criadores com nosso Deus Pai-Mãe, assim quando nossos pensamentos e sentimentos baseados no temor se refletiram na substância elemental da Terra, começamos a experimentar as condições climáticas que resultaram em inundações, secas, fome, pragas e pestilências. Quando isso se sucedeu, fomos projetados para um círculo vicioso. Quanto mais acumulávamos as coisas que necessitávamos para sobreviver, menos disponíveis estavam as coisas para cobrir as necessidades da vida e mais temerosos nos tornávamos.

Desenvolvemos uma consciência de avareza e egoísmo, a qual acreditamos ser necessária a fim de sobrevivermos. Começamos a lutar por terra, comida, água e coisas materiais.



Eventualmente, criamos um sistema monetário para trocar pelas mesmas coisas que Deus nos havia dado livremente. Conforme a confusão e o caos construídos, nossos egos humanos nos forçaram a crer que qualquer coisa que necessitássemos fazer para sobreviver era apropriado, ainda que isto significasse mentir, roubar, enganar ou matar. Ao se certificar da dissolução da economia global, podemos ver claramente a evidência desta trágica situação em todos os lados para onde olhamos. Praticamente cada mal que se manifesta na Terra pode ser investigado em retrospectiva, para a consciência baseada no temor da falta e limitação. Isto é verdade, ou seja, que falemos sobre corrupção, violência e depravação moral nos governos, os militares, as instituições financeiras, as corporações, as indústrias médicas, de seguros e farmacêuticas, organizações religiosas, instituições educativas, algumas organizações sem propósito de lucro ou setor privado e os indivíduos.

Nossos egos baseados no temor, para sobreviver, infunde à Humanidade o desejo de fazer o que quer que seja para obter o que desejamos. Durante eões a gente tem atuado, continuamente, com a percepção distorcida de falta ou carência e limitação. Como resultado desta ilusão, as pessoas por todos os lados estão retorcendo-se em dor e sofrendo. Nossos egos humanos perpetuados na prisão da consciência de pobreza.

É hora de trazer para nós o poder que os nossos egos humanos nos usurparam e é hora de darmos a nossa Presença EU SOU total domínio sobre nossas vidas. Temos a habilidade de reclamar nossa Herança Divina e de restaurar o fluxo ilimitado da abundância de Deus. Nunca foi tão importante para nós fazer isto como agora. Conforme a Luz de Deus aumenta na Terra e a negatividade que conflitua com essa Luz é empurrada para a superfície, para ser transmutada e curada, estamos vendo que a economia global gira sobre areias movediças de corrupção e avareza. Desde as aparências externas, parece que a economia se dirige ao colapso total mas, de fato, esta é a obscuridade antes do amanhecer.

A limpeza que está tendo lugar no mundo econômico é uma parte necessária do processo de cura. Os arquétipos antigos de avareza, egoísmo, corrupção e depravação moral estão sendo expostos e destruídos a fim de limpar o caminho para os novos arquétipos de Abundância Infinita e Paz Eterna de Deus. Aqueles que estão desejosos em obter sua riqueza prejudicando outras partes da Vida estão destinados ao fracasso.

Ou seja, que estejam prejudicando as pessoas ou contaminando a Terra, seus nefastos esforços estão sendo expostos no brilho da Luz da Verdade Divina. A busca pelo egoísmo se tornou o número um que vem prevalecendo durantes anos, não pode sustentar agora que os novos arquétipos estão em seu lugar.

É o momento que foi profetizado quando “tudo o que está escondido, agora deve se revelar.” Os esquemas clandestinos de ilusão e desonestidade que têm prejudicado as multidões em uma rede de pobreza, já não mais serão ocultados sob o manto da obscuridade. A pequena elite que acumula a riqueza do mundo enquanto milhões vivem com fome, enfermidade e falta de higiene, já não terão êxito em suas aventuras auto-obsessivas.

A pobreza é uma criação humana errada e nunca se pretendeu que fizesse parte de nosso Plano Divino. Os padrões distorcidos de carência e limitação são uma ilusão que nós criamos e que tem se sustentado através de nossos pensamentos, palavras, sentimentos, ações e crenças.

Os novos arquétipos da Infinita Abundância e Paz Eterna de Deus estão baseados na Verdade Divina que DEUS É NOSSO PROVEDOR, não as circunstâncias externas do mundo. Nossa herança natural é o abastecimento contínuo de Deus de todas as coisas boas. Quando recordamos esta Verdade, abrimos nossos corações de novo para a fluidez ilimitada da abundância de Deus.

Este momento único será registrado no Livro Dourado da Vida como o tempo no qual a Era de paz Eterna e Infinita Abundância se estabeleceu permanentemente na Terra. Somente imaginem vocês e eu estamos fisicamente presentes para co-criar os eventos que elevarão este planeta e toda sua Vida para a Luz da Paz Eterna e da Infinita Abundância de Deus.

RECLAMANDO A ABUNDÂNCIA DE DEUS

A fim de que nós possamos reclamar nosso Direito natural de Nascimento da Infinita Abundância de Deus, necessitamos clarificar nossa relação com o dinheiro. Já que temos escolhido viver em um sistema que usa dinheiro como fonte de trocas, necessitamos eliminar nosso temor e nos darmos conta de que o dinheiro é somente uma fonte de energia – ponto. Não é uma monstruosa entidade que vem às nossas vidas para manipular o seu poder sobre nós e reger nossos destinos. É somente por nosso temor para sobreviver que temos permitido que o dinheiro tenha este tipo de controle sobre nós.

Antes de tudo, devemos eliminar a consciência de pobreza e começar a funcionar com a consciência de prosperidade. No lugar de me preocupar todo o tempo com o não ter dinheiro suficiente, necessitamos nos focalizar em nossa gratidão pelo dinheiro que temos. Gratidão é um magnetismo que atrai mais ainda para nossas vidas – aquilo a que estamos agradecidos.

Cada vez que gastamos um centavo de nosso dinheiro, ou seja, para comprar, pagar as contas, por entretenimento ou o que for, devemos bendizê-lo com a gratidão pelo serviço que nos está proporcionando. Então, o deixemos ir livremente, sabendo que este dinheiro é somente uma fonte de energia e como TODA energia, se irá, expandirá e retornará a nós para dar mais serviço.

Se enviamos nosso dinheiro resmungando pelo alto custo de vida, temendo que não teremos o suficiente para cobrir nossos gastos, odiando gastá-lo nas necessidades da vida, de forma automática estamos bloqueando a fluidez da abundância de Deus.

O processo de desenvolvimento da consciência de prosperidade não significa sair e carregar coisas desnecessárias e nos colocarmos profundamente em mais dúvidas ao gastar dinheiro que não temos. Contudo, significa que estamos reconhecendo que o dinheiro está nos proporcionando um serviço que deveríamos aceitar com gratidão e apreço.

Ao alcançar a grande velocidade, é crucial que recordemos que somos responsáveis de co-criar nossa própria prosperidade. Devemos nos perguntar perpetuamente. “Se está acrescentando o que EU SOU pensando, dizendo, sentindo ou fazendo a minha prosperidade e a minha consciência de prosperidade? Ou estou bloqueando minha prosperidade com temor e consciência de pobreza?

Se o que estamos expressando está refletindo consciência de pobreza, então devemos nos perguntar: O que necessitamos mudar a fim de expressar consciência de prosperidade e abrir o fluxo da abundância de Deus justo agora? É imperativo que nos mantenhamos de forma tenaz em nossas visões positivas e as energizemos diariamente com nossas afirmações e o enfoque de nossa atenção. Devemos ser deliberados com a nossa riqueza. Através da persistência, confiança e aceitação, abriremos nossos corações a Deus e a todas as coisas boas.

UM FATOR VITAL AO RECEBER A ABUNDÂNCIA DE DEUS.

A Lei do Círculo tem um papel muito importante em nossa prosperidade. A maré e a fluidez de Vida, que está tão claramente demonstrada na Lei do Círculo, é um fator crítico a fim de que nós recebamos a fluidez da Ilimitada Abundância de Deus. Existem muitas expressões que descrevem a maré e o fluir de nossa Força de Vida: inalar e exalar, radiação e magnetização, dar e receber, causa e efeito, ação e reação, involução e evolução. A fim de que o Plano Divino de Deus seja realizado e para que nós recebamos um contínuo fluir da Infinita Abundância de Deus, a maré e a fluidez de nosso dom de vida devem estar equilibrados. Se estivermos recebendo mais Força Vital da qual estamos enviando ou vice-versa, se cria um desequilíbrio que bloqueia a fluidez.

Quando fomos voluntários para encarnar na Terra, aprendemos como nos converter em Co-criadores com nosso Deus Pai-Mãe, concordamos que cooperaríamos com a Lei Universal do Círculo e manter o equilíbrio da Força Vital. Nossos Pais e Deus concordaram em prover o que necessitaríamos para suster nossos corpos físicos, tais como a Luz do Sol, água, ar fresco, material para alimento e refúgio e a substância da Luz eletrônica que faz bater nossos corações e nos permite viver, nos mover, respirar, pensar e ter a nosso Ser no plano físico.



NOSSA RELAÇÃO COM O DINHEIRO (PARTE FINAL)

Em troca, aceitamos equilibrar nosso dom de Vida ao usar nossa Força Vital e nossas faculdades criativas de pensamento e sentimento, para expandir as fronteiras do Reino do Céu na Terra. Concordamos em usar nosso dom do livre arbítrio para observar os padrões de perfeição no Corpo Causal de Deus e, então, combinar estes padrões em nossas próprias formas únicas de criar expressões novas previamente desconhecidas da Divindade no mundo da forma. Concordamos enviar nosso dom de Vida nas formas que pudessem acrescentar Luz ao mundo. Isto se faz facilmente através de nossas expressões de amor, reverência por toda Vida, gratidão, sabedoria, abundância, paz, sorte e felicidade que abençoará toda a Vida na Terra.

Quando caímos no abismo de nossas próprias criações humanas errôneas, esquecemos os acordos que havíamos feito com Deus. Ainda quando, porém, estávamos recebendo e usando todos os dons de Vida que nosso Deus Pai-Mãe estava nos proporcionando, nós não estávamos dando nada em troca. Não estávamos utilizando para acrescentar LUZ ao mundo. Este comportamento auto-centrado bloqueou de forma efetiva a fluidez da abundância de Deus.

Uma vez que nosso abastecimento foi bloqueado, caímos em um padrão disfuncional de lutar cada dia somente para haver suficiente dinheiro para pagar pelas coisas que necessitávamos para sustentar nossos corpos físicos. Estas eram as mesmas coisas que Deus já nos havia dado de forma gratuita. Quando gastamos nosso tempo, energia e dinheiro para pagar pelo o que Deus já nos havia proporcionado; é como não dar nada de volta para equilibrar nosso dom de Vida. Este desequilíbrio nos aprisionou num modo de estancamento ou limitação. Como resultado, fomos lançados para as angústias paralisantes da pobreza que unicamente perpetuaram nossa consciência de carência e limitação. Esta condição desconcertante é a causa da pobreza que temos experimentado durante muitas vidas e é a razão para as situações financeiras que estão afetando a economia global agora.

As boas notícias são: que temos criado este problema a nós e temos o poder de fazer algo com isto. Temos a habilidade de renovar contratos com Deus e de reclamar nossa prosperidade. Tudo o que temos que fazer para renovar nosso contrato com Deus é começar a fazer o que concordamos fazer em primeiro lugar. Isto significa que necessitamos equilibrar na nossa Vida o que recebemos e nos beneficiar a cada dia ao dar algo de volta ou em troca e expandir os limites do Reino do Céu na Terra. Isto pode soar complicado, mas de fato é muito simples. Qualquer coisa que façamos, para melhorar a qualidade de Vida na Terra, expande os limites da Divindade e se acrescenta à Luz do mundo. O que seja que façamos para abençoar toda Vida ao compartilhar nosso amor, reverência, adoração, gratidão, sabedoria, abundância, paz, sorte e felicidade, enfim, mais incrementa a criação do Céu na Terra.

Existem tantas formas de nos abrir ao fluxo da abundância de Deus, quanto existe gente no planeta planejando formas de equilibrar seu dom de Vida ao compartilhar seu amor e apreço. Se de forma específica desejamos aumentar a abundância do dinheiro em nossas vidas, existe um processo muito específico que devemos seguir.

AUMENTANDO NOSSA FLUIDEZ
Na atualidade usamos o dinheiro como nosso meio de trocas, assim que a fim de que nós obtenhamos prosperidade e para nos converter em seres financeiramente livres, necessitamos incrementar nosso fluxo de dinheiro. Facilmente podemos fazê-lo ao aplicar a Lei Universal do Círculo. Lembre-se, o que é semelhante atrai ao que é semelhante. O que enviamos em forma de energia se expande e retorna a nós. O dinheiro é energia. A fim de que nós atraiamos mais dinheiro para nossas vidas, necessitamos enviar mais dinheiro.

Não necessito lhes dizer que nós todos estamos enviando toneladas de dinheiro para pagar as necessidades de nossos corpos. O problema é que Deus já nos proporcionou estas coisas necessárias para nós livremente, assim que, o dinheiro não conta como nosso dom de equilíbrio pela estima de nossa Força Vital. Com a finalidade de incrementar a nossa fluidez de dinheiro, devemos dar dinheiro de volta a Deus, em estima por nosso dom de Vida, para apoiar coisas mais além do que gastamos para sustentar aos nossos corpos físicos.

(...)

A atitude e consciência com a qual damos nosso dinheiro é crítica para nosso êxito. Nosso dinheiro deve ser doado livremente, sem nenhuma atadura. (...)

A razão pela qual necessitamos afirmar, conscientemente, o retorno de nosso dinheiro, é porque nós esquecemos de que o dinheiro é uma forma de energia, a qual deveria sair e retornar a nós. Somente temos bloqueado este processo natural com nossa consciência de pobreza.*

Através da percepção distorcida de nossos egos humanos temos desenvolvido a expectativa de que o dinheiro sai, mas nunca volta. Ao afirmar nosso Divino Direito de Nascimento e decretar aceitar o ilimitado fluxo da abundância de Deus, estamos reprogramando em nós para esperar a prosperidade. Podemos começar a reclamar a multiplicação na devolução de nosso dom, mas na Verdade, não existe limite para a devolução que podemos esperar. Quando afirmamos o seguinte decreto com profundo sentimento, afirmamos nosso dom de amor e estima e reclamamos a fluidez da abundância de Deus na corrente de volta.



Comentário de Verônica D’amore – Estas são minhas elaborações e não se caracterizam verdades absolutas. Contudo, é no que creio verdadeiramente aqui e agora. Compartilho com vocês.

Uma vez que entendemos o dinheiro como sendo uma energia, não creio que precisamos pagar a Deus na mesma moeda (ou seja, com dinheiro - já que esta não é uma criação D’Ele, mas Nossa. Isto se parece muito com a mecânica do dízimo e, embora eu não queira aqui introduzir nenhuma desdita ou discussão a respeito desta lógica; não me interessa investigar - se devemos pagar o dízimo ou não e se isto é cientificamente comprovado ou não pelos “Exegetas”; é preciso lembrar que, hoje temos muitos maus exemplos do mau uso desta energia - dinheiro, neste sentido e em outros no mundo inteiro).

Mas, penso que o que é válido na lógica do Universo do fluir abundância para as nossas Vidas é o modo como cremos e pensamos como recebemos e doamos ao Universo uma energia tão poderosa quanto esta (plasmada em dinheiro) que nós mesmos criamos.

Em troca, podemos aplicar desde em nós mesmos, a mudança do modo de ver e como conseguir mais desta energia (dinheiro) e, fundamentalmente, ter clareza para que a desejo em minha Vida, fazer o quê com este dinheiro ou como usá-lo – para o meu bem narcísico ou para um Bem Maior? Isto não precisa, necessariamente, estar vinculado a doações às Instituições de Caridade ou Beneficentes ou ONGs etc.

Mas, que isto tem a ver com a minha intenção! A intenção de desejar e a consciência que tenho desta, são os mais importantes promovedores de fluxo da energia abundante no Universo.

Se, temos uma relação mesquinha, egoísta e limitada com esta energia, então, compreendo que nada estamos fazendo de diferente para mudar o estado em que a criamos anteriormente, portanto, não estamos contribuindo em nada para com o Universo em forma de Luz ao Mundo. Se, ao contrário, converto esta energia poderosa que está plasmada em dinheiro, em alguma AÇÃO dirigida ao Universo Maior – ao Pai-Mãe Universal – terei a grata honra e certeza de que me retornará da mesma forma; se a minha crença for doar algo que considero o mais brilhante em mim para doar... Nesta lógica, compreendo que tudo pode realizar esta troca e agradecimento com o Universo. Novamente aqui dependerá de sua/minha crença verdadeira e justificada internamente.

O dinheiro é uma energia e como tal deve circular – entrar em movimentação – isto é capitalizar a energia plasmada no dinheiro. Faça-o de acordo com a sua responsabilidade ao EU SOU – esta capitalização pode vir em forma de mais Serviço, por exemplo. Quando não nos fixamos na espera (verdadeiramente), então, a fluidez surgirá...

É retornar ao amor pelo amor; ao serviço pelo serviço... E no dinheiro para fazer o uso de sua energia. É sair da lógica da “meritocracia” em que nossa cultura se aprimorou ilusoriamente. Aqui, dependerá muito mais de nossas habilidades, capacidades de crer no autopoder de antes mudarmos dentro de nós as crenças errôneas para, depois, expandir a energia em forma de Luz ao Universo!

Há muito trabalho a ser feito, efetivamente, para pôr esta energia em fluidez novamente. E este trabalho, repito, é nosso com cada um de nós primeiramente.

*Sugiro que os interessados neste tema leiam o artigo traduzido no Grupo – Um Curso em Milagres – sob o título: “Compreender a Natureza das Crenças” escrito por Stuart Wilde. Excelente!
__(Verônica D’amore)____



Retomando e finalizando o texto:

Uma vez que damos nosso amor e apreço por nossa Vida de volta a Deus na energia do dinheiro e reclamamos a multiplicação de Deus no fluxo de retorno da abundância, é importante que de forma consciente nós esperemos receber um aumento de dinheiro. Não devemos limitar a Deus ao tratar de imaginar de onde chegara o dinheiro, simplesmente necessitamos estar abertos e respectivos a cada avenida de retorno.


Comentário de Verônica D’amore)_________
Desculpem-me, mas aqui preciso novamente comentar – não posso concordar com este movimento. Porque há o que chamamos de bom uso e mau uso da energia. Portanto, deve me interessar sim, de onde vem este dinheiro e como ele me chega, porque de fato quando começamos a trabalhar e mexer com esta energia, outras podem estar vindo juntamente com ela – conforme suas crenças e condicionamentos inconscientes (superegóicas) – ou até mesmo karmicas.

A minha observação fez notar que, aos mais desavisados e aos menos conscientes dela, ou seja, se você não decretar, conscientemente, como será usado e para onde irá este dinheiro... Há os riscos de você trazer para sua vida mais dinheiro e, com ele, também, algumas situações que podem lhe pôr em constrangimento até em graves conseqüências de ordem moral. Você não precisa desejar isto e nem passar por isto – apenas precisa conhecer os mecanismos inconscientes que estão presentes em você e que mobilizam energias que não se dá conta.

Ora, quem trabalha com as energias sabe muito bem dessa vertente oculta e desastrosa de não sabermos o que estamos fazendo e por que o fazemos. Precisamos crescer também na magia de fazer acontecer, mas com sabedoria e não de forma ignorada.


Verônica D’amore)_______
Cada vez ao recebermos dinheiro inesperado ou quando alguém compra algo para nós ou paga por algo que nós pensamos ter que pagar, deveríamos aceitar isto como a abundância de Deus fluindo de volta as nossas vidas. Se as coisas que necessitamos estão em oferta ou se nossas contas são menores do que pensamos; este é o nosso dom de dinheiro que retorna para nós. Se alguém nos dá um artigo que pensamos que teríamos que comprar ou obtemos um aumento ou um trabalho mais bem remunerado, estamos recebendo abundância de Deus. Se alguém, finalmente, paga uma antiga dívida que achávamos estar perdida para sempre, ou se recebemos um reembolso maior do que esperávamos de nossos impostos, deveríamos reconhecer que este dinheiro é parte da abundância que retorna a nós.

Ao participar em dar e receber nosso dinheiro em amor e apreço por nosso dom de Vida, a abundância de Deus se converte em um estado do Ser sempre presente e como presença tangível em nossas vidas. Contudo, realizemos nosso acordo original com Deus e equilibremos nosso dom de Vida ao acrescentar à Luz do mundo através de pensamentos, palavras, sentimentos, ações e dinheiro e mais rapidamente seremos financeiramente livres.

Gracias Rita Calderón!
Traducción: Rita Calderon

Este artículo está registrado pero tienen mi permiso para compartirlo a través de cualquier medio siempre y cuando la apropiada línea de crédito sea incluida.

Y recuerda siempre que YO SOY DIOS EN ACCION AQUI Y AHORA!
Todos y cada uno de nosotros.




Fórum de discussão

NOVENA PARA RESOLUÇÃO DOS PROBLEMAS FINANCEIROS

Iniciado por Verônica D'amore. Última resposta de elizabete kunzler ferreira 11 Set, 2016. 9 Respostas

ATRAINDO A ABUNDÂNCIA PARA VOCÊ

Iniciado por Fatima dos Anjos. Última resposta de sylvio llima 11 Maio, 2015. 10 Respostas

Agradecimento pelo convite

Iniciado por Adilea Cardosoda S. Siqueira 22 Dez, 2013. 0 Respostas

Agradecimento pelo convite

Iniciado por Adilea Cardosoda S. Siqueira 22 Dez, 2013. 0 Respostas

Hoje Eu achei essas Asas de Anjo!!

Iniciado por Verônica D'amore. Última resposta de Dagmar Carvalho 22 Mar, 2013. 11 Respostas

Se dinheiro não existisse?

Iniciado por Verônica D'amore. Última resposta de Ana LauraFonseca 30 Jan, 2013. 1 Resposta

NOVENA AO ARCANJO CHAMUEL

Iniciado por Verônica D'amore. Última resposta de LUNE 11 Jan, 2013. 7 Respostas

HO'OPONOPONO E A LEI DA ATRAÇÃO

Iniciado por Verônica D'amore. Última resposta de Luzia Ramos 3 Jan, 2013. 5 Respostas

LIBERDADE FINANCEIRA É ABUNDÂNCIA DIVINA REALIZADA! AFIRMAÇÃO DE LUZ

Iniciado por M. Manuela dos Santos Oliveira. Última resposta de alecsandra alves da silva 3 Out, 2012. 1 Resposta

Abra caminho para o sucesso

Iniciado por ॐMaria Elisete. Última resposta de Marilu Pache de Faria 11 Jul, 2012. 1 Resposta

DEUS DESEJA QUE VOCÊ SEJA RICO

Iniciado por Fatima dos Anjos. Última resposta de Adriana Rodrigues da Silva 25 Jun, 2012. 2 Respostas

Will Smith e sua Sabedoria...

Iniciado por Verônica D'amore. Última resposta de Luzia Leda Lima Calfat 4 Jun, 2012. 3 Respostas

DINHEIRO

Iniciado por Fatima dos Anjos. Última resposta de simone frazão alves 14 Dez, 2011. 7 Respostas

Fartura

Iniciado por Fatima dos Anjos 22 Nov, 2011. 0 Respostas

7 Dicas para a Prosperidade

Iniciado por Fatima dos Anjos. Última resposta de maria adelaide ferreira martins 9 Out, 2011. 4 Respostas

Imprimindo a Sensação da Abundância

Iniciado por Fatima dos Anjos. Última resposta de Suelí Pavão Rodrigues 9 Out, 2011. 2 Respostas

PROSPERIDADE DIVINA

Iniciado por Fatima dos Anjos. Última resposta de Maria Helena Tavares dos Santos 16 Set, 2011. 4 Respostas

Abraham Hicks - avalanche de dinheiro

Iniciado por Verônica D'amore. Última resposta de Gerson José G. de Alencar 5 Set, 2011. 1 Resposta

Caixa de Recados

Comentar

Você precisa ser um membro de ATRAINDO ABUNDÂNCIA E PROSPERIDADE para adicionar comentários!

Comentário de SINARA em 16 junho 2013 às 1:00

OBRIGADA PELO CONVITE!

          "VITÓRIA SEMPRE!"

Comentário de Tanita em 5 janeiro 2013 às 17:46

Grata pelo convite! NAMASTÉ

Comentário de Marilu Pache de Faria em 4 janeiro 2013 às 20:41

Lindo .amei.Obrigada.

Comentário de LUNE em 30 dezembro 2012 às 14:43

eu sempre digo: que com deus não se barganha,como eu vejo muitas pessoas que o fazem.

por isso eu digo:estou aberta às mudanças na minha vida,e no aguardo do que é meu por direito.

namastê

luz e paz!!!

Comentário de Luzia Leda Lima Calfat em 31 maio 2012 às 3:20

Maravilhoso!!!

"Buscai o reino de Deus e a sua justiça e oresto vos será  acrescentado"

Na Unidade não há necessidade.

Obrigada

Comentário de Suelí Pavão Rodrigues em 9 outubro 2011 às 13:50

Parabéns Verônica, suas colocações foram perfeitas e compartilho com elas.

Para mim, que estou iniciando nos estudos, tudo é novo e tenho muita sorte (providência Divina) de estar em contato com os seres de luz deste Portal, tem sido de grande valia todas as mensagens e comentários que voces me enviam porque além de ser novo é como se eu já soubesse tudo isso, mas não sabia me expressar.

Deus Abençoe.

Comentário de Aryane Bouchardet em 4 setembro 2011 às 16:03
Este foi um dos melhores textos que já li sobre dinheiro e prosperidade. A gente sempre pensa que as coisas que temos vem sempre do mundo material esquecendo que o criador de tudo é Deus. Estamos fatalmente destinados a sermos felizes,perfeitos e sermos luz, porém,ainda, não consequimos entender o que isso significa. O que entendo (porém parece dificil de praticar ou ser) é que tudo vem de Deus, mas temos a liberdade de contruir nosso próprio camimho co-criando com nosso PAI-Mãe, através de nossas vibrações mentais. Muito obrigado. Aryane.
Comentário de Jorge augusto gonçalves bandeira em 20 dezembro 2010 às 17:55

 

Amada irmã filha da LUZ EU SOU.

Gostei MUITO desta postagem pois nesta altura de Crise Global é bem necesário.

Mta Luz Eu Sou Jorge Bandeira 

Comentário de Fatima dos Anjos em 4 novembro 2010 às 13:31
Comentário de Fatima dos Anjos em 4 novembro 2010 às 13:30
 

Membros (544)

 
 
 

© 2017   Criado por Fatima dos Anjos.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço