Por Roberto Trevilla Baz (Tradução: Verônica D’amore)

 

Como já sabemos este ano 2013 o viveremos sob a vibração do número 6. Abordaremos as duas formas de ver os números que nos apresenta o ano: por pares e em forma individual. Sendo assim, se dividirmos a data 2013 em pares, obteremos primeiro o número 20 e, em seguida, o no. 13.  Duas etapas muito marcantes que viveremos durante o ano.


O 20 será a vibração que nos regerá durante todo o primeiro semestre e este número representa o despertar espiritual, que no Tarot é a carta do Julgamento na qual um Anjo faz soar sua trombeta para que dirijamos o olhar para o alto e descubramos que além, acima existe um mundo que nos espera. Este anjo representa as vibrações mais altas – os seres que habitam da 6ª. a 9ª. dimensões – e podemos interpretar que estaremos muito atentos e abertos ao que acontece no céu – as dimensões superiores – buscaremos as mensagens de livros sagrados, canalizadores, anjos, oráculos e de tudo o que sintamos que nos conecta com a espiritualidade. Na carta vemos também que abaixo, na Terra, alguns seres saem de suas tumbas ao ouvir o som da trombeta do Anjo. É o despertar espiritual: quando a alma deixa a prisão dos sentidos e descobre que existe algo mais além, que não se pode ver, mas se pode sentir.

 

Eventos, imprevistos, surpresas, repetições e tudo o que for necessário para nos tirar da tendência da primeira metade do ano.

 

O 2º. Semestre do ano viveremos a vibração do número 13, que no Tarô está representado pela carta da morte ou transformação. Nada seguirá como tem sido até agora e viveremos profundas mudanças internas que se manifestarão no exterior no começo de 2014.

 

A carta “A Morte” não quer dizer que vamos morrer, mas é muito importante que criemos consciência de que vivemos muitas mortes – transformações – ao longo de nossas vidas. A cada noite vemos como morre o dia e um dia nunca se repetirá, porque pode haver muitos 30 de dezembro, mas este morrerá hoje e não voltará mais... Morre a noite ao iniciar o dia, morre a solidão quando nos tornamos pais e morre o estado solteiro quando nos casamos. Estamos morrendo e renascendo em muitas etapas constantemente e a morte carnal é só mais um processo da nossa aprendizagem. Em algum momento futuro olharemos para trás e compreenderemos que no final de 2013, deixamos de ser esses seres adormecidos e morre a mecanicidade para nos tornarmos em seres solares. Também podemos desagregar a data a um dígito e veremos que teremos um 2+0+1+3 que somados resultará no número 6.

 

Finalmente, podemos ver que os quatro números da data do ano podem nos dar luzes para as experiências que deveremos viver nos quatro trimestres do ano.  O primeiro trimestre nos convidará para a reflexão que nos encontremos com essa sabedoria interna que temos escondida. Talvez permaneçamos solitários como “A Sacerdotisa” já que devemos processar tanta informação que nos está chegando de diferentes partes. Estaremos sedentos por respostas sábias e descobriremos “Eureka!” que as respostas sempre estiveram dentro de nós e deixaremos de buscá-las fora.

 

No segundo trimestre nos sentiremos tão conectados com nosso ser interno que perderemos um pouco o contato com a realidade. Muitos dirão que estamos nos comportando como “O Louco”, mas será a loucura mais linda de toda nossa existência, porque deixaremos de nos importar com o que os outros pensam e viveremos a partir do coração. Será um encontro muito emocionante entre sua criança interior e você.

 

No terceiro trimestre, deveremos nos esforçar para despertar, nos tornarmos conscientes do porque e para que viemos a esta vida e trabalhar nisso. Uma vez que descubramos a missão de nossa passagem pelo planeta nos tornaremos “O Mago”, porque a magia está no fazer as coisas acontecerem e nós temos à nossa disposição toda essa infinita energia universal para criar nossa varinha mágica e alcançar nossos sonhos.

 

No quarto trimestre do ano, soltaremos toda a nossa criatividade que possuímos para nos tornarmos seres proativos porque seremos muito conscientes de que somos as verdadeiras “Imperatrizes” de nossas vidas e nos sentiremos habilitados para criar nosso jardim de sonho. Você já imaginou ver um grande jardim no qual florescem os teus sonhos? Isso é viver na Luz.

 

E assim amigos queridos, o Tarô mais uma vez nos mostra as tarefas que devemos aprender.

 

Só me resta agora desejar-lhes que: Os Enamorados, O Julgamento, A Morte, O Mago, A Sacerdotisa, O Louco e a Imperatriz sejam seus companheiros de aula na grande aprendizagem chamada 2013.

 

Um Abraço Iluminado para todos.

 

 

Exibições: 412

Respostas a este tópico

Obrigada pela mensagem...Paz e muita Luz a todos!

adorei,  bem completo.obrigada.

RSS

© 2017   Criado por Fatima dos Anjos.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço