Os números estão vivos. Eles estruturam a nossa realidade e todos os grandes místicos e filósofos ao longo dos tempos compreenderam o universo como numérico. Os princípios da matemática do vortex e as ideologias subjacentes desta ciência são um portal para entender a natureza da realidade. As implicações psicológicas obtidas de tal introspecção  são primordiais para a evolução da alma mundial. Com a introdução da matemática baseada no vértice é possível compreender como a energia se expressa matematicamente. Esta matemática não tem anomalias e mostra a forma dimensional do universo como um buraco negro de forma toróide ou em forma de rosca. Este modelo do universo encontra-se dentro de um sistema decimal, em outras palavras, em um sistema de base dez!

Os números não são meramente símbolos e as relações entre eles não são aleatórias ou artificiais. Os números são na verdade partículas elementares das quais tudo é composto. Este conhecimento perdido era bem conhecido dos nossos antigos pensadores e agora está sendo descoberto. Nos números encontra-se em um padrão de grade de matriz tridimensional simples, que forma o torus.

d46f94efc40958ca937220fd780d441b

Desenhos antigos de Nikola Tesla revelam um mapa para a multiplicação

Um conjunto de desenhos originais de Nikola Tesla recentemente descoberto revela um mapa para a multiplicação que contém todos os números em um sistema simples de usar. Os desenhos foram descobertos em uma loja de antiguidades no centro de Phoenix, arizona, USA, pelo artista local, Abe Zucca. Acredita-se que os desenhos tenham sido criados durante os últimos anos de laboratório de energia livre de Tesla, em Wardenclyffe. Considera-se que o manuscrito contém muitas soluções para perguntas não respondidas sobre matemática.

Os esboços estavam escondidos em um pequeno baú com inúmeros outros desenhos e manuscritos que vão desde dispositivos tecnológicos de mão até sistemas de energia livre. Algumas das peças já são familiares ao público, mas algumas outras não são. O mais importante é o mapa para a multiplicação ou a espiral matemática. Abe Zucca fez algumas cópias e mostrou os desenhos para diferentes pensadores, sonhadores e matemáticos

Poucos dias depois, um professor de matemática local de ensino médio, Joey Grether, começou a trabalhar na decifração do sistema e teve alguns avanços. Grether sugere que a espiral não só explora a multiplicação como uma teia entrelaçada, mas que “oferece uma compreensão visual abrangente de como todos os números são auto-organizados em 12 posições de composabilidade”.

“Este dispositivo nos permite ver números como padrões, a formação de números primos, primos gêmeos, números altamente compostos, multiplicação e divisão, bem como alguns outros sistemas ainda não descobertos” Joey Grether.

O próprio diagrama é muito intuitivo, pois os números funcionam juntos com base em uma espiral com 12 posições. 12 ou 12x (múltiplos de 12) é o sistema mais altamente composto, e é por isso que temos 12 meses por ano, 12 polegadas e 24 horas por dia. o 12 pode ser dividido por 2, 3, 4 e 6 e assim por todos os múltiplos de 12. Para cada 12 números, há uma chance de 4 números serem primos. Eles caem nas posições 5, 7, 11 e 1.

Tesla é conhecido pela citação:

“Se você soubesse a magnificência dos 3, 6 e 9, então você teria a chave para o universo”. Nikola Tesla

Quando o seu mapa é examinado, as raízes digitais dos números nas posições 3, 6, 9 e 12 repetem constantemente a mesma sequência 3, 6, 9!

“Esse avanço é fenomenal. Se pudéssemos conseguir estudantes de todo o mundo para usar esta técnica, para brincar com ela e ajudar a descobrir como usá-la, poderíamos superar a nossa aversão cultural à Matemática. Em vez de memorizar a tabela de multiplicação, podemos aprender as posições dos números e ter uma melhor compreensão de como eles funcionam “.

Há um outro fato sobre a espiral de Tesla que a torna interessante. O diagrama é datado de 12/12/12! 1912.

Matemática do vortex

Os números podem variar de acordo com a quantidade total de zeros, mas sua expressão qualitativa permanece a mesma, não importa o quão grande ou pequeno. O processo de reduzir um número até um dígito é chamado de muitos nomes e é uma prática comum não apenas na numerologia, mas também na ciência dominante. O grande gênio geométrico do século 20, Buckminster Fuller, chamou este subconjunto de matemática de  “dígitos integrados”, “indig 9”, “raiz digital”, “soma digital” ou “bit quântico”. Este processo também foi chamado de redução cabalística ou adição de Pitágoras. Alguns outros nomes para esta prática incluem: paridade decimal, numerologia quântica, adição teosófica, indig, dígito integrado, indig 9, aritmética do módulo nove, soma consecutiva, destilação, essência do número, valores médios reduzidos, adição horizontal e redução numérica.

Exemplos:

55 tem uma raiz digital de 1 porque 5 + 5 = 10 e 1 + 0 = 1

456 Cabalisticamente reduz para 6, desde 4 + 5 + 6 = 15 e 1 + 5 = 6

Esta técnica é a chave para a matemática baseada no vortex, pois mostra os padrões numéricos subjacentes à realidade.

3 6 e 9 – A chave para o universo

A lei fundamental das três forças e a lei do desenvolvimento séptuplo da energia e a inter-relação dessas leis expressam-se no símbolo do enneagrama. A lei do três é uma lei cósmica fundamental e explica por que tantas coisas ocorrem em três. Positivo-negativo-neutro, passado-presente-futuro, comprimento-largura-profundidade, sólido-líquido-gás, etc., etc.

Nove é o limite insuperável, o limite máximo, a extensão máxima que os princípios arquetípicos de um número podem alcançar e se manifestar. Os gregos antigos chamaram nove “o horizonte”, pois o mesmo está na borda da costa diante do oceano infinito de números, que repetem os princípios dos primeiros nove dígitos em ciclos intermináveis. Nada está além dos princípios do número nove, que os gregos chamavam de Ennead ou Eneagrama.

O mistério do código 9

O nove mantém dentro dele uma poderosa ressonância em nossa realidade holofractográfica de base-10.  O nove é o maior número no sistema decimal e o limite de tudo o que é. O nove é um número que tem muitas qualidades interessantes que outros números não têm e foi usado para manter um código oculto que afeta todos os seres no planeta. O nove é realmente o maior número de todos, já que todos os outros números são reflexo do eneagrama, expressando-se em expansões escalares e contrações do número dez. O dez não é visto como um número, mas como um conceito, ou como uma maneira da natureza de se organizar. Os pitagóricos consideraram que na realidade existem apenas 7 números . A unidade e a dualidade, quer dizer os números 1 e 2, não foram considerados números. Eles acreditavam que os números começam a partir do 3 e terminam no mais auspicioso de todos, o número NOVE.

Como você descobrirá em breve, há um código oculto que revela um grande mistério e está codificado na construção do nosso universo e afeta nossas vidas, chamado de código 9.

fingerprint-of-god-vortex-math

Os egípcios reverenciaram o poder do 9. O eneagrama, ou companhia dos nove deuses e deusas, representa os princípios arquetípicos que regulam e governam o cosmos através da lei do número. O NOVE está codificado em muitas das medidas do espaço e do tempo:

86400 segundos / 1 dia = 9

3600 segundos / 1 hora = 9

604800 segundos / 1 semana = 9

1440 mins / 1 dia = 9

10080 mins / 1 semana = 9

525600 minutos / 1 ano = 9

Nove e os sólidos platônicos

Tetraedro= 4 lados de um total de 180 graus = 720 graus = 9

Octaedro- 1440 graus = 9

Hexaedro (cubo) – 6 lados = 2160 graus = 9

Icosoedro – 20 lados  = 3600 graus = 9

Dodecaedro 12 lados = 6480 graus = 9

Esses números e geometrias sempre se reduzem a 9 porque o número de graus em um círculo é 360. Como 360 possui uma raiz digital de 9 (3 + 6 + 0 = 9), qualquer número multiplicado por ele também se reduz a NOVE.

Nove é o ponto culminante de todos os números, o zênite das possibilidades numéricas que atravessa o cosmos e estrutura os processos e as geometrias que compõem a nossa realidade. Entre os antigos egípcios, pitagóricos e outras escolas antigas do mistério, esse número quase mágico era pertinente em seus estudos e compreensão da natureza. Podemos concluir que o eneagrama é o símbolo da essência do número 9. Após nove meses no útero, estamos prontos para visitar a Terra.

© 2018 Poder do Eu Superior. Aviso de direitos autorais: este conteúdo está protegido por direitos autorais e outras leis de propriedade intelectual. Você não pode reproduzir, republicar, executar, vender ou usar qualquer conteúdo contido nesta postagem sem autorização expressa por escrito.

https://poderdoeusuperior.wordpress.com

Exibições: 388

Respostas a este tópico

Muito obrigada Fatima por esta partilha

Imensamente grato!

Bom para os matemáticos de plantão. Obrigada.

RSS

© 2018   Criado por Fatima dos Anjos.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço