Imagem relacionada

ATUALIZAÇÃO DA ASCENSÃO

POR NATÁLIA ALBA

15 DE ABRIL DE 2017

“O mundo foi feito para o corpo, o corpo foi feito para a alma e a alma foi feita para Deus. Quando se faz essa descoberta e a alma é restaurada em uma cultura desfigurada, achamos o maior tesouro de todos – e está mais perto de nós do que imaginamos.” ~ Ravi Zacharias

Meus amados,

É com muito amor que o cosmo, este mês, está nos inundando com uma das mais intensas ondas de luz do ano. Na verdade, a nova onda já foi sentida fortemente por aqueles que estão procurando integrar e de modo profundo e consciente essa nova onda em seu ser e em seu corpo, permitindo que essa Luz remova tudo o que não estiver alinhado com a nosso eu divino verdadeiro. Porque, é somente quando começamos a nos libertar de todas as falsas crenças, do eu inferior e de outros impostores, que nosso caminho verdadeiro e nosso ser nos são mostrados.

A purificação do corpo, a restauração de nosso equilíbrio energético e o processo contínuo da integração da alma, que estamos experimentando, no momento, mesmo que a última Lua Cheia – em Libra – trouxesse alguma estabilização, está levando alguns de nós ao ponto de não poder funcionar no mesmo nível conforme costumávamos fazer – tendo severas sensações físicas, em que o nosso corpo resiste em relaxar, assim como em liberar de nosso eu humano todos os resíduos da nossa personalidade 3D/implantes e muitas outras formas de ilusão.

Estamos, no momento, fazendo descer mais Luz de nosso Eu Crístico Divino, experimentando um sagrado casamento entre todos os aspectos de que nós somos – espiritualizando o nosso eu humano, aquele que julga, separa e deixa de amar tudo o que não se reconhece como sendo Um com o Divino. Para espiritualizar e dominar o eu inferior, não temos que ir para lugares longe, buscar fora ou pedir redenção, porque sabemos que, quanto mais nos afastarmos, menos encontraremos as respostas e a verdadeira e necessária cura.

Quando espiritualizamos o eu inferior, caímos em muitos desafios, encontramos as próprias sombras em cada canto do mundo, porque é somente por confrontar e acabar com o medo da polaridade negativa, que começaremos a ressuscitar os verdadeiros seres soberanos que somos, em essência. Espiritualizar o corpo requer observação constante do eu humano, devoção constante, comunhão com nossa alma como a eterna testemunha e a intenção de nos dedicar a servir a Lei do Um, que habita em unidade e amor com o Todo.

Para dominar o humano, devemos nos lembrar de que somos seres divinos soberanos, habitando um corpo humano. Para começar o processo de ascensão física, deve-se primeiro amar com neutralidade, e para que isso ocorra, devemos nos purificar de todos os implantes impostos e crenças humanas que cobriram nossa verdadeira essência, e sentimento de profunda conexão com o Todo.

Vocês praticam a compaixão, estando centrados em seu Coração Superior, em todos os momentos, e trabalhando em cocriação com o Todo? Ou estão ainda mantendo a separação, os julgamentos e a falta de amor em relação a si mesmos e, portanto, ao Todo?

Abril, principalmente com os seus muitos planetas “retrógrados”, nos demonstra onde ainda mantemos crenças cármicas e comportamentos que nos impedem de continuar com o nosso trabalho interno de liberação e de integração da alma.

Neste momento, muitos dentre nós estão enfrentando muitos desafios principalmente relacionados aos nossos corpos físicos e profundos implantes internos – que estão nos oferecendo a oportunidade de nos liberar de uma velha era de restrição e falta de amor, que experimentamos durante a Era de Peixes. Esse é também um dos principais motivos de estarmos profundamente imersos em uma passagem de liberação de padrões cármicos, ainda ativos em nossos corpos físicos, antes de ressuscitarmos novamente como verdadeiros seres soberanos divinos que todos somos, em essência.

Vênus, para estabelecer um exemplo, por estar em “câmara lenta”, mostra-nos o que rejeitamos, o que ainda não amamos em nós mesmos, o que nos separa, e, consequentemente, se manifesta como falta em nossa experiência física, porque toda a abundância é outra forma de amor, e quando não existe muito amor por nós mesmos, pode nos ser mostrado naquilo que vemos como separado, porque isso é apenas outra extensão nossa, no físico.

Saturno, o senhor do tempo e da responsabilidade, vem para testar nossa força em nosso caminho ascensional, lembrando-nos de que estamos limitados por nosso senso de tempo e espaço, e que é neste domínio humano que podemos agora purificar-nos do velho e construir fortes estruturas no Novo – a começar por ascender no físico, o que pode ser realizado quando, finalmente, assumirmos a responsabilidade por todas as nossas ações, assim como nossos eus passados e presente.

Mercúrio habita em nosso plano mental, dando-nos tempo para que purifiquemos todas as crenças humanas limitadas, que retiram o nosso poder e impedem a experiência de humano mais elevado. Plutão, ao ficar “retrógrado” em 20 de abril, vem testar nosso senso pessoal de poder.

Onde vocês colocam a sua atenção/intenção? O que vocês infundem com a sua luz interior, aquilo que pode criar e/ou destruir? Vocês estão utilizando o seu fogo sagrado interno para construir, cocriar e ser o amor que vocês são? Ou estão utilizando toda a sua preciosa energia em situações e com pessoas que não estão mais destinadas a estarem em suas experiências de vida atual?

É durante abril, principalmente durante a Páscoa, que recebemos – novamente – a oportunidade de reivindicar nossa Semente do Eu Crístico e começamos a nos purificar de eons de escravidão e manipulação de massa/controle, principalmente pela religião. Desconstruir nossa personalidade tridimensional não é um processo de um só dia, em que fazemos uma meditação/ativação, e, de repente, começamos a nos sentir como os mestres que realmente somos, em essência.

Desprogramar tudo o que nos foi implantado, desde que nascemos, como dados visuais programados, dentre muitas outras formas de controle mental, não é fácil em absoluto, e sob o meu ponto de vista, isso é largamente manipulado por algumas pessoas que afirmam passar por este processo em alguns poucos dias, ou que podem fazer com que vocês curem ou liberem todos esses velhos implantes – como se pudéssemos apenas deixar de lado séculos de manipulação genética/programação como esta. Para mim, isso é novamente o ego tentando interferir, quando deveria permanecer como observador.

Recuperar a soberania espiritual é essencial para se trilhar uma vida livre de temores e de falta de amor. Porque toda vez que cedemos o nosso poder aos nossos sentidos físico, aos outros ou a outras condições, estamos agindo como seres à deriva, sem esperança. Quando começamos a seguir um caminho consciente de integração da alma e de cocriação, não podemos fazer nada a partir de um estado de falta de poder, porque, quando agimos sob essa frequência inferior, não conseguimos amar, dar e compartilhar desde um autêntico lugar, mas de um de separação e confusão.

Desde o equinócios, juntamente aos eclipses, entre muitas outras coisas, estamos em um período de mudança e transição, que devemos observar como o humano se comporta quando se sente seguro.

Vocês se observam repetindo velhas ações de uma forma compulsiva, sem saber por que continuam fazendo a mesma coisa? Vocês se pegam dizendo coisas que nem sequer sentem mais?

Se isso acontecer, somente o amor irá curar o que o humano julga e destrói. Se assim for, isso demonstra que ainda existem velhos implantes sendo representados reiteradamente em sua mente humana, que devem ser erradicados, à medida que a sua Presença EU SOU faz descer mais Luz Crística para o seu eu inferior.

O Cristo não é uma força ou um ser externo, trata-se da consciência divina interna, que pratica o amor, a compaixão e a neutralidade em relação a Todos. Essa essência está sempre à nossa disposição, ninguém que tenha força nos deu, mas sim, a nossa intenção consciente de integrar essa essência amorosa, cuja natureza é, e sempre foi, uma de unidade e amor para toda a Criação.

Ninguém pode dá-la a vocês porque já são quem vocês são. Ninguém pode redimir-se nem os seus “pecados” e tornar-se puro novamente, e ser um candidato a habitar nessa Luz Crística, porque vocês já são puros, inocentes e livres do “pecado”, visto que vocês se originam da Unicidade para simplesmente experimentar, não o que vocês não são, mas isso que vocês realmente são, Tudo.

O corpo físico está neste momento experimentando, como eu disse no começo, uma profunda transformação, para aqueles que estão integrando conscientemente esta nova onda. Todas as sensações físicas que vocês podem vivenciar, é o seu corpo lhes dizendo que aspectos não estão sendo cuidados e que precisam de atenção/intenção urgente. Porque todos esses aspectos, que vocês ainda rejeitam, e que sofrem, estão prontos para serem liberados do velho para acolher essa luz superior.

Alguns sentirão dores em seu sistema ósseo, sem saber por que, principalmente nas pernas. Isso é o seu corpo lhes dizendo que vocês estão com medo de avançar e confrontar todos os desafios que são necessários para acessar uma nova vida, criada por sua alma em vez de por seu eu inferior.

Se vocês sentirem dor nos quadris, estão mantendo ira e insegurança ali, assim como se tendem a acumular sentimentos e negá-los, vocês sentirão opressão em seu timo, chacra da garganta e aumento de peso – pois o seu peso é uma forma (nem sempre, apenas um exemplo) de ser protegido, sob o ponto de vista humano.

Tudo isso lhes passa uma mensagem acerca daquilo que deve ser desfeito, tudo vem como uma dádiva, não como uma maldição ou castigo. Porque sempre estamos nos lembrando do amor divino, e, na maioria das vezes, o humano pode apenas fazer isso por esquecer e deixar de amar primeiramente.

Vocês amam todos os aspectos de quem vocês são? Vocês amam e acolhem o seu corpo? Um projeto perfeito de Deus, ajudando-os a vivenciar o reino humano? Ou vocês ainda se dizem como são maus e como as coisas estão indo de mal a pior? Vocês aceitam com gratidão cada simples momento, independentemente do que ele trouxer? Ou vocês reclamam e oram às forças externas para que elas os salvem daquilo que vocês criaram inconscientemente?

Todas as respostas estão sempre em Vocês, porque vocês são os únicos que podem caminhar para serem corajosos, ao se confrontar com as suas sombras e começar a ver o que não amam em si mesmos, e, portanto, no Todo, desautorizando os verdadeiros desejos e visões de sua alma de serem ancorados em seu plano físico.

Para ajudá-los em seu processo de integração da alma e da dissolução de mais camadas inferiores, pratiquem a neutralidade, técnicas de respiração, estar presente a cada momento, deixem que o estar presente seja o observador eterno, em vez de o seu eu inferior que julga. E comecem a aceitar que todos os desafios são apenas oportunidades para que vocês descubram o seu verdadeiro potencial divino, força e acima de tudo, para que vocês se lembrem de que Tudo é Um em inocência em relação ao Todo.

Existe uma diferença entre julgamento e discernimento, mas em ambos eu constato algumas percepções egoicas. Por outro lado, quando incorporamos a neutralidade divina, estamos experimentando esta jornada humana, não apenas de uma perspectiva humana, mas de uma perspectiva da nossa alma também, visto que o Eu Divino interno, que ama Tudo e não julga ninguém, porque sabe que escolhemos experimentar muitos cenários diferentes, inclusive o que chamamos de “negativos”, para ajudar a nos lembrar da unidade quando o caos parece reinar.

Neste momento em que estamos prestes a acessar uma nova etapa do ano, o próximo mês, em que estamos passando das profundezas de nossos domínios internos para manifestar as visões de nossa alma em um plano tangível, é essencial que alcancemos essa etapa ao ser renovados e com um novo senso de direção, que se origina de uma profunda comunhão com a nossa alma.

É por isso que, ver tudo a partir de um espaço neutro, é fundamental para deixar de rotular as coisas, situações, relacionamentos, nós mesmos e os outros como sendo isso ou aquilo. Porque quando fazemos isso, perdemos todo o senso de divindade, caindo na ilusão, que apenas continua atraindo mais impostores sombrios ou falsos eus/seres egoicos.

Vocês desejam verdadeiramente mudar sua realidade?

Desfazer todas as coisas que não estão alinhadas com a visão de sua alma?

Comecem a trilhar o caminho do amor por si mesmos, porque é reconhecendo o divino internamente que vocês vão vê-lo no Todo. Se vocês quiserem uma vida repleta de alegria e amor, tornem-se isso. Porque nenhuma força externa vai livrá-los de experimentar o que vocês – como humanos – vieram aqui para fazer. Somente vocês podem liberar todos os véus e as camadas de ilusão que uma vez escondeu nossa soberania como seres divinos.

Se vocês querem trilhar o caminho do amor, preparem-se para acolher as sombras em seu interior e no Todo. Porque a realidade mais elevada em que vocês gostariam de habitar, ama e inclui Todos.

Se estão ávidos para se tornar seres pentadimensionais, a unidade deve tornar-se uma sensação constante em sua realidade micro. Se vocês ainda julgam, se ainda se culpam por aquilo que o seu eu inferior não está ainda consciente, se não conseguem caminhar entre suas sombras, então, vocês ainda habitam na dualidade. Então, vocês ainda não estão prontos para trilhar o caminho em que Todos são iguais, seres soberanos da própria experiência de vida, em amor e serviço ao Todo.

Se vocês ainda estão navegando entre os desafios que o nosso profundo senso de polarização traz, então, vocês são abençoados, visto que nenhum de nós veio aqui para vivenciar apenas a luz, pois essa é outra forma de separação, e tudo é Luz.

Se vocês ainda se encontram na escuridão, é porque vocês estão perto do fim/começando a descobrir o Verdadeiro Eu Divino interno. Pois somente aqueles que amam o Todo – a luz e as sombras – sem se concentrar apenas na luz interna, entrarão nesta nova oitava superior de amor – graduando-se da Terra com uma profunda gratidão pela dádiva de experimentar esse amor, que sempre esteve dentro de todas as formas de existência/seres, independentemente de sua natureza.

Com amor, luz, escuridão e sempre com um abraço infinito de amor ao Todo,

Natalia Alba

Direitos Autorais: Natalia Alba – http://www.starseedsoul.com/

Tradução de Ivete Brito – adavai@me.com – www.adavai.wordpress.com

Exibições: 258

Respostas a este tópico

Linda mensagem como todas de Natália Alba( amanhecer em italiano). Obrigada.

RSS

© 2017   Criado por Fatima dos Anjos.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço