A Mente Iluminada
Esta força maior é a da Mente Iluminada, uma mente não mais de Pensamento mais alto, mas de luz espiritual. Aqui a claridade da inteligência espiritual, sua tranquila luz diurna, dá lugar ou se subordina a um brilho intenso, um esplendor e iluminação do espírito: um jogo de relâmpagos de verdade e de poder espiritual desencadeia-se do alto para dentro da consciência e adiciona à calma e ampla iluminação e à vasta descida de paz que caracterizam ou acompanham a ação do princípio espiritual-conceitual maior, um fogoso ardor de realização e um arrebatado êxtase de conhecimento. Uma vertente de Luz interiormente visível quase sempre envolve esta ação; pois deve-se notar que, ao contrário de nossas concepções usuais, luz não é primariamente uma criação material, e o sentido ou visão de luz que acompanha a iluminação interior não é meramente uma imagem visual subjetiva ou um fenômeno simbólico: luz é primordialmente uma manifestação espiritual da Realidade Divina iluminadora e criativa; luz material é uma representação ou conversão subsequente dela dentro da Matéria, para os propósitos da Energia material. Há também nesta descida a chegada de uma dinâmica maior, um ímpeto dourado, um entusiasmo luminoso de força e poder internos que substitui o processo comparativamente lento e deliberado da Mente Mais Alta por um ímpeto veloz, às vezes veemente, quase violento, de transformação rápida. 
A Mente Iluminada não trabalha primariamente por pensamento, mas por visão; o pensamento aqui é apenas um movimento subordinado expressivo da visão. A mente humana, que confia principalmente no pensamento, concebe-o como sendo o mais alto ou o principal processo de conhecimento; mas na ordem espiritual o pensamento é um processo secundário e não indispensável. 
Uma consciência que procede por visão, a consciência daquele que vê, é um poder de conhecimento maior do que a consciência do pensador. O poder perceptivo da visão interior é maior e mais direto que o poder perceptivo do pensamento: é um senso espiritual que capta algo da substância da Verdade, e não apenas sua figura; mas ele também delineia a figura, e ao mesmo tempo apanha a significação da figura, e ele pode corporificá-la com um contorno revelador mais belo e mais audacioso e com uma compreensão e poder da totalidade maiores do que o que pode conseguir a concepção do pensamento.
Sri Aurobindo em, A evolução futura do homem
fonte:pereneconsciencia.blogspot.com.br

por: Fatima dos Anjos

http://portalarcoiris.ning.com/

Agradecemos a inclusão deste site em seu compartilhamento.

Exibições: 304

Respostas a este tópico

Que quadro interessante. obrigada por tudo.

RSS

© 2017   Criado por Fatima dos Anjos.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço