:: Saul Brandalise Jr. ::

Certamente você já leu:
PARA TER ALGO QUE VOCÊ NUNCA TEVE, PRECISA FAZER ALGO QUE NUNCA FEZ.
Desconheço o autor, mas o parabenizo fortemente. Ele certamente sabia que somos reféns de nossos valores, pensamentos e atitudes. Querer algo novo é preciso; por mais paradoxal que possa parecer, é necessário inovar.
Conheço pessoas que querem muito realizar a sua mudança, mas se sentem incapazes de tomar a atitude que as levaria à sua tão sonhada realização.

Muitos são reféns do que lhes foi imposto ao longo de sua vida pelos que os cercam... Mulheres reféns de maridos. Filhos reféns dos pais. Homens totalmente submissos às suas mulheres. Subordinados cansados de seus chefes e do que fazem. Profissionais que cursaram a Universidade só para agradar as famílias e jamais a eles próprios. Médicos que fizeram medicina por ser uma "profissão rentável" e se esquecem que medicina é uma profissão que mais exige desprendimento material.
Enfim, nos dias de hoje, é comum encontrarmos pessoas infelizes por conta da maneira como vivem. Todas buscam os culpados e eu fico pensando: será que não se olham no espelho?
Eu sou o espelho de minhas atitudes. Se não estão adequadas, cabe a mim a decisão de mudar. Se quiser uma empresa nova também preciso exercitar o novo. Enfim, sou o que sou. Mas, se não estou satisfeito, eu tenho que ir à luta...

Muito se fala, se escreve e se aponta sobre a força do pensamento positivo.
Da maneira como devo encarar as minhas verdades e o que fazer com elas. Tudo isso é fundamental para nossas colheitas futuras.
Porém, todas as vezes que negligenciamos as nossas verdades somos penalizados com pigarros, labirintite, dores de garganta e mais um sem número de outros problemas de saúde...
É preciso termos ciência, sempre, de que a doença foi causada por nós. Nós somos os agentes dela, mesmo que os vetores sejam externos à nossa vontade. De alguma maneira permitimos... Aceitamos as imposições de terceiros em nossas vidas. Isso causa sofrimento. Portanto, ser saudável depende de nossas atitudes e quando ficamos doentes não é por causa da genética.

Portanto, o combustível da mudança é a nossa vontade. O veículo, o pensamento. Sem a vontade, o nosso "carro" não anda. Precisamos colocar nele esta ação cósmica para que ela se torne determinação. Por isso, insisto em afirmar que quem souber, mas não aplicar o conhecimento, nunca ficará sábio.
Assim, com pensamentos adequados à nossa evolução e a vontade para os executarmos, deixaremos de estacionar numa eventual "zona de conforto" para empreendermos a busca daquilo que nunca tivemos.
Estamos vivendo uma fase muito importante em nossas vidas para colocarmos a nossa VONTADE de mudar em teste. Foram vários os e-mails que recebi dando testemunho de que as pessoas estão efetivamente vivendo o momento da mudança.

Nossas mãos não resolvem todos os problemas do mundo, mas dão encaminhamento à solução das nossas amarguras, angústias e dificuldades, desde que tenhamos vontade para tal.
Coloquemos, portanto, nossa vontade a favor de nossa determinação. Só ela cria uma intenção impecavelmente dirigida...

Sei que nos veremos.
Beijo na alma

Saul Brandalise Jr. é  autor do livro: O Despertar da Consciência da editora Theus, onde mostra através das narrativas de suas experiências como extrair lições de vida e entusiasmo de cada obstáculo que se encontra ao longo de uma vida.

Exibições: 163

Respostas a este tópico

Obrigada.

RSS

© 2018   Criado por Fatima dos Anjos.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço