John Lennon cantara certa vez: "Tudo o que estamos dizendo é: dê uma chance à paz". E agora eu digo: dê uma chance ao amor.

As pessoas criam diversas barreiras, inventam incontáveis desculpas para não se entregarem ao amor. Ao invés de apenas experimentarem o sentimento e se deixarem levar, insistem em dificultar as coisas por meio de exigências egóicas. Mas tudo o que lhe é pedido é que se deixe levar pelo sentimento e que aproveite a sensação.

A paixão é corpórea, física e química. É algo que não podemos controlar quando estamos desatentos. Ela nos pega de assalto e ficamos desnorteados com suas implicações, pois ainda somos reféns de nossos corpos.

Mas o amor não é do corpo, e sim da alma e da consciência. É algo que podemos direcionar. E todos o direcionam, mas em sua maioria para horizontes desolados, reprimindo-o e impedindo-o de se expressar. E este é o ponto chave.

O amor é algo maior que o ser humano, portanto não podemos controlá-lo, mas podemos abrir nossos corações, deixando-o fluir e assim direcioná-lo para onde quisermos, para quem quisermos. Não é algo animal e instintivo, é uma virtude essencial daquilo que move a matéria.

Mas corações fechados são incapazes de amar. Pessoas que sempre impõem barreiras mentais não podem receber essa energia e usá-la adequadamente. É preciso estar livre de todas as nossas mentalizações limitadoras para que o amor possa adentrar em nossos corações e possamos compartilhá-lo com outras pessoas.

Pois o amor é energia pura. É a base de toda a criação e é aquilo que constitui o universo e a vida. Há aqueles que usam essa energia e realizam feitos excelsos e há aqueles que a dispensam e continuam no marasmo de sua limitada condição animal.

A diferença entre ser tudo o que se puder ser e estagnar-se em um estado de potencialidades reprimidas está na maneira com que se usa o fluxo da criação, ou seja, o amor. Quem ama, realiza muito com pouca ação, quem não ama, realiza pouco, mesmo com muito esforço.

O amor faz bem e não dói nada, ao contrário, ele cura. Então, por que você não dá uma chance a ele? Não mentalize, apenas abra o coração e deixe que ele o envolva. Quando isso acontecer o mundo parecerá pequeno demais para todo o seu potencial.
Marcos Keld autor do livro Potencialidade Pura

Exibições: 352

Respostas a este tópico

Linda mensagem. obrigada.

RSS

© 2017   Criado por Fatima dos Anjos.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço