SOBRE O AMOR E O ELÉTRON

O texto a seguir foi extraído do livro "Mistérios Desvelados", constituindo-se ele uma parte essencial das instruções iniciáticas que foram entregues, pessoalmente, pelo Ascensionado Mestre Saint Germain, ao seu então discípulo "Godfree Ray King", na década de 1930, às encostas do Monte Shasta, Califórnia, EUA. Na realidade, esta postagem tem por intenção aprofundar os conhecimentos que foram transpassados, juntamente ao artigo anterior e sob o título "À Imagem e Semelhança". Este estudo - se realizado com Amor e a um nível predominantemente 'intuitivo-perceptivo', antes que o intelecto intervenha - certamente abrirá muitos portais da consciência, assim como ha sido o propósito de Saint Germain ao longo dos milênios, este 'Grande Irmão de Jesus Cristo e de toda a Humanidade'! Que façamos todos um excelente proveito, buscando extrair a Essência e a Sabedoria que se ocultam no interior de cada frase, de cada palavra proferida pelo Mestre, porque em nome da nossa 'libertação'... rumo à integração com a 'face divina' da nossa Natureza Imortal!

 

“Os Grandes Decretos Imutáveis, que por todo o sempre mantêm a ordem no Reino Infinito da Vida manifestada, se baseiam todos no ‘Grande Princípio Uno da Criação’ — AMOR. Isso é o Coração — a Fonte de Tudo, e o verdadeiro Centro em torno do qual se realiza a existência no mundo da forma.

 

“Amor é Harmonia e sem ele, no princípio de uma forma, esta forma não poderia vir à existência de modo algum. Amor é o Poder coesivo do Universo e sem ele, um Universo não poderia existir.

 

“Em vosso mundo científico, o Amor se expressa como força de atração entre os elétrons. É a Inteligência diretriz que os compele para a forma, o Poder que os conserva girando em torno de um núcleo central e o Alento dentro do núcleo, que para este os atrai. A mesma coisa é verdadeira para todo e qualquer vórtice de força, em toda parte da criação.

 

“Um núcleo central, com os elétrons girando-lhe em torno, formam um átomo. Este núcleo de Amor está para o átomo como o pólo magnético para a Terra, e a espinha dorsal para o corpo humano. Sem um núcleo central ou Centro do Coração, só há Luz Universal informe — os elétrons que enchem o Infinito e giram em volta do Grande Sol Central.

 

“O elétron é Espírito Puro ou ‘Luz’ de Deus. Ele permanece para sempre Incontaminado e Perfeito. É Eternamente Auto-Sustentado, Indestrutível, Auto-Luminoso e Inteligente. Se não o fosse, não poderia obedecer e nem obedeceria ‘A Lei’ — atividade dirigente do Amor. Ele é Imortal, Inteligente Luz-Energia Sempre-Pura, a única Real e Legítima Substância da qual tudo é feito no Universo — A Eternamente Perfeita ‘Vida-Essência’ de Deus.

“O espaço interestelar é preenchido por essa pura ‘Essência-Luz’. Não é escuro nem é caos, como tem sido a ignorante, limitada concepção do débil intelecto humano. Esse Grande Oceano de Luz Universal que existe, por toda parte e por toda a Infinidade, é constantemente trazido à forma e recebe esta ou aquela qualidade, de acordo com o modo pelo qual os elétrons são mantidos, pelo Amor, em torno de um ponto central ou núcleo.

 

“O número de elétrons que se combinam uns aos outros num átomo específico, resulta e é determinado pelo pensamento consciente. A intensidade com que eles giram em volta do núcleo central, resulta e é determinada pelo sentimento. A intensidade do deslocamento e movimento giratório dentro do núcleo central é o ‘Alento de Deus’ e, portanto a mais concentrada atividade do Amor Divino. Falando em termos científicos, seria denominada força centrípeta. São estes os fatores determinantes da qualidade de um átomo.

 

“Desse modo, vereis o átomo como uma entidade — uma coisa viva que respira — criada ou trazida à existência pelo Alento, o Amor de Deus, através da Vontade da Inteligência Auto-Consciente. Dessa maneira, ‘O VERBO SE FEZ CARNE’. Pensamento e sentimento constituem o mecanismo que a Inteligência Auto-Consciente emprega para realizar essa manifestação do seu Ser.

 

“O pensamento destrutivo e o sentimento discordante alteram de tal modo a proporção e o grau de velocidade dos elétrons no interior do átomo, que a duração do Alento de   Deus dentro do pólo é mudada. A duração do Alento é decretada pela Vontade da Consciência que usa essa particular espécie de átomo. Quando essa Vontade Diretriz Consciente é retirada, os elétrons perdem sua polaridade e se dispersam, procurando seu caminho de volta — inteligentemente, notai — para o ‘Grande Sol Central’, repolarizando-se. Ali recebem somente Amor, pois o Alento de Deus é interminável — e a Ordem, que é a Primeira Lei, é eternamente mantida.

 

“Alguns cientistas têm sustentado e ensinado que os planetas colidem no espaço. Tal coisa é impossível. Para isto acontecer, teria que ser arremessado no caos todo o Plano da Criação. Felizmente as ‘Poderosas Leis de Deus’ não estão subordinadas às opiniões de alguns dos filhos da Terra. Pense o que pensarem os cientistas terrenos, a Criação de Deus está sempre se movendo para diante e expressando Perfeição cada vez maior.

 

“O pensamento construtivo e o sentimento harmonioso dentro da mente e do corpo humano, são as atividades do Amor e da Ordem. Estes permitem que a Perfeita Proporção e Velocidade dos elétrons dentro do átomo se mantenham permanentes; desse modo, eles buscam o seu caminho inteligentemente até o Grande Sol Central, para repolarizar-se, sempre que houver dispersão e perda da polaridade e enquanto for mantida a duração do Alento de Deus dentro do seu núcleo — pela Vontade da Inteligência Diretora Auto-Consciente, que utiliza o corpo no qual eles existem. Desse modo, a qualidade de Perfeição e a manutenção da Vida num corpo humano estão sempre sob o controle consciente da Vontade do indivíduo que o ocupa. A Vontade do indivíduo é suprema com relação ao seu templo e, mesmo em caso de acidente, ninguém deixa seu corpo-templo enquanto não o quiser. Muitas vezes os padecimentos do corpo, o medo, a incerteza e muitas outras coisas influenciam a personalidade para mudar suas decisões, acerca do que decidiu no passado, mas tudo o que acontece ao corpo está e estará sempre sob o controle da livre vontade individual.

 

“Para compreender a explicação acima, concernente ao elétron e ao controle consciente que o indivíduo tem para governar a estrutura atômica do próprio corpo, através do seu pensamento e sentimento, deve compreender o Princípio Uno que governa a forma por toda a Imensidade. Quando o homem fizer o esforço necessário para provar isto a si mesmo, ou dentro do seu próprio corpo atômico de carne, então tratará de se dominar. Quando tiver feito isso, tudo no Universo será voluntário cooperador seu, para realizar o que desejar através do Amor.

 

“Todo aquele que se faz voluntariamente obediente à ‘Lei do Amor’, tem a Perfeição em sua mente e em seu mundo permanentemente mantida. A ele e só a ele pertence Toda Autoridade e Mestria, Só ele tem o direito de ordenar, porque aprendeu primeiro a obedecer. Quando tiver conseguido a obediência da estrutura atômica dentro de sua própria mente e corpo, toda a estrutura atômica fora de sua mente e de seu corpo também lhe obedecerá.

 

“Assim, a humanidade, através do pensamento e do sentimento, tem o poder — cada indivíduo dentro de si mesmo — de se elevar à maior altura, ou submergir na maior profundeza. Cada um, por si só, determina seu próprio caminho de experiência. Pelo controle consciente de sua atenção, quanto àquilo que permite à própria mente aceitar, pode andar e falar com Deus — Face a Face — ou, desviando-se de Deus, tornar-se inferior aos animais, mergulhando sua consciência humana no mais profundo esquecimento. Neste último caso, a Chama de Deus Dentro dele se retira de sua habitação humana. Depois de éons de tempo, ela tenta de novo uma jornada humana no mundo da matéria física, até que a vitória final seja alcançada conscientemente e por sua Livre Vontade”.

 

 “Conservai diante da atividade externa de vossa mente a lembrança constante de que sois ‘Vida’ — ‘Deus em Ação’ em vós mesmos e em vosso mundo. O “eu - pessoal” está constantemente clamando pela posse de bens materiais e poder, quando a própria Energia, mediante a qual existe, lhe é cedida pelo seu Deus Interno. A externa atividade humana pessoal não possui nem mesmo a própria pele. Até os átomos de seu corpo lhe são emprestados, pela ‘Suprema Presença de Deus’, do Grande Oceano de Substância Universal.

“Exercitai-vos em fazer voltar todo o poder e autoridade para a ‘Grande e Gloriosa Chama Divina’, que é vosso ‘Eu Real’, e a ‘Fonte’ da qual tendes recebido sempre tudo o que é bom”. 

FONTE: projetoluzconsciencia.blogspot.com.br

Exibições: 434

Respostas a este tópico

Maravilha. obrigada.

RSS

© 2017   Criado por Fatima dos Anjos.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço