CAPÍTULO 6 do livro na Trilha da Ascensão de Leandro Pires

Indispensável se faz, neste capítulo, falar de minha própria experiência, visto que, se não fosse por ela, não teria condições de escrever este livro. No decorrer de minha busca espiritual, que se iniciou em meados de agosto de 1997, muito me foi dado através de lições, experiências que me mostrassem o caminho da luz, fatores estes que me conduziram rapidamente a atingir um excelente quociente de luz, facultando-me portanto a passagem pelas iniciações da ascensão.

Uma iniciação significa, como sugere a palavra, iniciar um caminho. Tomar ou receber uma iniciação, significa receber o mérito pela conclusão de uma determinada lição, e imediatamente receber uma lição mais avançada. Concluída esta lição, recebemos outras lições ainda mais avançadas. Assim se dá o processo de evolução com o ser humano. Ele evolui através de estágios, e em cada um destes estágios, ele aprenderá a dominar um conjunto de aspectos que, reunidos, lhe facultam o aprendizado de conhecimentos superiores. Gostaria de destacar inicialmente, para a sua reflexão, três aspectos básicos que devem ser dominados pelo discípulo através da consciência e da vivência diária.


Poder – Conhecimento

Amor – Altruísmo

Sabedoria – Inteligência


O poder está relacionado ao conhecimento. O que é realmente o poder? Quem é de fato um ser poderoso? Poderoso é aquele que conhece a si mesmo. É aquele que domina a si mesmo, que tem poder sobre si mesmo. O poder sobre outras pessoas é um poder ilusório, pois de fato ele não existe. O verdadeiro poder está em conhecer a si mesmo. Conhecer as próprias emoções, pensamentos, sentimentos, erros e imperfeições. Poderoso é aquele que sabe quão imperfeito é, e quão perfeito ele pode vir a se tornar. Também nos disse, certa vez, Paramahansa Yogananda: “Um santo é um pecador que nunca desistiu”. Existe muita sabedoria nesta frase, se você refletir em toda a sua profundidade. A idéia geral que você, como também todo discípulo da luz precisa reconhecer, é que o mais importante de tudo é que você se torne um ser consciente. Seja consciente dos seus próprios erros, busque corrigí-los, tendo paciência, e jamais julgando a si mesmo – pois quem julga não é Deus, mas sim o próprio ego. Observe-se, portanto, sempre pelos olhos de Deus, e nunca pelas suas próprias limitações.

O amor está relacionado ao altruísmo. Quem é realmente uma pessoa amorosa? Qual é o verdadeiro conceito de amor? O amor está presente, acima de tudo, no coração de todos aqueles que amam a si mesmos. Aprenda a amar a si mesmo. Não mais, porém, do que aos outros – mas de forma igual. Veja a si mesmo como uma parte de Deus igual às outras partes, que são as outras pessoas, e ame a todos sem distinções. O auto-conhecimento abre espaço para o amor próprio, pois, em se tendo conhecimento de quem você é, você saberá a que atribuir o seu amor, pois em essência você é Deus, e o amor de Deus é infinito. Sua própria essência é feita de amor. Sua vida foi concebida por Deus na eternidade do universo, por um gesto de amor de nosso Pai Criador.

A sabedoria está relacionada à inteligência. Quem é realmente um sábio? Qual é o verdadeiro conceito de sabedoria? Sábio é aquele que se conhece e, em se conhecendo, ama a si mesmo e, amando a si mesmo, poderá amar aos outros. O sábio é aquele que ama de forma consciente – conhecedor, sobretudo, do princípio do amor sob vontade. Ele não somente ama, porém, sabe como amar. O homem sábio é aquele que conhece os caminhos do amor. Ele sabe como utilizar a sua inteligência a serviço de Deus, portanto, ama de forma inteligente. A sabedoria é subproduto do poder e do amor, duas qualidades fundamentais do desenvolvimento da ascensão.

Para que se torne um Mestre Ascenso, você há de compreender todos estes princípios. Estes elementos representam a Chama Trina do Poder, do Amor e da Sabedoria. O perfeito desenvolvimento destas virtudes, bem como a sua aplicação prática na vida cotidiana e a conseqüente integração e equilíbrio das mesmas, irá torná-lo cada vez mais próximo do amor divino e de sua própria realização em todos os aspectos.

Como você pode perceber, e de uma forma bastante resumida, o caminho para a ascensão exige um imenso comprometimento com o caminho espiritual. Se não existe uma aplicação determinada e um profundo desejo de se alcançar a realização divina, mais lento se torna o desenvolvimento do processo de ascensão. Todos os seres humanos, por outro lado, possuem o seu ritmo próprio e cada um, a seu tempo, despertará para a necessidade de acelerar a própria evolução.

AS SETE INICIAÇÕES DA ASCENSÃO

Com o intuito de elucidar os diferentes níveis da ascensão, comentando as iniciações e fornecendo dados que poderão lhe ser úteis, compartilho com você, leitor, um pouco de minha experiência particular. Nesta atual existência, tive a oportunidade de receber a sexta e a sétima iniciações, fatores fundamentais que me possibilitaram e me facultaram as condições de elaborar este livro. E é com muita alegria e prazer que venho compartilhar um pouco desta graça por mim recebida. Pois para mim não há prazer maior do que ajudar a todos os seres humanos no sentido de, igualmente, conquistar sua própria liberdade e plenitude nesta atual existência. Que todos quantos for possível possam compreender a profundidade espiritual da mensagem que traz este livro.

A seguir é feita uma descrição minuciosa de cada uma das sete iniciações, em que procuro mostrar, através de minha experiência, como foi que pude concluir os diferentes níveis da ascensão. É meu intento que minha experiência sirva como uma referência para o seu desenvolvimento. Porém, não lhe recomendo que baseie-se somente nestes relatos, pois a ascensão é um processo extremamente individual e particular para cada um. Acredite naquilo que a sua intuição lhe mostrar, e utilize este material como um meio de auxílio para compreender o seu próprio processo. É este o objetivo deste capítulo e, certamente, do livro como um todo.

AS SETE INICIAÇÕES DA ASCENSÃO

1. Conhecer os princípios da matéria, dominá-los e superá-los conscientemente. A primeira iniciação é recebida no momento do nascimento da vida física. A lição básica da primeira iniciação, está relacionada a compreender a vida humana como deve ser vivida, de uma forma saudável e equilibrada. Todos os vícios negativos são abandonados. A adaptação completa ao meio físico é também um pré-requisito fundamental, para a conclusão da primeira iniciação.

2. Eliminação do desejo material, assimilação dos princípios de causa e efeito, reconhecimento do sentimento divino dentro de si, discernimento básico da visão da essência espiritual e material. O recebimento da segunda iniciação é marcada pela fusão com o corpo astral ou emocional. Neste nível, o iniciado passa a controlar melhor as suas próprias emoções e começa a abandonar, pouco a pouco, muitos vínculos materiais que não mais servirão para o seu futuro desenvolvimento ascensional. Nesta fase, uma maior consciência da responsabilidade com o caminho espiritual começa a surgir, bem como o despertar para a necessidade de sentir, intuir e ouvir a voz interior, desligando-se assim de tradições, regras e tabus impostos pela sociedade, que antes influenciavam todos os atos e pensamentos de sua vida.

3. Reconhecimento gradativo da presença do Eu Superior, e da voz do Eu Superior falando através da consciência. Domínio completo sobre as leis de formação de pensamentos construtivos e destrutivos. Domínio completo sobre as leis da mente. Necessidade de edificação de bases crísticas na vida cotidiana, nos pensamentos, atitudes, e na forma de conduzir a missão que foi proposta à alma, na atual jornada. É na terceira iniciação que ocorre a fusão com o corpo mental, o que explica de certa forma porque ocorre um maior desenvolvimento do potencial mental. A tendência é que a freqüência cerebral aumente consideravelmente. Os pensamentos tornam-se incrivelmente mais acelerados, e a mente se torna mais eficiente na resolução de problemas complexos da vida cotidiana ou mesmo espiritual.

4. Fusão completa com o Eu Superior. Renúncia completa ao mundo material, caráter, reputação, status social, amigos, dinheiro e ao padrão de vida tradicional. A pessoa não deixa de atuar no mundo físico, mas está completamente desligada e desvinculada de qualquer prisão ao mundo material. A experiência da fusão com o Eu Superior é extremamente importante na caminhada da ascensão. É um dos passos fundamentais para o aprimoramento do discípulo para que possa melhor servir à humanidade, embora muito ainda tenha a adquirir, em termos de conhecimento e sabedoria, para que se torne ascenso e possa deter um conhecimento completo sobre sua própria natureza.

5. A quinta iniciação pode ser considerada um estágio preliminar da ascensão. Em meu caso particular, esta iniciação foi marcada por alguns acontecimentos interessantes no plano espiritual, que irei narrar aqui. Em meados de agosto de 1999, tive um sonho em que eu soube, intuitivamente, que estava muito próximo de receber o Cálice Sagrado. Nos dias seguintes, tive outros sonhos em que me encontrava na presença de grandes Mestres como Jesus e o Senhor Maitreya. Deles recebi o Cálice Sagrado. A taça representa simbolicamente o nosso corpo, o veículo de manifestação. Quando a Presença Divina consegue penetrar e preencher de Luz os nossos corpos físico, emocional, mental, espiritual e átmico (fusão com o corpo átmico), tal fato pode ser simbolizado como encher plenamente uma taça com o líquido sagrado que, podemos dizer, seria o amor, poder, sabedoria, energia e Luz Divina. Quando a taça transborda deste líquido sagrado, é porque, enfim, conseguimos estabelecer na Terra um perfeito receptáculo de energias divinas e sutis. Este receptáculo, podemos dizer, é o próprio Cálice Sagrado. Nenhuma outra forma de energia que não seja amor, pode ser emanada de nossos corpos, que começam gradativamente a se transformar em Corpos de Luz. Como numa fusão, o Cálice Sagrado fundiu-se ao meu corpo, e toda a substância sagrada (luz) deste cálice unificou-se definitivamente a mim, fazendo parte de meu SER. Assim, meu próprio corpo transformou-se num Cálice Sagrado. Quando lembramos da palavra cálice, uma das referências é o cálice da flor. A libertação da consciência é semelhante ao brotar de uma flor, a flor de lótus. Podemos dizer, portanto, que o cálice é o elemento que fornece o suporte para a descida da Consciência Divina. Quando o corpo de manifestação se transforma num cálice, ele está se preparando para recepcionar a Consciência do Cristo, do Eu Eterno, que é a nossa Mônada. Esta recepção ocorre a nível consciente, no evento da sexta iniciação. Na quinta iniciação eu consegui, portanto, atingir um estado de plena perfeição sobre meus quatro corpos inferiores, bem como um excelente domínio, não ainda perfeito, sobre as Leis da Natureza existentes na quinta dimensão. Beber o líquido do Cálice Sagrado, esotericamente, significa receber segredos ocultos. Existem outros elementos iniciatórios que se precipitam na quinta iniciação, dos quais apenas o discípulo poderá ter conhecimento. Ele poderá tomar conhecimento destes elementos através de revelações, sonhos, e situações de grande intensidade energética no mundo material, como viagens a lugares específicos, o encontro com uma pessoa que poderá lhe revelar algo, ou então alguma outra forma de revelação. Preste muita atenção nisto. Esta revelação está intrinsecamente relacionada ao fator pelo qual você veio à esta encarnação. Procure descobrir se trata-se de um elemento kármico, ou se é apenas alguma chave importante que definirá qual é o seu caminho e missão a cumprir na atual existência.

6. A ascensão é um acontecimento maravilhoso. No mundo espiritual, acontece uma grande cerimônia com os Mestres Ascensos, onde nos encontramos rodeados por todos eles, bem como por inúmeros seres angelicais e da hoste ascensionada. Em minha experiência particular, num determinado dia, senti que algo muito profundo estava prestes a acontecer comigo. Já há alguns dias antes, eu tinha este pressentimento. Sentia estar prestes a atravessar um "portal" para outro mundo, ou estado de consciência, em que me encontraria totalmente livre de uma série de limitações que existem no mundo físico em que eu existo. Neste outro mundo, que na verdade é um estado de consciência, os poderes da minha consciência se tornariam teoricamente ilimitados. As minhas palavras ganhariam vida e, então, nada mais seria impossível para mim. Tudo aquilo que eu dissesse, tudo aquilo que eu fizesse, seria da Vontade de Deus e se realizaria. Tudo seria perfeitamente puro, e dentro do mais perfeito princípio de amor universal. No momento em que estava ocorrendo a ascensão, percebi que todas as coisas que eu via ao meu redor, emanavam luz e se transformavam em luz. Tudo era luz, inclusive meu corpo. Eu podia perceber, então, claramente, o que era o plano ascensionado. Eu podia percebê-lo claramente, mesmo que continuasse vivendo e interagindo com o plano físico. No dia da ascensão, então, eu me sentia profundamente influenciado por algo que estava prestes a ocorrer. À noite, quando todos foram dormir em minha casa e fiquei à sós com o silêncio, foi quando o processo de ascensão começou a ocorrer. Pouco a pouco, através de uma inspiração interior profunda, algumas palavras começaram a fluir naturalmente pela minha boca, e comecei a fazer invocações diversas para toda a hierarquia espiritual, a Fraternidade Branca, os Mestres Ascensos, Elohims, Arcanjos, Devas e Elementais e todas as formas de vida inteligentes da natureza, que trabalham para os planos superiores. Simplesmente eu ia falando, as palavras fluíam pela minha consciência e eu ia fazendo invocações diversas e, de certa forma, meditando como nunca havia feito antes. As energias e entidades que eu estava invocando, eram realmente muito poderosas. Naquele momento era como se tudo ao meu redor parasse e, ao mesmo tempo, como se a minha energia estivesse englobando gradativamente a todas as coisas que existem. Finalmente, então, eu vi a Luz. Eu podia sentí-la. E então eu me fundi a ela, e passamos a ser uma única consciência integrada no plano físico. Finalmente havia acontecido a minha fusão com a mônada, o Corpo de Luz, o meu Ser Superior, em plena consciência. Muito havia ainda para ser trabalhado, pois aquele passo era somente o início. O estado de ascensão só poderia se tornar pleno com o tempo, com muito esforço e trabalho que ainda deveria ser realizado. Aquele momento era especial para mim, mas não me garantia ainda algo que eu chamo de maestria. Ou seja, para tornar-me realmente um mestre das leis de minha própria natureza, eu ainda precisaria absorver muitos conceitos de ascensão, que só poderia adquirir com o tempo. Eu sentia o poder do estado ascensionado presente comigo, mas ainda não tinha controle suficiente para utilizar este potencial de forma consciente, para o bem da humanidade e das outras pessoas. Isto foi algo conseguido com o tempo, com o trabalho e principalmente pelo desejo de ser útil na evolução do planeta e de seus habitantes. É uma questão de aprimoramento, de canalizar da mais perfeita forma, todas as energias provenientes da mônada. Isto foi acontecendo pouco a pouco comigo. Este é um processo que perdura até um certo nível antes de adentrar a sétima iniciação.

7. A sétima iniciação está relacionada com o contato com a sexta dimensão, a dimensão da graça divina. Neste ponto, o Mestre Ascensionado já adquiriu e tomou plena posse de todas as suas habilidades como mestre de sua própria natureza. É nesta iniciação, em estágios mais avançados, que se torna possível realizar o teletransporte, bilocação, materialização e desmaterialização de tudo aquilo que se necessita, bem como outras inúmeras faculdades. O sentimento de plenitude é total. A luz que o nosso corpo irradia é praticamente perfeita, e gradativamente começa a permear os níveis mais profundos dos corpos físico, astral, mental, espiritual, átmico e monádico, revelando assim, ao discípulo, todos os conhecimentos, talentos e habilidades provenientes de cada um destes planos de consciência, que antes estavam sendo ocultados pelo véu do maia. Uma característica importante da sétima iniciação é o reconhecimento do verdadeiro significado da graça e da bênção divina. Deste ponto em diante, o Mestre Ascensionado evoluirá somente através da graça, e não mais pelo karma. A sétima iniciação é também representada pela ressurreição – a morte definitiva da personalidade para o plano terrestre, a completa libertação da roda de reencarnações, e o renascimento para a luz eterna e infinita de Deus. A partir deste nível, a única razão pela qual a alma permanece encarnada no corpo físico, é o serviço à humanidade. Não existe mais nenhum aspecto que possa aprisionar a alma ao plano físico, e ela passa a servir exclusivamente aos planos superiores e, sobretudo, à Vontade de Deus. A sétima iniciação é a última que pode ser conseguida no plano físico. As iniciações posteriores somente podem ocorrer depois que a alma abandonar o plano físico.


Alcancei minha ascensão exatamente no dia 17 de janeiro de 2000. A partir deste momento, realmente a minha vida em muito se modificou. Tornei-me mais invulnerável, fortalecido, imortalizado e realmente, mais vivo. Podia sentir mais claramente a minha própria luz, a luz que eu mesmo irradio. Minha consciência se tornou mais clara, e sua capacidade de discernimento cresceu bastante. Posso dizer também que esta transformação, apesar de profunda, não modificou a essência do meu próprio ser. Na verdade, permaneci o mesmo. Minhas antigas tendências não desapareceram, apesar de que muitas delas foram amenizadas, ou consumidas totalmente pelo processo de transmutação. Passei a sentir-me mais capacitado para ajudar o nosso planeta, em todos os sentidos, para a sua evolução. Sentia que daquele momento em diante, eu poderia contribuir muito mais com a minha própria luz, efetivamente, para que este mundo possa evoluir e definitivamente transcender os seus aspectos inferiores.

A ascensão é um acontecimento de extrema importância na vida de todo e qualquer discípulo da luz. Como num aviso, tive, alguns dias antes de ascensionar, um sonho muito belo e expressivo, uma verdadeira chave que me conduziu a entender o processo pelo qual passava. Eu me encontrava num lugar realmente muito bonito, algo semelhante a um paraíso. Eu olhava para o céu, e neste instante, desceu e pousou sobre as minhas mãos uma pomba branca. De alguma forma, eu sabia que esta pomba simbolizava o Cristo. Esta pomba então voou para o céu, e eu a acompanhei, voando ao seu lado. Vislumbrei diante de mim, o infinito, e me fundi definitivamente a ele. Assim terminou esta experiência. Compartilho com o leitor esta experiência, por sentir que ela pode ser realmente útil e possivelmente servir como uma forma de referência. A ascensão é o acontecimento que marca a nossa união definitiva com os céus superiores. Faça você mesmo uma experiência. Olhe para o céu, durante o dia. Procure sentir, em seu interior, qual é a relação que você possui com o céu. Antes da ascensão, eu observava o céu e via-o distante de mim. Sentia estar perdido num mundo desconhecido, em relação ao céu, que é o meu lar. Sentia-me realmente distanciado do céu, e naquela época jamais consegui encontrar uma explicação para isso. Perguntava-me, algumas vezes: porque os homens estão afastados de Deus, do Universo? Era exatamente assim que eu me sentia. Tal sensação provocava-me profundas reflexões. Certa vez, alguns dias antes de receber a ascensão, senti uma vontade misteriosa de olhar para o céu. E assim decidi fazer. Ao olhar para o céu, a sensação que eu tinha havia se modificado! As distâncias desapareceram, e eu me sentia estar unido novamente aos céus! Era como se o caminho para se voltar às minhas verdadeiras origens estivesse aberto. Realmente foi uma sensação indescritível. Daquele dia em diante, sempre que olho para o céu, a sensação é a mesma: sinto-me unido aos céus, não vejo mais o universo distante de mim, nem mesmo a Deus. Sinto que estamos unidos agora, embora eu continue vivendo e interagindo com a matéria. Esta é uma experiência que, certamente, você há também de passar. É uma experiência maravilhosa. Você terá consciência, enfim, de que o Céu finalmente uniu-se à Terra – já não existe mais a separação entre ambos. Esta é uma constatação que você fará tanto a nível interno, como externo. Pois assim como existe o céu que você vê com seus olhos físicos, também existe o céu da sua consciência, que é o seu próprio estado de SER mais elevado, um estado superior de consciência que é a sua própria identidade de luz mais elevada.

No momento da ascensão, existe algo muito importante que você deve lembrar, e eu sinto que isto precisa ser dito aqui. Lembre-se de que você é Deus, você é Luz, você é Amor, você é Eterno, você é o Cristo e nada mais. A você, será oferecido um novo Manto de Luz. Vista-o sem receio. Aceite sua nova condição, com muito amor e alegria. A sensação que sentimos ao receber uma importante iniciação, como é a ascensão, é como se estivéssemos sendo condecorados por alguma grande autoridade, no caso, uma autoridade do mundo espiritual. É preciso que você aceite, então, sua nova condição como Mestre Ascenso. Lembro-me que, após a realização da cerimônia com os Mestres Ascensos da Fraternidade Branca, El Morya me deixou algumas palavras de incentivo, e também explicando-me o que realmente havia acontecido naquele momento. Até uma certa altura dos fatos, ainda não havia me dado conta da grandiosidade daquele momento, e foi somente após receber as palavras amorosas do Mestre El Morya, que me conscientizei e fiquei realmente muito feliz por saber que, finalmente, havia me tornado um Mestre Ascenso.

Minha vida, enfim, prossegue sem maiores mistérios. Não me considero, em hipótese alguma, diferente dos outros. Assim como todos os outros seres humanos, também tenho meus compromissos e preciso viver, trabalhar e fazer tudo o que os outros seres humanos fazem. Não existe nada específico que possa me diferenciar dos outros seres humanos, a não ser o fato de que tenho consciência de minha identidade mais elevada, a identidade de minha mônada, enquanto ainda as grandes massas da população permanecem inconscientes, vivendo em função de suas ilusões do mundo material. Sou um ser livre da necessidade de reencarnação, livre das ilusões e das prisões da matéria. Todo o universo infinito de Deus está a minha disposição. Conspiro a favor do universo, logo, este também conspira a meu favor, em todos os aspectos de minha existência.

A partir do momento de minha ascensão, passei a buscar prioritariamente o desenvolvimento da maestria. Ou seja, dominar e realizar completamente o nível em que eu me encontrava, sabendo como utilizar meus novos dons. Uma das características que pude perceber claramente, foi o surgimento do poder da cura através do amor. Muito provavelmente existem qualidades específicas que somente você possui, e com elas você contribuirá com todos aqueles que lhe são próximos. Não tenha a menor dúvida disto. Cada ser humano é especial, e a ele Deus reservou um determinado dom. Seja feliz com o dom que Deus lhe conceder. Particularmente, sou feliz por tudo aquilo que recebi, pois tudo o que Deus nos dá é muito bom. Não importa o que façamos – somos uma parte de Deus, identidade inseparável Dele, portanto, jamais seremos infelizes uma vez que conhecemos Sua Vontade, e a cumprimos integralmente. Pois para um Mestre Ascenso, a Vontade Divina é também a sua vontade.

Recebi minha sétima iniciação no dia 5 de maio do ano 2000, data do Grande Alinhamento Planetário. Foi um evento que, na época, causou profundas transformações em todo o planeta e seus habitantes. Pude perceber, em função deste fato, o quanto os eventos planetários influenciam os nossos processos. O dia 5 de maio foi realmente muito especial. Uma das grandes bênçãos que a humanidade recebeu, foi a possibilidade de transformar seus corpos físicos em Corpos de Luz. Embora eu estivesse consciente da importância do momento, jamais poderia pensar que naquela ocasião iria receber a sétima iniciação. Realmente foi uma surpresa para mim, já que eu pensava que iria levar pelo menos alguns anos para que pudesse chegar naquele estágio. Realmente não podia esperar por um avanço tão rápido.


ALGUMAS EXPLICAÇÕES IMPORTANTES

Todas as iniciações são marcadas, individualmente, pela fusão com um dos corpos de manifestação. A primeira iniciação é representada pelo nascimento – ou seja, o nascimento do corpo físico. A segunda iniciação é representada pela fusão com o corpo emocional; a terceira iniciação é representada pela fusão com o corpo mental; a quarta iniciação é representada pela fusão com o corpo espiritual; a quinta iniciação é representada pela fusão com o corpo átmico; a sexta iniciação é representada pela fusão com o corpo monádico; e, por fim, a sétima iniciação é representada pela fusão com o corpo logóico. Há algumas considerações importantes que precisam ser feitas em relação a este assunto.

O discípulo que atinge o terceiro grau de iniciação, está prestes a realizar a sua fusão com o corpo espiritual, ou Eu Superior. Neste nível, o iniciado começará a sentir mais profundamente a influência do Eu Superior em sua vida. Em meu caso particular, por várias vezes, canalizei meu próprio Eu Superior e com ele iniciei longos diálogos, pelos quais muito aprendi e me aprimorei. Eu podia sentir a voz do Eu Superior de maneira muito nítida em minha mente e em meu coração. É uma voz sábia. Algumas vezes eu fazia perguntas e, como resposta, obtive o silêncio. Quando isto acontecia, sentia-me subitamente induzido a verificar a minha própria orientação consciente, e então entendia que a resposta já existia e eu a conhecia. Para se entrar em contato com esta porção da divindade que somos nós mesmos, que é o Eu Superior, é preciso estarmos receptivos. A mente precisa estar silenciosa e em paz, pois é no silêncio e na paz que Deus está. Nem sempre, em nossas vidas, oferecemos condições para que o Eu Superior se manifeste. São raras as situações em que isto acontece. Nas primeiras vezes que ouvi a voz do Eu Superior, por incrível que pareça, eu me encontrava na rua, caminhando, ou então enquanto eu realizava algum tipo de tarefa qualquer do mundo físico. Eu pensava, e um “outro pensamento” começava a pensar junto comigo. Algumas vezes, tratava-se do processo de canalização comum – o contato com outros seres, em geral, meus mestres e mentores espirituais. Mas houve pelo menos 3 situações, das quais me lembro nitidamente, em que eu sabia estar canalizando o Eu Superior. Na primeira vez que isto ocorreu, certa vez, estava eu sozinho num local público. Haviam muitas pessoas ao meu redor, conversando, se movimentando, fazendo barulho, além do barulho ambiente. De repente, minha mente silenciou. Meus pensamentos desapareceram, e eu me encontrava num silêncio absoluto, internamente. Aquela sensação me parecia estranha, a princípio, ao mesmo tempo que era prazeirosa. Cheguei a sentir-me angustiado, pois não compreendia o que estava ocorrendo comigo. Mas num determinado momento, comecei a ouvir a voz daquele que chamei por “Mestre”. Este mestre não tinha uma identificação externa, pois ele era, na verdade, a minha própria identidade interior, mais profunda. Quem falava comigo era eu mesmo, num estado elevado de consciência, com o meu próprio eu encarnado na matéria. O elemento básico que proporcionou esta experiência, foi a unificação e harmonização dos aspectos de dualidade da mente. Por alguns instantes, encontrava-me completamente desligado da realidade material, e podia ouvir claramente aquilo que o meu Eu Superior tinha a me dizer. O meu Eu Superior era aquele a quem eu chamava de Mestre, pois suas palavras me tocavam profundamente. Eu sabia também que estas palavras provinham de mim mesmo. Na época em que este fato ocorreu, eu já era um iniciado de quarto grau. Eu podia receber, portanto, com toda a clareza possível, as orientações provenientes do Eu Superior. Em agosto de 1999, recebi a quinta iniciação. Neste momento, deixei de ser apenas uma personalidade infusa de alma. Em outras palavras, a Alma ou Eu Superior já havia se fundido plenamente à minha consciência encarnada. A partir deste momento, eu já não precisava mais ouvir as palavras do meu Eu Superior, porque eu havia me tornado o meu próprio Eu Superior, em essência. Logo, de certa forma a palavra Superior perde o seu sentido, pois o nível superior em questão era superior ao nível em que eu me encontrava antes. Como este nível foi transcendido, então daquele momento em diante, minhas metas se ampliaram. Naquele momento, eu já era a minha própria Presença da Alma encarnada no plano físico. A partir daquele momento, portanto, eu já poderia começar a receber as orientações da Mônada. Eu já havia me fundido plenamente com o corpo espiritual e também já havia realizado a fusão com o corpo átmico, e começava a me preparar, portanto, para realizar a fusão com o corpo monádico – fato que se concretizou 5 meses depois. Todas estas informações que estou descrevendo aqui, como parte de minha experiência, têm o propósito de mostrar que a ascensão é também, sobretudo, um processo gradual e coeso. Tudo acontece de forma gradativa. Imagine que a ascensão é como subir por uma rampa lisa, ao invés de subir por uma escada com degraus. O que eu quero dizer, é que apesar de todos os sinais evidentes que você perceberá em seu processo de ascensão, nada será abrupto. Tudo será sempre gradativo, dentro de uma harmonia e um sincronismo cósmico perfeitos – pois Deus conhece o tempo correto de ascensionar para cada nível, para cada um dos seus filhos. Você não poderá, em hipótese alguma, pular etapas. Tudo aquilo que você precisa trabalhar, em termos de consciência, você o fará durante o tempo que for necessário para sua individualidade específica. Jamais pense que, somente por ter eliminado uma boa quantidade de egoísmo e negatividade, você terá galgado uma iniciação elevada. Isto é importante, porém, procure reconhecer com humildade qual é o seu verdadeiro nível, e procure trabalhar conforme as suas necessidades atuais. A força-motriz da ascensão é o desejo de libertação que habita o seu interior. Este livro poderá lhe ajudar, provavelmente, a reconhecer em que nível de desenvolvimento você está. Mas procure concentrar-se, sobretudo, no aqui e no agora – adquira sabedoria com as experiências, demonstre amor nas oportunidades que lhe surgirem, e quando não estiver compreendendo aos seus irmãos, interiorize-se e busque compreender a si mesmo. Você verá o quanto é possível aprender em cada nível, e isto é também igualmente necessário e fundamental para que você possa atingir as iniciações. A pressa para ascensionar é uma das maiores ilusões das quais você precisa se conscientizar. Não é a pressa – num sentido de tempo – que o fará ascensionar mais rapidamente, pois para o seu referencial original, que é a sua mônada, o tempo não existe. Tempo é apenas sinônimo de resgate consciencial. Somente ao resgatar a sua própria consciência, é que você terá, enfim, eliminado o conceito de tempo, e então atingirá as suas metas. Busque realizar aquilo que você tem em mente, não importa o que você esteja pensando. Se você tiver de errar, erre; se você tiver de iludir-se, iluda-se; não tenha medo de viver as suas experiências. O mais importante é que você aprenda com estas experiências. Sem elas, você não poderá ascensionar. Nenhuma experiência que você já tenha tido, ou que ainda venha a ter nesta existência, é em vão – você não terá mais experiências do que o necessário para assimilar as lições de que precisa para evoluir. Tudo aquilo que você criou ou fez no passado, está agora retornando para sua consciência, para que você se harmonize novamente com suas próprias escolhas. Procure conscientizar-se disto. Etapas não podem ser puladas, mas sim, vivenciadas e experimentadas em todos os seus níveis. Esta é a única condição que tornará possível prosseguir pelas iniciações.

Um aspecto importante que precisa ser comentado aqui, é em relação à orientação proveniente da mônada. Como eu disse antes, tive algumas experiências em que canalizei perfeitamente a Presença da Alma, do Eu Superior. Quando atingimos a quinta iniciação, modifica-se bastante o relacionamento com a nossa identidade superior. Quando canalizamos as orientações do Eu Superior, por exemplo, tratamo-lo muitas vezes como “mestre”, devido à sua característica sábia ao posicionar-se diante de nossos pontos de vista da matéria. O que eu gostaria de dizer aqui, é que quando recebemos uma orientação proveniente da mônada, que é uma porção ainda maior da divindade que somos nós mesmos, o nosso tratamento passa a ser de “Pai para Filho”. Nós somos o Filho, conversando com o Pai, e vice-versa. A mônada representa o Pai, o Criador, a razão da existência verdadeira, aquela pela qual nossa evolução como seres cósmicos se originou. Assim como ocorreu anteriormente, quando eu era um iniciado de quarto grau, novamente a experiência da canalização do Eu Mais Elevado aconteceu. Este Eu Mais Elevado, porém, não o chamava de mestre, como no caso anterior. Chamava-o de Pai. Era um relacionamento diferente, sem dúvida. Sentia-me muito mais próximo de Deus, da Fonte Original que havia criado meu espírito.

A sétima iniciação é bastante marcada como um estágio em que as forças do Céu reinam sobre as forças da Terra. O contato com o plano logóico de manifestação, ou seja, a fusão com o Logos Planetário (cujo regente é Sanat Kumara), e também o início da fusão com a sexta dimensão, são realmente fatos muito importantes na caminhada de um discípulo. A sexta dimensão é a chamada dimensão da graça. Afinal, o que vem a ser a graça? A graça é a energia do milagre, é a pura luz divina. Deixar fluir esta graça pelo veículo físico, em sua totalidade, é o nosso grande desafio e meta. Constantemente estamos recebendo a graça divina do Pai, de Deus, da Criação – porém, muito raramente conseguimos percebê-la atuando em nossas vidas. Percebemos através de momentos, pois a visão humana é fragmentada, submissa a conceitos de tempo e espaço, portanto separada e dividida em relação à unidade, ao todo que é UM. A graça é o meio pelo qual todos os seres humanos deveriam normalmente evoluir, evitando, assim, a necessidade de reencarnação. Evoluir por intermédio da graça, significa evoluir sem sofrimento. Talvez por muito tempo você tenha pensado que a evolução só se dá com o sofrimento. Isto não é verdade. Evoluir através da graça, significa simplesmente ir assimilando cada vez mais a Vontade do Pai, do Deus Criador, através do trabalho para a luz, para o conhecimento e pela passagem pelas grandes iniciações cósmicas do universo, pois as iniciações e a evolução continuam nos planos universais após abandonarmos o plano físico. Simplesmente, vamos aprendendo e adquirindo amor e sabedoria através de nossas vivências. A evolução pela graça também pode ser chamada de evolução dhármica. Encarnar no plano físico nestas condições, é um fato raro e só pode mesmo acontecer se um ser espiritual decide ajudar a humanidade. Ele desce para a densidade física, portanto, voluntariamente. Ele não precisa reencarnar, e originariamente não possui esta necessidade, embora possa adquirí-la caso venha a cometer infrações contra as Leis Universais. Ainda em relação à graça, é devido à ela que podemos realizar aquilo que chamam os seres humanos de “milagre”. O milagre é na verdade algo comum, quando se tem o pleno conhecimento do poder da graça vinda do Pai, do nosso Deus Criador. Nossa vontade determinada, consciente e amorosa em comunhão com a graça divina que flui de Deus para todos os nossos corpos inferiores, acaba por realizar todos os milagres que desejarmos que aconteçam. Grandes avatares como Sathya Sai Baba, entre outros, realizam estes milagres a que estou me referindo. Para se dominar completamente a “técnica” destes milagres, é preciso deter a ciência dos princípios da formação destes milagres. É devido a este fato que poucos em nosso planeta estão, de fato, habilitados a utilizar estes recursos ascensionais avançados. Um avatar é um ser que naturalmente, sem fazer esforço algum, simplesmente compreende estes princípios, pois devido à sua grande força e bagagem espiritual, ele está aquém dos níveis densos e inferiores da matéria, e naturalmente mais conectado e aproximado dos planos superiores da graça e do poder divino.

A maior conquista que atingimos na sétima iniciação, é a plena realização divina e a conseqüente predominância das forças do Céu sobre as forças da Terra. Estaremos, enfim, completamente livres das ilusões a que estávamos presos anteriormente, podendo realizar na Terra, mais facilmente e de forma consciente, o Plano Divino.

Exibições: 409

Respostas a este tópico

Maravilha,pensar que tantos se perdem procurando emoções vazias isso sim é que se pode chamar de experiência única,nada se compara a ela.
Penso que no meu caso eu ainda me encontre indo em direção ao nível 3,longo caminho,ou não visto que de repente para o autor tudo se resolveu inesperadamente.

Deus é quem sabe mas já tive vários sonhos onde quem me falava, sei, era meu eu superior.quando vou dar o próximo passo?não sei mas ao menos sei que existem pessoas que vivem experiências que a maioria nem imagina,e me dá a sensação de viver em outro mundo,sabe meio matrix,faz parte.adorei.
LIIIIIIIIIIINNNNNDDDDDOOOO!
Grata

Matrial excelente. Obrigada . Namaste

Maravilhoso, amei , grata

Nada absolutamente nada do mundo poderá nos oferecer a plenitude da ascensão.

O esforço requerido é o único que valerá a pena!!!

Muito obrigado por compartilhar essa benção.

EU SOU A ASCENÇÃO NA LUZ! 

Luz e alegria.

Grata por nos explicar as etapas porque temos de passar para ascendermos.É deveras fascinante tudo o que nos conta.Eu

simplesmente fiquei sem palavras.É maravilhoso

Obrigada por partilhar connosco.

Obrigada e muita LUZ para todos nós

RSS

"Permaneçam unos com a vossa Essência Espiritual. Somente Ela, poderá mostrar-lhes os novos rumos a serem seguidos por cada um!"

                     

"Que a eterna luz do sol te ilumine, que todo o amor te envolva, e a luz verdadeira, no teu interior, guie o teu caminho para casa."Bênção Sufi

 

 Possa o bodhichitta, precioso e sublime, surgir onde ainda não está; E onde surgir que não decline, mas cresça e floresça cada vez mais para o benefício de todos os seres sencientes.

Padma Bhavam significa Morada do Lótus. O lótus é uma flor que cresce da escuridão do lodo abrindo sua flores somente após ter-se erguido além da superfície. Se o impulso para a luz não estivesse adormecido na semente profundamente escondida na escuridão da terra, o lótus não poderia se voltar em direção à luz. Da mesma forma, cada um de nós carrega dentro de si esse impulso para a vida e para a autorealização.

 

NAMO KUAN-SHIH-YIN PU-SA A PRONÚNCIA NAMÓ GUAN-CHEER-IIN PUSSÁ O SIGNIFICADO Eu Chamo pela Bodisatva Kuan Yin, Aquela que vê e ouve o sofrimento do Mundo.

 

CONFRATERNIZANDO A nossa proposta é integração e união. Por isso sugerimos aos integrantes deste Portal que passem pelos perfis dos membros recém chegados, para dar boas vindas, trocar mensagens e convidá-los para uma relação de amizade. Parabenize os aniversariantes... Ingressem nos Grupos e participem!!! Nos Grupos encontramos muitas pérolas postadas em forma de mensagens, apostilas ... que colaboram para o engrandecimento de nossas almas, aprimoramento e crescimento do nosso ser. Gratidão! Fatima dos Anjos

http://www.twitter.com/portalarcoiris  

 

 



“O corpo conhece o tato; a língua, o paladar; o nariz, aromas; os ouvidos, sons; os olhos, formas; mas os homens que não conhecem o profundo Si Mesmo não captam esse supremo.” Mahabharata

"Duvidem de tudo. Encontrem sua própria luz". (Siddharta Gautama) 

"Não crie sofrimento Pratique virtude Seja senhor de sua mente (Bhuda)

 


"Faça uma nova fôrma para você com o poder da sua vontade. Aqueles que se superaram, vivem em paz, tanto no calor quanto no frio, no prazer quanto na dor, no elogio como na crítica. Para eles, um punhado de terra, uma pedra e ouro, são o mesmo. São imparciais e por isso se elevam a grandes alturas" Krishna

 

 


PAI NOSSO...

Que estás em toda harmonia do universo.

Santificado seja sempre o teu santo e sagrado nome.

Venha a nós o teu reino...

E que se cumpram as tuas leis, na terra e no espaço.

E em todos os mundos habitados...

Dá-nos hoje, o pão do corpo e o pão da alma.

Concede-nos a benção da saúde,do trabalho.

Perdoa as nossa ofensas.Assim como nós devemos amar e perdoar, a quem nos tem ofendido...

E não nos deixes sucumbir ás tentações.

E inspira-nos a combater o mal.Enviando-nos um raio da tua LUZ para nos orientar e guiar.

No caminho que a TI conduz.

Pois TU és o Poder e a Glória...

Amém!



INVOCAMOS AS ENERGIAS DO GRANDE SOL CENTRAL
A GRANDE FONTE ILUMINADORA DO AMOR

INVOCAMOS AOS ELOHINS…OS ANJOS QUE NOS ILUMINAM… E AOS QUATRO PILARES DOS FILHOS DA LUZ …
SANAT KUMARA, METATRON, MIGUEL E MELCHIZEDEK

INVOCAMOS AOS SERES DAS ESTRELAS QUE COM ASHTAR,
ELEVAM E APOIAM NOSSOS ESFORÇOS

INVOCAMOS A SHAMBALLA E AOS MESTRES ASCENSIONADOS
QUE GUIAM E NUTREM ESTE ENCONTRO DE ALMAS,
SERES DAS ESTRELAS E MESTRES ENCARNADOS
A DEDICAR SUA INTENÇÃO PARA ELEVAR A TODA VIDA PELO AMOR

INVOCAMOS A MÃE MARIA, KUAN YIN E A MADALENA
PARA ENCHER NOSSOS CORAÇÕES COM HUMILDADE E COMPAIXÃO

INVOCAMOS A NOSSA MAGNA PRESENÇA EU SOU A TRAZER NOSSOS DONS, VISÃO E OFERTAS EM
UMA UNIDADE DE PROPOSITO CENTRADA NO CORAÇÃO PARA CRIAR CLARIDADE
,DIREÇÃO DIVINA E AMOR MANIFESTADO,

EU SOU O QUE SOU
UM SER DE LUZ CONECTADO A LUZ!

A FORÇA DE VONTADE – A ALAVANCA QUE MOVE NOSSA VIDA Cada consciência que reencarna no plano terrestre tem como propósito primordial buscar sua evolução espiritual, aprendendo com as lições que a vida lhe traz. Apesar do esquecimento temporário que passa quando para aqui vem, internamente traz consigo um sentimento de que algo tem a fazer.
Passam-se os anos na vida terrena e isso pode variar de indivíduo para indivíduo, que o sentimento se torna mais forte, até que em determinado momento à ânsia de saciar o espírito fala mais alto e intuitivamente sente que a necessidade da busca a respostas para certas indagações lhe trará a tranqüilidade interna que tanto necessita.

A vida, no entanto é uma escola, cheia de obstáculos e desafios que incentivam o desenvolvimento das potencialidades, que auxiliam o ser na busca do crescimento espiritual.

Uma dessas potencialidades é à força de vontade, a alavanca que põe em movimento nossas ações, gerando atitudes que permitem que aquele que deseja seguir adiante, com o propósito de buscar conhecimento, possa ultrapassar todas as barreiras que por ventura encontrar pela frente.

Há consciências, que por lhes faltar a força de vontade não conseguem caminhar por muito tempo nesta busca, preferindo deixar mais para frente, adiando assim, o que realmente vieram aqui fazer, continuando a sua vida material, sem compreender que nem só de pão vive o homem, pois o homem é matéria e espírito.

Porém, o sentimento foi apenas abafado, pois chega um momento que a insatisfação fala mais alto. O que se buscou no mundo das ilusões não trouxe o alimento necessário para o espírito, pois a personalidade egóica não estava sintonizada com o propósito da alma.

A busca do ser recomeça. Bate-se em porta em porta buscando conhecimento, buscando a paz. Nesta caminhada adquire experiências e através do conhecimento passa a compreender que a tranqüilidade se alcança quando os sentimentos, os pensamentos e as atitudes são alimentados pela energia do amor. Quando já se consegue discernir o certo do errado, do que lhe traz a paz e o que lhe causa dor, escolhendo assim, o que prefere se alimentar.

No entanto, para todo aquele que se coloca como peregrino a caminho da Luz, encontra muitos obstáculos, pois a porta é estreita e poucos são os que perseveram por faltar à força de vontade.

O contato com o ser interior, a fé e a confiança que está no caminho correto, que sabe o que quer e para onde deseja seguir é que fará com que a força de vontade, esta força que impulsiona o ser seguir adiante, o auxilie a conquistar o objetivo. Nada se conquista sem o uso dessa força e perseverar no que se acredita ser o melhor é o caminho para conquistar um troféu. O troféu da satisfação de ter alcançado sua meta.

APARECIDA

"Quanto maiores somos em humildade, tanto mais próximos estamos da grandeza." Tagore

"O reino de Deus está dentro de vós". (Jesus)

“Toda vez que a Justiça Divina nos procura no endereço exato para execução das sentenças que lavramos contra nós próprios, segundo as leis de causa e efeito, se nos encontra em serviço ao próximo, manda a Divina Misericórdia que a execução seja suspensa, por tempo indeterminado.” (Emmanuel / Chico Xavier - Perante Jesus cap. 4 - Remuneração Espiritual)

Salmo 23
1. O SENHOR é o meu pastor; nada me faltará.
2 Deitar-me faz em verdes pastos, guia-me mansamente a águas tranquilas.
3. Refrigera a minha alma guia-me pelas veredas da justiça, por amor do seu nome.
4. Ainda que eu andasse pelo vale da sombra da morte, não temeria mal algum, porque tu estás comigo a tua vara e o teu cajado me consolam.
5. Preparas uma mesa perante mim na presença dos meus inimigos, unges a minha cabeça com óleo, o meu cálice transborda.
6. Certamente que a bondade e a misericórdia me seguirão todos os dias da minha vida, e habitarei na casa do Senhor por longos dias.

Saber viver, por Cora Coralina

Não sei... Se a vida é curta Ou longa demais pra nós, 

Mas sei que nada do que vivemos Tem sentido,

se não tocamos o coração das pessoas. Muitas vezes basta ser:  

Colo que acolhe,  

Braço que envolve,  

Palavra que conforta,  

Silêncio que respeita,  

Alegria que contagia,  

Lágrima que corre,  

Olhar que acaricia,  

Desejo que sacia,  

Amor que promove.  

 

E isso não é coisa de outro mundo, É o que dá sentido à vida.

 É o que faz com que ela Não seja nem curta, Nem longa demais,

Mas que seja intensa, Verdadeira, pura... Enquanto durar.


A vida é uma peça de teatro que não permite ensaios. Por isso, cante, chore, dance, ria e viva intensamente, antes que a cortina se feche e a peça termine sem aplausos.
Charles Chaplin


"...Só aqueles que compreenderam que devem procurar o infinito, o ilimitado, o que está além do tempo e do espaço, se sentem vivos, porque a vida verdadeira é a imensidão, a eternidade. Nunca vos refugieis naquilo que é acessível, limitado: abarcai o infinito e a vossa alegria também será infinita. Será a felicidade, a luz, a força, o dilatar de todo o vosso ser."

Omraam Mikhaël Aïvanhov

 

 

 RIOS DE ÁGUA VIVA FLUEM DE VOCÊ

Você é o ponto do Universo pelo qual fluem “rios de água-viva”. Neste “ponto”, é sempre agora! Aquiete-se! Anule conscientemente a crença no tempo: você é um ser deste agora, sem passado e sem futuro!
Deus é Tudo! Onde Deus está, é exatamente onde VOCÊ está! Constate esta Verdade! Dê consciente testemunho dela! Rios de Água Viva fluem a partir de VOCÊ! Esta Substância, na verdade, é VOCÊ! É Deus, em Auto-suprimento perfeito, sendo VOCÊ!
Dárcio Dezolt

 

 PODEROSA ORAÇÃO EU SOU Fique tranqüila e saiba que Eu Sou Deus! Eu Sou Deus vivendo neste corpo como ( diga o seu nome). Eu Sou Deus totalmente livre vivendo neste corpo como ( diga o seu nome) Eu Sou a Poderosa Presença do EU SOU Eu Sou o mestre ascensionado ( diga o seu nome) Em nome da Amada Presença de Deus, o qual Eu Sou! Pelo poder de Deus, o qual Eu Sou. A poderosa Presença do Eu Sou é o meu verdadeiro eu! Eu Sou a Ressurreição e a Vida. Eu Sou a Verdade, o Caminho e a Vida. Eu Sou a encarnação do Amor Divino. Eu Sou a porta aberta que nenhum homem pode fechar. Eu Sou Deus em Ação. Eu Sou o cetro de domínio, a Chama que nunca se apaga, A Luz deslumbrante e a Perfeição Divina manifestada. Eu Sou a revelação de Deus. Eu Sou o batismo do Espírito Santo. Eu Sou o ser ascensionado que desejo ser agora. Eu Sou a realização de Deus. Eu Sou uma porta aberta a toda revelação. Eu Sou a Luz que ilumina todos os lugares no qual eu entro. Eu Sou a Presença de Deus em ação hoje. Eu Sou Aquele que Sou. Eu Sou a libertação eterna de toda imperfeição humana. Eu Sou a Presença que preenche o meu mundo com Perfeição neste dia. Eu Sou um corpo invencível de Luz. Eu Sou a Luz que ilumina todo ser humano que vem ao mundo. Eu Sou a Vitória na Luz.

 

 

 

EU SOU VOCÊ..... Não sou um sábio pensador, Porque SOU A SABEDORIA. Não Sou aquele que tráz para todos o Amor. porque Sou o Próprio Amor Não sou aquele que tráz a Vida porque Sou a própria Vida Não venho trazer a Verdade, porque em todas Verdades Eu Estou! Eu tenho todas as coisas e todas as coisas me contêm Eu Sou o único caminho para todos, você é único caminho para você,
Pois,sempre estive em você e você não sabia.
Eu Sou a tua Luz
e você é a Luz Viva que Eu sou.
Eu Sou o Pai e Sou o Filho,
Eu Sou um e Sou todos.
Eu Sou o Alfa e o Ómega
Eu Sou o Principio e o Fim.

Se tudo assim não fosse,
Eu não poderia dizer;
Eu Sou Você,
Assim como você sou Eu!!!!!!

ERGOM........

Paz ,Luz e Equilibrio...Namaste

 EU SOU EU SOU Aquele que te faz sonhar... EU SOU Aquele que te faz amar...... EU SOU a LUZ de tua Alma...... EU SOU a FÉ em teu coração...... EU SOU a ALEGRIA em teu ser...... EU SOU a VIDA que te sustenta.... EU SOU a FORÇA que jamais te deixará.... EU SOU Aquele a quem contastes... tuas alegrias e tristezas... EU SOU a ENERGIA que te impulsiona,... passo a passo, rumo a tua eterna... realização e vitória....
EU SOU...
A LUZ...
A FORÇA...
O AMOR...
A SABEDORIA...

EU SOU Aquele que há tanto tempo procuras....

Agora que Me encontrastes...
Dentro de ti, contigo e através de ti...
brilharei, confirmando a todos que tiverem...
olhos para ver a LUZ que um dia foi prometida...
e que em vão procuraram em templos de pedras...
em palavras que ficaram no esquecimento,...
bem como nos livros....

EU SOU a Poderosa ENERGIA...
que a todos e a tudo sustenta....

Em nome do AMOR decreto:...
VIDA, LUZ, AMOR E LIBERDADE...
em ti e em teu mundo...
Agora e Sempre!...

Eu, SOL, que em teu peito brilha...
EU SOU....

Trecho do Livro: "Mensagens dos Mestres - De Coração a Coração" M. Stella Lecocq

APELO

"Em nome de EU SOU O QUE EU SOU,
eu convido minha Presença EU SOU, esta parte de Deus em mim,
para estar comigo ao longo deste dia.
Eu peço, a minha Presença EU SOU,
para assumir o controle imediato de todas as minhas ações,
feitos, palavras, sentimentos e pensamentos.
Eu peço, minha poderosa Presença EU SOU
para agir através de mim ao longo deste dia,
para gerir minha vida.
Amém”.

 

A QUEBRA CONSCIENTE DE VOTO

Diga em voz alta:

Neste momento, estou quebrando todos os votos que fiz para viver a ilusão da inconsciência. Como portador da Luz de minha linhagem genética, quebro esses votos em meu nome e em nome de todos os meus ancestrais. Revogo e anulo esses votos destituindo-os de valor para esta encarnação e para todas as outras através do tempo e do espaço, das realidades paralelas, dos universos paralelos, das realidades alternativas, dos universos alternativos, de todos os sistemas planetários, de todos os sistemas de Origem, de todas as dimensões e do Vácuo.

Peço para ser libertado de todos os cristais, mecanismos, formas de pensamento, emoções, matrizes, disfarces, memórias celulares, idéias acerca da realidade, limitações genéticas, bem como da morte.

AGORA!

Segundo a Lei da Graça e pelo Decreto da Vitória! Pelo Decreto da Vitória! Pelo Decreto da Vitória! Conforme a vontade do Espírito, peço para Despertar!

Conforme a vontade do Espírito, estou Desperto!

No princípio, EU SOU O QUE SOU!


Compreendendo o processo dos Apelos
A verdade existe; ela se manifesta em todos os planos, quando uma pessoa está em condições de captá-la dos planos e esferas nos quais os Seres Divinos atuam em determinada época para distribuí-la amplamente sobre a terra e seus habitantes.
A eficiência dos apelos depende da proporção de sentimento e convicção que através deles são liberados, como também depende da nitidez das imagens que se imprimem na mente. Isto, realmente representa o modelo através do qual se dissolve a energia física.``
SAINT GERMAIN
O Sétimo Raio

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Oremos sempre que puder em prol do nosso querido planeta para todas as entidades possam juntas emanar sua energia maravilhosa para cura deste planeta e de seus filhos!!!

Lokah Samastah Sukhino Bhavanthu

"Que todos os seres sejam felizes"


 

 

 

 

© 2019   Criado por Fatima dos Anjos.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço