"Sua dor, sua doença, seu desconforto presente, não é nada para se envergonhar. Não é um sinal de seu fracasso, nem um castigo, nem uma prova, nem mesmo 'má sorte'. Não é nem o sentido nem o significado de sua vida. Mas contém uma grande inteligência e poder de cura. Se você sabe onde, e como procurar.Vamos começar pelo começo.

 

Você está experimentando a dor em seu corpo. É intenso e desconfortável. Você tem ido a muitos médicos, curandeiros,terapeutas, especialistas em auto-ajuda. Você já tentou a medicina ocidental, as terapias alternativas, a energia de cura, meditação, cânticos, mudar sua dieta, drogas, experiências espirituais alucinantes, transmissões de gurus, orações, retiros, hipnose. Você já tentou o pensamento positivo, entorpecendo a sua dor, ignorando sua dor, dizer "não" a ela; você já tentou ser "consciência pura" ou uma "testemunha independente '... Mas a dor ainda está aqui, e parece que ninguém pode ajudá-lo agora. O que você pode fazer?

 

Você vai continuar procurando uma solução, uma terapia que funciona? Coloca suas esperanças em um futuro que pode ou não vir? Ou você vai desistir agora e simplesmente aceitar que não há nada que você pode fazer?

 

A resposta pode estar bem no meio, como a maioria das respostas reais estão.

 

Veja, talvez a sua dor tenha algo para lhe mostrar, coisa que o prazer, ou a ausência de dor ou mesmo "conseguir o que queria", nunca poderiam fazer. Talvez por isso a dor esteja aqui, para revelar o seu verdadeiro caminho. Não para destruí-lo, mas para "focar" você. Para revelar uma coragem, compaixão e equanimidade em si mesmo que você nunca imaginou ser possível. Para te tornar mais humilde, para trazê-lo para um lugar de gratidão, e de calma.

 

Então reformulemos a questão inicial: "Como posso ser livre de dor agora?", por: "Existe alguma inteligência nesta dor? Existe um convite mais profundo aqui? Há uma lição presente nessa minha dor? Existe algo que desejo que se cumprida? Algo até então escondido, algo que agora quer se fazer conhecido? "

 

Me diga o que é pior? Você ou a sua demanda para estar livre da dor agora?

 

O que é pior? O momento-a-momento, sensações físicas no corpo, ou a sua guerra contra eles?

 

O que é pior? A dor ou a sua frustração e desespero de que a dor "ainda está aqui" e "não desapareceu ainda"?

 

O que é pior? A dor ou a sensação de que você está preso dentro de seu corpo, que você se decepcionou com o organismo?

 

O que é pior? O seu próprio corpo, ou suas esperanças e sonhos despedaçados pela dor?

 

Você pode querer explorar o que realmente está causando a maior parte do seu stress, depressão e medo. É o stress ou a sua atitude para com ele que causa a dor? Você pode achar que há um mundo de diferença entre a dor física, e seu sofrimento e tristeza em torno da dor. Você pode achar que você realmente sente muito pior quando você pensa sobre a sua dor, reflete sobre isso, cria e fica obcecada por ele. Quando você pensa sobre a dor de ontem ou ausência de dor, quando você imagina a dor futura, quando você fantasia sobre a dor que nunca vai embora, imaginando que ela acabará por matá-lo; quando você pensa em todas as coisas que você fez de errado - você está sofrendo, e esta é a parte desnecessária. Todos esses são pensamentos, imagens, ideias, sugestões, perspectivas, memórias, fantasias - e não a realidade viva do momento presente.

 

Quando você desconecta do momento presente, e mergulha em sua história SOBRE a sua dor, você pode achar que os sentimentos de frustração, medo, raiva e até mesmo transtorno começam a acumular-se. Você começa focando tantas coisas que você não tem controle direto agora. Você sonha com um passado quando estava livre da dor, e fica lembrando em como voltar para lá ( não é possível ). Tudo era tão bom... Você acha que a sua dor está impedindo você de fazer o que você quer fazer, faz você parar de viver a vida que você tinha planejado... Você imagina um futuro cheio de dor e desconexão...

 

E você começa a sentir-se impotente, e terrivelmente desapontada, e até mesmo cheia de raiva contra a vida, o universo e tudo mais. Esta não era a vida que você esperava ou imaginava; a vida que havia sido prometida a você. Você se concentra em todas as coisas que você não pode fazer mais, todas as coisas que não existem mais, todas as coisas que você perdeu, todas as coisas que nunca mais voltarão. Você culpa a sua dor por arruinar sua vida. Você se sente tão longe da cura, do amor, da sua verdadeira vida; tão desconectada do seu corpo, de modo isolado, solitário...

 

Você já tentou de tudo, tudo, menos o óbvio: aceitar a sua dor, estando presente com ela, hoje.

Agora, vamos ser claros sobre isso: a aceitação não significa desistir da possibilidade de que a dor diminuia ou mesmo desapareça amanhã, ou na próxima semana ou no próximo ano. Significa apenas que sua paz não é mais dependente ou não disso acontecer.

 

Você está recuperando a sua felicidade, hoje, não importa o que o futuro traz.

 

Aceitando a sua dor não significa renunciar a si mesma para o destino, sendo uma vítima da vida.

Muito pelo contrário!

Significa a saída de todos os seus pesadelos e histórias baseadas no medo do passado e do futuro, e se alinhando como e onde você está hoje. Significa ser uma aliada do hoje, e não a sua vítima. Significa dizer SIM para onde você está agora, mesmo que 'onde você está' não é onde você esperava que fosse. Significa estar em profundo contato com este momento, com este corpo e seu potencial de cura, com o chão em que você está, com todo um universo como ele dança. Isso significa admitir que você não está no controle desse cosmos, e que há uma inteligência mais profunda presente aqui, trabalhando, infinitamente mais sábia do que este pequeno ego humano.

 

Isso significa admitir que você não pode saber o que a próxima cena do filme de sua vida será. Significa a saída da história do tempo e do espaço. Isso significa confiança e começar a agir a pertir de um lugar de confiança. Isso significa apoiar-se na criatividade do momento; estar aberta à conexões inesperadas, soluções, respostas, e sim, alegrias.

 

Quando você luta contra a sua dor, quando você age a partir dela, você se torna uma vítima porque você está permitindo que ela tenha poder sobre você, permitindo que o seu contentamento seja diminuído por causa disso. Você está dando energia à dor, através de sua resistência a ela, através de seu foco na tentativa de se livrar dela, tentando escapar e mesmo tentando "curar" isso.

 

Há violência aí. E como você viu, a sua tentativa de se livrar de sua dor não conseguiu nada até agora; sua resistência não levou à verdadeira cura. Essa guerra só cria mais e mais separação entre você e seu corpo, separação da presença que você é, te separa da paz, separa dos seus entes queridos, da gratidão, da inteligência do momento - que é a fonte da verdadeira cura. E também esgota você, esgota seus estoques de energia.

 

Pense em toda a energia que tem desviado para essa guerra entre você e a dor - energia que poderia ser usada para alimentar-se, e curar-se. Quando você cai na dimensão de recepção, você está podendo ver agora a dor como uma aliada, um guia, um professor, não é uma ameaça à sua vida, a dor, a doença se tornam um caminho.

 

O SIM é a sua recuperação de energia, e não a sua passividade. Você está liberando algo desnecessário, e não se tornando uma vítima ou tolerando algo indesejado.

 

Você sai do seu pensamento-história "a dor deveria ter ido embora" ( você não pode saber isso ) ou "a dor nunca vai embora" ( você não pode saber isso ). Tudo isso são pensamentos do passado e do futuro, pesadelos e sonhos.

 

Você para de comparar onde você está com o local onde você queria estar. Você para de criar a imagem de "ausência de dor", e você para de comparar este momento com essa imagem. Você soltou a história "Eu deveria ter vivido de forma diferente - Eu criei essa dor - Eu sou o culpado". Isso é rebobinar o filme da sua vida, e você não tem poder nesse sentido também. Você remove o fardo do tempo, tornando-se presente neste momento. Presença é a sua verdadeira fonte de poder - e, finalmente, de cura.

 

Você pára de focar em todas as coisas que você não pode fazer agora, todas as coisas que não são possíveis a você fazer agora. Esse foco na falta e na ausência e "no que não está aqui 'só vai fazer você se sentir mais deprimida e impotente e desligada. Você volta seu foco para o que você pode fazer, para o que você é, o que está presente, o que não foi perdido, o que ainda é possível, para os dias de hoje, para todas as coisas que a dor não pode tocar. Todas as coisas que fazem sua vida valer a pena. Todas as coisas que, mesmo com a dor, continuam presentes nas sua vida. Talvez a coisa toda seja um apelo à simplicidade radical.

 

Você se torna curiosa sobre onde você está agora - esta cena é o presente no filme de sua vida. Você se torna fascinada com esse momento, com o que é vivo, e onde você está. Esta respiração. Essas sensações. O sentimento da terra sob seus pés. O som de um pássaro cantando. Uma cena que você observa da janela. E a dor está aqui também.

 

Você percebe em você o desejo de que a dor vá embora - você não fazer disso um inimigo. Você percebe um desejo profundo de estar livre da dor, para escapar para algum outro tempo ou lugar. Você percebe uma frustração, uma decepção que a dor ainda esteja aqui, que ainda não evaporou. Você não luta com esses pensamentos ou sentimentos; observe-os, continue curiosa, conectada com o momento que você começa a permitir que esses sentimentos dentro de si mesmo também aconteçam, sem se misturar com eles.

 

Assim, você sai de sua mente e entra em sintonia com seu corpo. Você sente a respiração, o movimento dela, o ritmo, seu imediatismo, a sua presença. Você sente como a respiração sobe e desce como uma onda em um vasto oceano. Você sente a barriga se expandir e contrair. Você sabe que você está aqui, neste momento. Fundamentada, presente e viva. Um exploradora corajosa. Disposta a investigar, e sem se apressar a nenhuma conclusão.

 

Você sai da história de sua dor, a narrativa da dor de ontem e de amanhã, a memória da dor do passado e da antecipação de futuras dores. Isso é tudo tão avassalador, quanta história. Pare de pensar SOBRE a sua dor agora, e realmente se comprometa a atender a sua dor no momento presente.

 

Volte às sensações físicas do corpo. Por um momento, abandone a palavra "dor" ( uma palavra muito pesada, sólida do passado ) e diretamente explore e sinta as sensações físicas, que constituem a sua experiência presente de dor. Será que o corpo se sente apertado, frouxo, frio? Pode ser pesado, faminto, febril, quente?

 

Agora, um passo adiante, deixe cair ainda estas palavras, e volte para as sensações reais, sem rotulá-las, com um espírito de curiosidade e abertura. Apenas sinta, e observe, sem rotular, sem nenhuma explicação. Lembre-se, você não está tentando se livrar das sensações, detê-las, fazê-as ir embora, ou mesmo curá-las. Está ficando muito perto, trazendo sua atenção e escuta suaves e o calor da sua presença para cada parte do seu corpo que está implorando por sua atenção.

 

Mantenha sua exploração. Você pode encontrar um "centro" para a sua dor? A sua dor tem um limite? Será que ela pulsa ou vibra? Experimente com a tentar mover a sua atenção para o núcleo de sua dor. Se as sensações começam a mover-se, siga-as no corpo.

 

Se ficarems mais intenas, tudo bem - permaneça presente, atenta e curiosa. Se elas começam a dissipar-se, expandir-se, suavizar-se, maravilhoso - fique por perto, atenta. Não espere nenhum resultado particular, mas permita que o que acontecer seja visto por você. Qualquer expectativa, quando segura por muito tempo, pode levar à decepção em face da realidade. Observe, simplesmente. Tudo o que aparecer, acolha, e deixe passar.

 

Se desejar, você pode experimentar uma brincadeira com a sua respiração.

Como você respira, sinta ou imagine o ar da sua respiração fluindo para a área desconfortável, infundindo-lhe vida e oxigênio. Você está dignificando aquele lugar em você. Você está lembrando que ele tem o direito de estar aqui também; o direito de ser incluído na respiração e no corpo e não excluídos. É muito amoroso se respirar conscientemente na dor, isso faz com que se evapore a divisão ilusória entre você ( consciência ), a respiração e o corpo.

 

Em vez de contrair em torno da dor, contraindo-se em torno dela, você está respirando dentro dela, inundando-a com amor, a respiração é vida. Você está honrando a presença da dor agora, ao invés de esperar por sua ausência no tempo. Você está lhe dando um OK! profundo no coração da experiência. Você não está tentando fazer a dor ir embora, mas explorando a natureza da sua aparência.

 

Você pode começar a notar que, como tudo na vida, a dor não é sólida, mas uma massa amorfa de sensações, mudando de momento a momento. Às vezes você vai realmente olhar e achar que a dor não está lá. Às vezes, com atenção e gentileza, uma dor intensa vai amolecer, dissipar, relaxar, se tornar menos nítida, mais difusa. Às vezes, a dor pode ficar bastante intensa. Às vezes você vai ser tão absorta em outra coisa - uma peça de música, uma conversa, uma caminhada na natureza, uma meditação, um belo sonho - que você vai esquecer sua dor está mesmo lá. ( A dor está lá quando você não está ciente dela? ). Você pode aprender a valorizar esses momentos.

 

Sua experiência real de dor está constantemente mudando, evoluindo, mudando, nunca é a mesma duas vezes.

 

A história "Eu estou com dor" ou "A dor é constante", muitas vezes nem sequer começar a descrever a realidade viva, momento-a-momento de dor. Lembre-se, a partir da perspectiva do momento presente, não existe tal coisa como "sempre", "nunca", nem mesmo 'constante'. Não há ontem, nem amanhã. Há somente agora. Agora é tudo o que você está lidando.

 

Você pode ver a sua dor como um inimigo, essencialmente, "ruim" ou "errado" ou um "erro", ou você pode vê-la como um aliada na sua exploração corajosa da vida. Muitos têm de acordar do sonho de não sofrer, apesar da dor, mas por causa da dor.

 

A dor lhes ensina a abrandar e prestar atenção às partes de si mesmos; elas podem nunca receber atenção de outra forma. Ela ensinou-os a sair das histórias do passado e do futuro, e inclinar-se para o momento presente. Ela ensinou-os a respirar, explorar, e a ser grata pelas pequenas coisas. Para se tornar suaves, mas poderosos. Para se concentrar no que é realmente importante na vida. Para valorizar o dia, para ver a preciosidade em cada encontro; seja um momento de alegria, momento de tristeza, sempre é um momento de se fazer amizade com tudo - até mesmo as suas decepções, até mesmo os seus medos, até mesmo os seus momentos de desespero. Ensinou a sair dos sonhos de 'o que poderia ter sido', e acordar para a realidade 'daquilo que que é '.

 

Para muitos, a dor lhes ensinou a humildade; ela abriu o seu ego, e partiu em mil pedaços todos os seus sonhos ultrapassados de espiritualidade, e os trouxe a um lugar de entrega e amor, aqui e agora. Ela obrigou-o a passar pelo seu verdadeiro caminho. Ironicamente, ela ensinou-lhes o verdadeiro sentido da cura.

 

Se você parar de se comparar, meu amigo, minha amiga, você pode encontrar presentes e ensinamentos ocultos em sua experiência única de dor. E a sua intenção pode mudar - de se livrar da dor, para ouvi-la, estar aberto à sua presença, querendo saber o que está ela lhe pedindo. Você pode mover-se da violência e do desespero, para a gentileza, a aceitação, a calma e a paciência. Você pode começar uma conversa amigável com a sua dor.

 

A dor pode destruir você, ou ela pode concentrar você, te tornar mais atento, mais focado. Ela pode levá-lo mais profundo no sono e na depressão, ou pode acordá-lo. Ela pode transformá-lo em uma vítima, ou ela pode ajudá-lo mais do que nunca, a se sentir mais poderoso, mais alinhado, mais conectado com a sua verdadeira vida.

 

Não estou dizendo que você deve tentar 'gostar' da sua dor. Isso não é realista. Eu não estou dizendo que você deva se tornar um masoquista ou um guerreiro destemido. Isso é desnecessário. Não estou mesmo dizendo que você deva desistir de procurar um médico, um curador, um terapeuta, um amigo que possa ajudá-lo a dar-lhe uma outra perspectiva sobre a fonte de sua dor.

 

Eu estou pedindo que você - enquanto isso, por hoje, pelo menos - ouça a sua dor, e encontre a inteligência nela. Para sair dos pesadelos e histórias baseadas no medo que cercam a sua dor; estou pedindo para parar de pensar muito em sua dor, e tentar um pouco de gentileza, e exploração. Lembre-se de que a aceitação não pode fazer a sua dor piorar. Ela só pode levá-lo mais profundamente ao grande mistério da cura.

 

E um dia, que pode não ser tão longe assim, você pode olhar para trás e agradecer a sua dor por mantê-lo ligado à terra, curioso, atento e aberto.

Você pode perceber que a sua dor não foi na verdade 'pedras no seu caminho' - e sim que, a dor realmente era 'parte do seu caminho', e foi de todos, o seu maior mestre."

Jeff Foster

Exibições: 243

"Permaneçam unos com a vossa Essência Espiritual. Somente Ela, poderá mostrar-lhes os novos rumos a serem seguidos por cada um!"

                     

"Que a eterna luz do sol te ilumine, que todo o amor te envolva, e a luz verdadeira, no teu interior, guie o teu caminho para casa."Bênção Sufi

 

 Possa o bodhichitta, precioso e sublime, surgir onde ainda não está; E onde surgir que não decline, mas cresça e floresça cada vez mais para o benefício de todos os seres sencientes.

Padma Bhavam significa Morada do Lótus. O lótus é uma flor que cresce da escuridão do lodo abrindo sua flores somente após ter-se erguido além da superfície. Se o impulso para a luz não estivesse adormecido na semente profundamente escondida na escuridão da terra, o lótus não poderia se voltar em direção à luz. Da mesma forma, cada um de nós carrega dentro de si esse impulso para a vida e para a autorealização.

 

NAMO KUAN-SHIH-YIN PU-SA A PRONÚNCIA NAMÓ GUAN-CHEER-IIN PUSSÁ O SIGNIFICADO Eu Chamo pela Bodisatva Kuan Yin, Aquela que vê e ouve o sofrimento do Mundo.

 

CONFRATERNIZANDO A nossa proposta é integração e união. Por isso sugerimos aos integrantes deste Portal que passem pelos perfis dos membros recém chegados, para dar boas vindas, trocar mensagens e convidá-los para uma relação de amizade. Parabenize os aniversariantes... Ingressem nos Grupos e participem!!! Nos Grupos encontramos muitas pérolas postadas em forma de mensagens, apostilas ... que colaboram para o engrandecimento de nossas almas, aprimoramento e crescimento do nosso ser. Gratidão! Fatima dos Anjos

http://www.twitter.com/portalarcoiris  

 

 



“O corpo conhece o tato; a língua, o paladar; o nariz, aromas; os ouvidos, sons; os olhos, formas; mas os homens que não conhecem o profundo Si Mesmo não captam esse supremo.” Mahabharata

"Duvidem de tudo. Encontrem sua própria luz". (Siddharta Gautama) 

"Não crie sofrimento Pratique virtude Seja senhor de sua mente (Bhuda)

 


"Faça uma nova fôrma para você com o poder da sua vontade. Aqueles que se superaram, vivem em paz, tanto no calor quanto no frio, no prazer quanto na dor, no elogio como na crítica. Para eles, um punhado de terra, uma pedra e ouro, são o mesmo. São imparciais e por isso se elevam a grandes alturas" Krishna

 

 


PAI NOSSO...

Que estás em toda harmonia do universo.

Santificado seja sempre o teu santo e sagrado nome.

Venha a nós o teu reino...

E que se cumpram as tuas leis, na terra e no espaço.

E em todos os mundos habitados...

Dá-nos hoje, o pão do corpo e o pão da alma.

Concede-nos a benção da saúde,do trabalho.

Perdoa as nossa ofensas.Assim como nós devemos amar e perdoar, a quem nos tem ofendido...

E não nos deixes sucumbir ás tentações.

E inspira-nos a combater o mal.Enviando-nos um raio da tua LUZ para nos orientar e guiar.

No caminho que a TI conduz.

Pois TU és o Poder e a Glória...

Amém!



INVOCAMOS AS ENERGIAS DO GRANDE SOL CENTRAL
A GRANDE FONTE ILUMINADORA DO AMOR

INVOCAMOS AOS ELOHINS…OS ANJOS QUE NOS ILUMINAM… E AOS QUATRO PILARES DOS FILHOS DA LUZ …
SANAT KUMARA, METATRON, MIGUEL E MELCHIZEDEK

INVOCAMOS AOS SERES DAS ESTRELAS QUE COM ASHTAR,
ELEVAM E APOIAM NOSSOS ESFORÇOS

INVOCAMOS A SHAMBALLA E AOS MESTRES ASCENSIONADOS
QUE GUIAM E NUTREM ESTE ENCONTRO DE ALMAS,
SERES DAS ESTRELAS E MESTRES ENCARNADOS
A DEDICAR SUA INTENÇÃO PARA ELEVAR A TODA VIDA PELO AMOR

INVOCAMOS A MÃE MARIA, KUAN YIN E A MADALENA
PARA ENCHER NOSSOS CORAÇÕES COM HUMILDADE E COMPAIXÃO

INVOCAMOS A NOSSA MAGNA PRESENÇA EU SOU A TRAZER NOSSOS DONS, VISÃO E OFERTAS EM
UMA UNIDADE DE PROPOSITO CENTRADA NO CORAÇÃO PARA CRIAR CLARIDADE
,DIREÇÃO DIVINA E AMOR MANIFESTADO,

EU SOU O QUE SOU
UM SER DE LUZ CONECTADO A LUZ!

A FORÇA DE VONTADE – A ALAVANCA QUE MOVE NOSSA VIDA Cada consciência que reencarna no plano terrestre tem como propósito primordial buscar sua evolução espiritual, aprendendo com as lições que a vida lhe traz. Apesar do esquecimento temporário que passa quando para aqui vem, internamente traz consigo um sentimento de que algo tem a fazer.
Passam-se os anos na vida terrena e isso pode variar de indivíduo para indivíduo, que o sentimento se torna mais forte, até que em determinado momento à ânsia de saciar o espírito fala mais alto e intuitivamente sente que a necessidade da busca a respostas para certas indagações lhe trará a tranqüilidade interna que tanto necessita.

A vida, no entanto é uma escola, cheia de obstáculos e desafios que incentivam o desenvolvimento das potencialidades, que auxiliam o ser na busca do crescimento espiritual.

Uma dessas potencialidades é à força de vontade, a alavanca que põe em movimento nossas ações, gerando atitudes que permitem que aquele que deseja seguir adiante, com o propósito de buscar conhecimento, possa ultrapassar todas as barreiras que por ventura encontrar pela frente.

Há consciências, que por lhes faltar a força de vontade não conseguem caminhar por muito tempo nesta busca, preferindo deixar mais para frente, adiando assim, o que realmente vieram aqui fazer, continuando a sua vida material, sem compreender que nem só de pão vive o homem, pois o homem é matéria e espírito.

Porém, o sentimento foi apenas abafado, pois chega um momento que a insatisfação fala mais alto. O que se buscou no mundo das ilusões não trouxe o alimento necessário para o espírito, pois a personalidade egóica não estava sintonizada com o propósito da alma.

A busca do ser recomeça. Bate-se em porta em porta buscando conhecimento, buscando a paz. Nesta caminhada adquire experiências e através do conhecimento passa a compreender que a tranqüilidade se alcança quando os sentimentos, os pensamentos e as atitudes são alimentados pela energia do amor. Quando já se consegue discernir o certo do errado, do que lhe traz a paz e o que lhe causa dor, escolhendo assim, o que prefere se alimentar.

No entanto, para todo aquele que se coloca como peregrino a caminho da Luz, encontra muitos obstáculos, pois a porta é estreita e poucos são os que perseveram por faltar à força de vontade.

O contato com o ser interior, a fé e a confiança que está no caminho correto, que sabe o que quer e para onde deseja seguir é que fará com que a força de vontade, esta força que impulsiona o ser seguir adiante, o auxilie a conquistar o objetivo. Nada se conquista sem o uso dessa força e perseverar no que se acredita ser o melhor é o caminho para conquistar um troféu. O troféu da satisfação de ter alcançado sua meta.

APARECIDA

"Quanto maiores somos em humildade, tanto mais próximos estamos da grandeza." Tagore

"O reino de Deus está dentro de vós". (Jesus)

“Toda vez que a Justiça Divina nos procura no endereço exato para execução das sentenças que lavramos contra nós próprios, segundo as leis de causa e efeito, se nos encontra em serviço ao próximo, manda a Divina Misericórdia que a execução seja suspensa, por tempo indeterminado.” (Emmanuel / Chico Xavier - Perante Jesus cap. 4 - Remuneração Espiritual)

Salmo 23
1. O SENHOR é o meu pastor; nada me faltará.
2 Deitar-me faz em verdes pastos, guia-me mansamente a águas tranquilas.
3. Refrigera a minha alma guia-me pelas veredas da justiça, por amor do seu nome.
4. Ainda que eu andasse pelo vale da sombra da morte, não temeria mal algum, porque tu estás comigo a tua vara e o teu cajado me consolam.
5. Preparas uma mesa perante mim na presença dos meus inimigos, unges a minha cabeça com óleo, o meu cálice transborda.
6. Certamente que a bondade e a misericórdia me seguirão todos os dias da minha vida, e habitarei na casa do Senhor por longos dias.

Saber viver, por Cora Coralina

Não sei... Se a vida é curta Ou longa demais pra nós, 

Mas sei que nada do que vivemos Tem sentido,

se não tocamos o coração das pessoas. Muitas vezes basta ser:  

Colo que acolhe,  

Braço que envolve,  

Palavra que conforta,  

Silêncio que respeita,  

Alegria que contagia,  

Lágrima que corre,  

Olhar que acaricia,  

Desejo que sacia,  

Amor que promove.  

 

E isso não é coisa de outro mundo, É o que dá sentido à vida.

 É o que faz com que ela Não seja nem curta, Nem longa demais,

Mas que seja intensa, Verdadeira, pura... Enquanto durar.


A vida é uma peça de teatro que não permite ensaios. Por isso, cante, chore, dance, ria e viva intensamente, antes que a cortina se feche e a peça termine sem aplausos.
Charles Chaplin


"...Só aqueles que compreenderam que devem procurar o infinito, o ilimitado, o que está além do tempo e do espaço, se sentem vivos, porque a vida verdadeira é a imensidão, a eternidade. Nunca vos refugieis naquilo que é acessível, limitado: abarcai o infinito e a vossa alegria também será infinita. Será a felicidade, a luz, a força, o dilatar de todo o vosso ser."

Omraam Mikhaël Aïvanhov

 

 

 RIOS DE ÁGUA VIVA FLUEM DE VOCÊ

Você é o ponto do Universo pelo qual fluem “rios de água-viva”. Neste “ponto”, é sempre agora! Aquiete-se! Anule conscientemente a crença no tempo: você é um ser deste agora, sem passado e sem futuro!
Deus é Tudo! Onde Deus está, é exatamente onde VOCÊ está! Constate esta Verdade! Dê consciente testemunho dela! Rios de Água Viva fluem a partir de VOCÊ! Esta Substância, na verdade, é VOCÊ! É Deus, em Auto-suprimento perfeito, sendo VOCÊ!
Dárcio Dezolt

 

 PODEROSA ORAÇÃO EU SOU Fique tranqüila e saiba que Eu Sou Deus! Eu Sou Deus vivendo neste corpo como ( diga o seu nome). Eu Sou Deus totalmente livre vivendo neste corpo como ( diga o seu nome) Eu Sou a Poderosa Presença do EU SOU Eu Sou o mestre ascensionado ( diga o seu nome) Em nome da Amada Presença de Deus, o qual Eu Sou! Pelo poder de Deus, o qual Eu Sou. A poderosa Presença do Eu Sou é o meu verdadeiro eu! Eu Sou a Ressurreição e a Vida. Eu Sou a Verdade, o Caminho e a Vida. Eu Sou a encarnação do Amor Divino. Eu Sou a porta aberta que nenhum homem pode fechar. Eu Sou Deus em Ação. Eu Sou o cetro de domínio, a Chama que nunca se apaga, A Luz deslumbrante e a Perfeição Divina manifestada. Eu Sou a revelação de Deus. Eu Sou o batismo do Espírito Santo. Eu Sou o ser ascensionado que desejo ser agora. Eu Sou a realização de Deus. Eu Sou uma porta aberta a toda revelação. Eu Sou a Luz que ilumina todos os lugares no qual eu entro. Eu Sou a Presença de Deus em ação hoje. Eu Sou Aquele que Sou. Eu Sou a libertação eterna de toda imperfeição humana. Eu Sou a Presença que preenche o meu mundo com Perfeição neste dia. Eu Sou um corpo invencível de Luz. Eu Sou a Luz que ilumina todo ser humano que vem ao mundo. Eu Sou a Vitória na Luz.

 

 

 

EU SOU VOCÊ..... Não sou um sábio pensador, Porque SOU A SABEDORIA. Não Sou aquele que tráz para todos o Amor. porque Sou o Próprio Amor Não sou aquele que tráz a Vida porque Sou a própria Vida Não venho trazer a Verdade, porque em todas Verdades Eu Estou! Eu tenho todas as coisas e todas as coisas me contêm Eu Sou o único caminho para todos, você é único caminho para você,
Pois,sempre estive em você e você não sabia.
Eu Sou a tua Luz
e você é a Luz Viva que Eu sou.
Eu Sou o Pai e Sou o Filho,
Eu Sou um e Sou todos.
Eu Sou o Alfa e o Ómega
Eu Sou o Principio e o Fim.

Se tudo assim não fosse,
Eu não poderia dizer;
Eu Sou Você,
Assim como você sou Eu!!!!!!

ERGOM........

Paz ,Luz e Equilibrio...Namaste

 EU SOU EU SOU Aquele que te faz sonhar... EU SOU Aquele que te faz amar...... EU SOU a LUZ de tua Alma...... EU SOU a FÉ em teu coração...... EU SOU a ALEGRIA em teu ser...... EU SOU a VIDA que te sustenta.... EU SOU a FORÇA que jamais te deixará.... EU SOU Aquele a quem contastes... tuas alegrias e tristezas... EU SOU a ENERGIA que te impulsiona,... passo a passo, rumo a tua eterna... realização e vitória....
EU SOU...
A LUZ...
A FORÇA...
O AMOR...
A SABEDORIA...

EU SOU Aquele que há tanto tempo procuras....

Agora que Me encontrastes...
Dentro de ti, contigo e através de ti...
brilharei, confirmando a todos que tiverem...
olhos para ver a LUZ que um dia foi prometida...
e que em vão procuraram em templos de pedras...
em palavras que ficaram no esquecimento,...
bem como nos livros....

EU SOU a Poderosa ENERGIA...
que a todos e a tudo sustenta....

Em nome do AMOR decreto:...
VIDA, LUZ, AMOR E LIBERDADE...
em ti e em teu mundo...
Agora e Sempre!...

Eu, SOL, que em teu peito brilha...
EU SOU....

Trecho do Livro: "Mensagens dos Mestres - De Coração a Coração" M. Stella Lecocq

APELO

"Em nome de EU SOU O QUE EU SOU,
eu convido minha Presença EU SOU, esta parte de Deus em mim,
para estar comigo ao longo deste dia.
Eu peço, a minha Presença EU SOU,
para assumir o controle imediato de todas as minhas ações,
feitos, palavras, sentimentos e pensamentos.
Eu peço, minha poderosa Presença EU SOU
para agir através de mim ao longo deste dia,
para gerir minha vida.
Amém”.

 

A QUEBRA CONSCIENTE DE VOTO

Diga em voz alta:

Neste momento, estou quebrando todos os votos que fiz para viver a ilusão da inconsciência. Como portador da Luz de minha linhagem genética, quebro esses votos em meu nome e em nome de todos os meus ancestrais. Revogo e anulo esses votos destituindo-os de valor para esta encarnação e para todas as outras através do tempo e do espaço, das realidades paralelas, dos universos paralelos, das realidades alternativas, dos universos alternativos, de todos os sistemas planetários, de todos os sistemas de Origem, de todas as dimensões e do Vácuo.

Peço para ser libertado de todos os cristais, mecanismos, formas de pensamento, emoções, matrizes, disfarces, memórias celulares, idéias acerca da realidade, limitações genéticas, bem como da morte.

AGORA!

Segundo a Lei da Graça e pelo Decreto da Vitória! Pelo Decreto da Vitória! Pelo Decreto da Vitória! Conforme a vontade do Espírito, peço para Despertar!

Conforme a vontade do Espírito, estou Desperto!

No princípio, EU SOU O QUE SOU!


Compreendendo o processo dos Apelos
A verdade existe; ela se manifesta em todos os planos, quando uma pessoa está em condições de captá-la dos planos e esferas nos quais os Seres Divinos atuam em determinada época para distribuí-la amplamente sobre a terra e seus habitantes.
A eficiência dos apelos depende da proporção de sentimento e convicção que através deles são liberados, como também depende da nitidez das imagens que se imprimem na mente. Isto, realmente representa o modelo através do qual se dissolve a energia física.``
SAINT GERMAIN
O Sétimo Raio

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Oremos sempre que puder em prol do nosso querido planeta para todas as entidades possam juntas emanar sua energia maravilhosa para cura deste planeta e de seus filhos!!!

Lokah Samastah Sukhino Bhavanthu

"Que todos os seres sejam felizes"


 

 

 

 

© 2019   Criado por Fatima dos Anjos.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço