FALANDO COM OS DUENDES, ETC. (E ESCUTANDO, TAMBÉM)

Em primeiro lugar, algumas definições úteis. Nesta discussão, os duendes são um grupo variado, mas todos têm em mente uma coisa: criar uma coisa específica a partir de partes de outras coisas — ou seja, todos os tipos de produção. As fadas são seres que se transformam em coisas, em geral saúde (em sua definição ampla) e beleza. Os devas são seres que são coisas, em especial forças e elementos.

As demais diferenças quanto a termos (gnomos, kobolds, sílfides, ondinas, díades, ninfas e por aí vai) se devem a diferenças de idioma ou simplesmente preferência. O que chamamos duendes aqui alguns podem chamar fadas; o que chamamos fadas aqui em outro lugar podem ter o nome de devas, mas não faz diferença.

De nosso ponto de vista, existem apenas três classes principais de seres não-humanos, perfeitamente inteligentes, com freqüência astutos seres extradimensionais, essências e ajudantes. Todos trabalham no contexto do Ser Único, o Tudo Que É. Em seus melhores dias, nunca se esquecem do próprio significado no contexto de seu ambiente. Na pior das hipóteses, eles ficam tão isolados quanto qualquer ser humano em suas horas mais terríveis de dor, solidão e perda.

Gostaríamos de dar algumas instruções gerais sobre como falar especificamente com duendes. Fadas também, pois muitos leitores praticam jardinagem, e as fadas freqüentemente ficam nos jardins. As conversas com devas são para os que os buscam respeitosamente e com um propósito específico em mente, mas os duendes não se importam que simplesmente tagarelem com eles. E as fadas gostam ainda mais, porque acham os seres humanos muitas vezes muito engraçados (quando os seres humanos pensam que estão sendo sérios).

DEVAS


Os devas são o impulso para a vida presente nas grandes coisas: ar, água, fogo, terra, vento, clima, gelo. Cada área de terra tem um deva, desde o canto inesperadamente calmo escondido entre as árvores da rotatória do trevo de uma auto-estrada, até os devas dos mares (Báltico, Cáspio, do Norte e assim por diante). Quando vocês começarem a reconhecer a sensação transmitida pelos lugares, começarão a reconhecer os devas. Existem devas para todas as coisas interessantes: alegria, felicidade, tristeza, pesar, prazer, cura, comida. Existe um deva para a eletricidade, um deva para a comunicação. Os devas são as palavras da linguagem articulada do Ser Único — as intenções vivas, inteligentes, ativas por trás das manifestações essenciais.

O deva da água é um ser sensual, opulento, rico, vibrante, voluptuoso que ama a vida com tanta paixão que pode fazer viver todas as coisas. O deva local de qualquer clima apresenta caráter individualista, podendo ser alterado de forma bastante dramática pelas ações humanas. O deva de São Francisco (todas as cidades têm seus próprios devas, claro!) é um ser variado composto dos lugares da cidade, mas mostra beleza, congenialidade, liberdade e energia de forma muito firme no primeiro plano de sua mente criativa. Os bairros que formam as cidades e que estão deteriorados pela feiúra, desespero, iniqüidade e perigo têm um deva doente. O deva pode ser curado com meditações e orações, bem como ações honestas. Os bairros são limpos e revitalizados pelos que têm magia nativa suficiente para literalmente recriar o antigo deva ou gerar um novo deva por meio do sonho, dedicação e ação criativa.

As pessoas que ficam em bairros deste tipo para manter as energias positivas que antes havia ali quase sempre são mestres deva. Ou seja, elas foram avisadas pelos devas e receberam deles muito respeito, passando a ter capacidade de orientá-los. Como se consegue o respeito de um deva? Sendo o mais sinceros que puderem consigo mesmos‚ o mais amorosos que puderem, e ter um anseio, uma paixão, pelo que é íntegro. O que vocês conseguirem fazer com estas três idéias, por melhores que sejam nestas qualidades, será suficiente. A profundidade de suas comunicações com os devas depende de sua própria profundidade, sua própria paixão e sua própria capacidade de dedicação. O que vocês realizarem, receberão de volta.

Os devas amam quem os ama, assim como os seres humanos. Vocês podem literalmente ficar amigos de um elemento, como a água ou o fogo ou a chuva ou o vento. Esta amizade é expressa por meio da apreciação, deleite, prazer e respeito mútuos em relação à natureza um do outro. Quando vocês criam um lugar — uma lagoa, um jardim, um terraço com um banco, uma área para brincadeiras, uma piscina — vocês criam, no sentido de manifestar, um novo deva. Dêem-lhe as boas-vindas quando tiverem terminado, e sintam seu extravasamento de prazer ao ser reconhecido!

FADAS


As fadas são seres de luz. São elas que se transformam nas cintilações quando a luz do sol bate na água. São a emoção de existir quando uma flor desabrocha, quando um bebê de qualquer tipo nasce ou quando um novo jogo é inventado e jogado. As fadas são o meio pelo qual a alegria é transmitida dentro de um sistema ou de um ser físico. Sua alegria clara e cintilante é intensa e espontânea. Ao contrário dos devas e duendes, são virtualmente incapazes de fazer mal ao que quer que seja.

(Os devas dos elementos podem causar o mal, embora nunca gostem de agir assim. Também podem refletir o mal, como quando refletem a tristeza, desespero ou solidão de um lugar. Isso também acontece com os duendes, que podem se tornar daninhos, às vezes até malignos, quando passam a acreditar não existir outro modo de comunicar suas intenções ou manifestar os propósitos de sua existência.)

As próprias fadas são pontos de beleza. Ao reconhecer a beleza de uma coisa, lugar ou acontecimento, vocês reconhecem a participação das fadas. Elas adoram coisas alegres — festas de aniversário, sinfonias no parque, jogos, brincadeiras e risos. O brotar, desabrochar, abrir, a maturidade e as sementes de uma flor para elas podem ser tão ricos como toda uma vida humana. Elas acrescentam alegria ao sadio e restauram o cansado.

Fala-se com fadas, assim como com duendes, por meio de gestos. Quando vocês molham seu jardim, suas fadas locais ouvem seu cuidado. Quando vocês inspiram a felicidade de estarem vivos ao sol, no vento, entre os aromas da primavera ou verão ou inverno ou outono, elas rodopiam alegremente à sua volta, como minúsculos insetos rodopiam e dançam no ar no fim das tardes. Elas adoram os sons de coisas vivas, desde rãs até pássaros, passando pelo zumbido dos insetos. Quando vocês apreciam o que está vivo, comunicam essa alegria diretamente a elas, que respondem com pequenos afagos cheios de deleite. Adoram crianças de todos os tipos. Lembram-se de que quando eram crianças às vezes riam sem nenhuma "boa" (adulta) razão? As fadas estavam em sua aura, revigorando e avivando, fazendo reluzir sua beleza e rindo seus risos miúdos e poderosos de puro deleite.

Quando a pessoa é descuidada e desatenta ao lixo, ao próprio trabalho ou às próprias interações para com outras coisas vivas, elas ouvem a qualidade de seu alheamento, sua dor, talvez, ou sua apatia de espírito. Vocês podem pedir-lhes que os reanimem quando por um momento forem para fora. Podem pedir-lhes que renovem seu espírito quando se derem um momento sossegado. Embora as fadas prefiram de longe ficar ao ar livre, entram quando convidadas. Gostam de pequenas áreas de beleza: coleções de pedras ou cristais bonitos, uma fonte de mesa, um altar, uma coleção de plantas. Contudo, tendem a cair no sono se elas — ou a área bonita — não forem freqüentemente notadas. Ao tirar o pó de seu altar, vocês as despertam!

DUENDES


Duendes em geral são muito inteligentes, e normalmente bem pragmáticos. Eis a razão de existirem duendes para carros específicos, eles percebem que precisamos dos carros, e concordaram em nos ajudar a usá-los. (A idéia essencial de carro ou qualidade de carro é um domínio dévico.) Há duendes de casas, duendes de seminários, duendes da pintura (tanto artística como dos outros tipos), duendes da escavação, empreitada e construção, estaleiros, agricultura, fabricação de arreios, do ferrador de cavalos, da costura e outros mais. Eles tendem a trabalhar melhor com uma pessoa de cada vez, especialmente quando essa pessoa estiver às voltas com uma tarefa específica. Podem ser encontrados em pequenas fábricas, lojas, mercados e coisas assim, mas quando um lugar de criação fica muito grande, eles em geral tentam decompor o todo em partes que possam ser controladas ou dar o todo a um deva.

Quanto a falar com duendes, os seres humanos o fazem o tempo todo. Vocês nem sempre prestam atenção ao que dizem, mas eles estão ao redor para ouvir. Eles não têm opiniões sobre o que vocês chamam este ou aquele equipamento "difícil" ou impossível, e muitas vezes tentam atender suas preferências quanto a ele, às vezes com resultados desastrosos.

Agora, não queremos com isso condenar o fato de vocês expressarem sua raiva com uma, duas ou várias imprecações. Contanto que fique claro a vocês e eles que vocês estão desabafando, podem chamar a coisa com que estão trabalhando de qualquer nome. A maneira de impedir que estes nomes peguem é se desprender o máximo possível da raiva quando se sentirem aliviados. Então a raiva se transforma em energia livre que é acrescida ao sistema. Esta energia livre pode ser usada com eficácia pelos duendes, embora isso às vezes seja complicado!

Contudo, se vocês se apegarem à raiva, levando-a para dentro, onde se transformará em desprezo pelo que está à sua volta, então ficará muito difícil para eles trabalhar com vocês. Afastar-se do problema (de preferência saindo ao ar livre para que as fadas possam reanimá-los) é em geral um boa estratégia, porque purifica o espaço e permite aos duendes trabalhar da maneira que eles já sabem. A raiva, como sabem, é grudenta. Pode ser maravilhosamente útil ou irritante como a melhor cola do mundo.

Os duendes adoram trabalhar com as pessoas individualmente. Aquela antiga história dos Duendes e do Sapateiro é mais verdadeira do que se pensa. (O único detalhe oculto é que o "sono" do sapateiro era, na verdade, um estado alterado de consciência.) Contudo, eles não se importam de serem tratados coletivamente. Ou seja, não ficam ofendidos quando vocês dizem: "Ei, caras, onde está o alicate de ponta fina?" Eles então fazem o possível para atrair sua atenção à área para a qual devem olhar, dando aos músculos de seu pescoço o impulso para virar sua cabeça em certa direção, digamos, ou lhes dando a idéia de sair da sala, de forma que quando entrarem novamente, em conseqüência da mudança de sua perspectiva, vejam a ferramenta perdida.

Os duendes que ajudam os seres humanos a criar coisas estão ali para fazer mais do que encontrar ferramentas perdidas. Ajudam a manter estável sua energia e evitam que sua concentração se torne tensão. É verdade, se vocês estiverem frenéticos, ansiosos ou apavorados por causa de prazos finais, eles não podem ajudar muito. Quando vocês perdem a cabeça, mal conseguem se ouvir pensar, muito menos prestar atenção a qualquer sugestão vinda deles. "Já para fora com as fadas!" os duendes talvez se riam, e se vocês puderem sair por certo tempo, as coisas provavelmente melhorarão.

Os duendes mudam de forma, não apenas quando estão trabalhando em aspectos diferentes de um projeto, mas simplesmente por ser divertido. O duende clássico, cheio de mesuras com o chapeuzinho e tudo mais, é uma forma que eles podem assumir, mas em geral são muito mais imprevisíveis quanto a suas formas — tão imprevisíveis, de fato, que os seres humanos têm dificuldade de vê-los, quanto mais acreditar que estejam ali. No entanto, se vocês forem um pouco sensíveis, se conseguem sentir as presenças de outras pessoas e seres mesmo sem vê-los ou ouvi-los, então é bem provável que identifiquem com bastante exatidão o fato de os duendes estarem ali. O que sua mente consciente faz com esta percepção inconsciente depende de suas crenças, claro. Porém, sistemas e seres vivos sempre têm consciência uns dos outros.

Vocês podem falar com os duendes por meio de suas ações. E realmente o fazem, quer tenham essa intenção, quer não. (Eles ajudaram a inventar a frase: "Suas ações falam tão alto, não consigo ouvir uma palavra do que dizem.") Para eles, promessas não são comunicação. Ação, em especial a ação criativa, sim. Quando vocês fazem algo belo ou algo que pode contribuir para a paz (como um caramanchão sobre um banco, um altar ou um caminho de pedra), então vocês estão se comunicando diretamente com os duendes. Suas ações dizem: "Estou comprometido com este lugar onde moro ou trabalho. Estou aqui para criar para mim, sim, mas também a bem da alegria espontânea proporcionada pela beleza. Posso até ter intenção de me tornar um artesão, alguém que aprende e então difunde o aprendizado desta criatividade específica. Mas mesmo que eu só faça este caminho ou só este balanço na varanda ou só esta decoração de Natal, desejo dar minha contribuição ao mundo. Venham me ajudar a contribuir com a totalidade do mundo!"

Eles ficam encantados com esse tipo de mensagem. E dão uma resposta, sempre. Mas como os seres humanos há muito se esqueceram de que podem se comunicar com seres vivos que não conseguem enxergar, quando entabulam uma longa conversa, os duendes desenvolveram uma resposta quase infalível: pressentimento. Vocês poderiam chamá-la de impulso, palpite ou estranhas idéias, mas com freqüência são os duendes se comunicando com vocês.

Seu Eu Superior e seu outro guia conversam com vocês desta maneira também. Porém, as partes invisíveis envolvidas têm pouca dificuldade em saber de quem vem a idéia. Todos eles gostam muito mais de resultados do que de fama ou notoriedade!

Se alguma parte de um projeto não vai bem, ergam-se por um momento, respirem, e então sigam seu impulso. Se seu "impulso" estiver há muito tempo fora da ativa, vocês talvez acabem com um monte de respostas "erradas." Persistam. Quando vocês e seu guia e os de outras pessoas que estiverem trabalhando com vocês ficarem convencidos, por meio de suas ações, que vocês são sinceros em relação a tudo isso, eles continuarão a responder até as linhas de comunicação se abrirem totalmente.

Para os duendes, falar por meio de palavras é considerado tedioso demais para que se dêem ao trabalho de fazê-lo, especialmente quando outros métodos funcionam tão bem ou melhor. Os animais, por exemplo, não têm linguagem verbal, mas raramente há confusão sobre suas intenções, sentimentos e preferências. Os duendes operam do mesmo modo. Se puderem comunicar melhor o prazer que sentem com seu trabalho ajudando-os a encontrar suas ferramentas, fazendo-os virar os botões certos no momento certo, fazendo com que a terra deslize corretamente no carrinho certo ou que sejam encontradas as pedras exatas para as bordas da piscina, é assim que o farão.

Qualquer um que trabalhe com animais achará bem fácil trabalhar com duendes, pois está acostumado a uma visão não-verbal do mundo. O fato de vocês, seres humanos, às vezes acharem mais difícil de entender os animais do que os animais os entenderem mostra quão dependentes se tornaram da visão de mundo que adapta tudo ao contexto da linguagem. O "divórcio forçado" científico que tira a emoção da realidade experimentada e a "objetividade científica" que diz que somente os seres humanos sentem dor ou perda ou o que for, dificultaram de forma extrema suas inter-relações com a realidade viva à sua volta.

CARACTERÍSTICAS E ATITUDES NECESSÁRIAS


Existem duendes e devas que, tendo recebido permissão por meio de acordos prévios‚ ajudaram alguém a se tornar tão consciente, tão capaz de perceber e se comunicar, que realmente ocorrem intercâmbios bem duradouros. Os duendes, assim como os devas, admiram a honestidade para consigo mesmo, as fadas ficam aflitas em sua ausência. Contudo, eles não exigem total autoconhecimento para trabalhar com alguém. Vocês realmente precisam de estar bem curados para perceber, por exemplo, que estão negando sua realidade — então sejam suficientemente honestos para não cair na armadilha de que estar cônscio dessa negação é o mesmo que lidar com ela.

Agora, a vergonha muitas vezes cria negação, a negação do eu, que se evidencia no enganar a si mesmo, em projeções, dependências e uma ausência quase total de um sentido de impacto. Mas a vergonha tem muitas faces. Ter vergonha de uma sensação de orgulho lhes nega a autoria de suas próprias realizações, tirando assim seu poder de capacitação. A vergonha da sensualidade lhes nega um de seus guias mais poderosos — seus sentimentos. Essa vergonha, com seus julgamentos, trunca seu poder pessoal, restringindo a expressão de sua personalidade. Paradoxalmente, se vocês se permitissem ser totalmente sensuais, também ficariam inteiramente empáticos! A empatia, e não a culpa, vergonha, julgamento ou castigo, é o melhor guia para saber o que os outros precisam e a melhor maneira de agir "sem prejudicar ninguém."

Os devas, duendes e fadas podem ajudá-los a se tornar totalmente sensuais, e este tipo de comunicação os excita muito, enchendo-os de entusiasmo criativo! Ser livre, ser inocente, deleitar-se com a existência do mundo — tudo isso é seu direito inato como ser humano, e tudo isso é o tipo de sensualidade a que nos referimos. O fato de a igreja, a ciência e outras forças culturais terem aviltado, depreciado, limitado e satanizado a sensualidade é uma das causas da tristeza profunda do ser humano agora. Vocês anseiam a vivacidade da infância, mas quando essa infância é banalizada‚ rejeitada ou aviltada, então vocês temem voltar a ela. Temem parecer tolos e brincalhões. Temem acreditar em sua própria imaginação. (Claro que podem acreditar em sua própria imaginação!) Vocês se afastam do maravilhoso e se divorciam do momento.

Quando temem tanto a infância como a vida adulta, vocês permanecem adolescentes. Foi aí, segundo a opinião de muitos de nós‚ que o desenvolvimento de sua cultura foi interrompido. Parte disto evoluiu naturalmente, é o adolescente que se sente tanto inadequado como mágico. A criança é mágica, considera que as coisas estão diretamente relacionadas às suas necessidades. O adulto é (se tudo tiver corrido bem) autoconfiante. Sabe que pode adaptar-se ao que vida lhe apresentar e se haver com isso, seja sozinho, seja pedindo o tipo certo de ajuda. Mas o adolescente, que ainda não possui a visão mais ampla da experiência, acredita que um dispositivo ou substância exterior, mágica poderá curar suas deficiências. Quando assistirem a comerciais na televisão, perguntem a si mesmos: Que magia está sendo vendida aqui? Aprovação? Aceitação? Estão tentando lhes vender algo.

Sabem, os adolescentes acreditam em magia mas não querem admitir isso. As crianças são suas próprias convicções mágicas. Só os adultos podem aceitar a magia, criar com ela e saber que é real por meio de suas próprias experiências.

Acredita-se que os duendes, devas e fadas sejam todos mágicos. Eles são poderosos, sensuais, cheios de alegria e orgulho e diversão. Aceitando sua crença em sua própria magia e imaginação e em nossa existência, e então seguindo seus sentimentos, vocês poderão conversar conosco e escutar o que respondemos. Nossas "palavras" serão alegria, deleite e maravilhamento, serão realização, arte e beleza. Serão a sensualidade profunda, o sentimento da natureza essencial de cada coisa. Estas comunicações sem palavras nutrirão o espírito dentro de vocês e os ajudarão a criar a si mesmos na grandeza que sempre foi seu direito inato.

PEQUENA NOTÍCIA

Obehon e Outros, através de Francesca Thoman.

Sabemos de fonte muito boa que ocorreram várias mudanças benéficas e poderosas que estão rapidamente intensificando seu efeito. Em primeiro lugar, uma energia externa inimiga, um ser proveniente do Caos original, estava atrapalhando a humanidade (e a própria Terra). Esse ser, que perturbava muitas coisas e sistemas em muitos níveis, foi removido agora e nunca voltará. (Foi, de fato, totalmente obliterado.) Em segundo lugar, a Terra está isolada há milênios, desde que a rede entre as estrelas foi danificada, impedindo, desse modo, um imenso volume de comunicação psíquica, mental e espiritual. Essa rede está sendo reparada agora. Existem agora novas linhas de luz ligando as estrelas umas às outras, e todas a cada uma.

Os resultados variam. Alguns, já descritos por algumas pessoas sensíveis, se traduzem num aumento da luz interior e acesso mais livre a certas energias positivas que anteriormente estavam encarceradas. Para alguns parece haver mais alegria no mundo, e para outros a luz solar parece mais branda. As viagens interiores a outros mundos estão muito, muito mais fáceis. Já não teremos agora de dar um passo adiante, e a seguir dois para trás. Agora será o caso de um passo adiante — a seguir outro passo adiante e outro e outro. É parte da alegria à qual visam todas as orações, todo o trabalho de luz, todas as esperanças, sonhos e desejos.

Sim, ainda há inércia. Ainda haverá quem acredite que a violência é seu único meio de expressão; alguns se fecharão mais que nunca. Haverá os que terão medo da alegria, chegando até a odiá-la. Mas o equilíbrio afinal de deslocou.

Quem trabalha ajudando nas situações mundiais? Como nos ligamos a eles/os invocamos?

Obehon: Sempre haverá assistência. Muito já foi realizado, e em razão da volta à alegria, que mencionamos acima, foram reunidas forças poderosas que se deslocarão mais livremente agora. O amor e a vida, juntos no poder, tomaram a palavra, e grande parte do mal já foi removida. Conseqüentemente, a ação sincera alinhada à vontade da luz terá muito mais efeito. É verdade, os seres humanos (e outros) podem ser obtusos e teimosos, orgulhosos e odiosos, e por vezes perfeitos imbecis. Muitos vestiram como se fossem roupas convenções, repressão, ilusão e desonestidade para consigo mesmos. Se um deles se despisse de uma dessas coisas, iria se sentir apavorado por causa da crua sensação de liberdade. Não é bondade forçar alguém a crescer, por mais claramente que se veja o potencial para crescimento, é desrespeitoso impor até mesmo luz a uma alma relutante. Isso vocês sabem, cada um de vocês a partir de sua própria experiência.

Porém, existem seres capazes de ordenar que se altere a forma da realidade. Os arcanjos, certamente, e os devas iluminadíssimos. Existem Senhores da Ordem e do Tempo; há seres de luz; há deuses e deusas. Todos eles são capazes de invocar a manifestação de novas ordens de mudança e podem ser invocados para criar essa nova ordem de mudança. Pode-se ter como certo que sua sabedoria e amplos pontos de vista propiciarão perspicácia, instrução e apoio, bem como criação ativa.

Contudo, por mais que estes seres sejam capazes de carregar consigo, por mais que saibam e compreendam, raramente apresentam a mesma natureza que os seres humanos. Não são, apesar de toda sua visão, profundidade, poder e sabedoria, oniscientes; somente o Tudo Que É conhece a Si Mesmo como o Tudo que Ele é. Às vezes seres de grande poder e luz não têm a visão final de um problema. Talvez deixem passar o que é necessário, impedindo, assim, sua própria ação mesmo nas dificuldades que conseguem enxergar claramente.

O que fazer? Trabalhem nessa situação com eles. Não, não se espera que vocês dêem um jeito em toda a confusão que a humanidade já criou. Espera-se que vocês assumam responsabilidade por sua própria confusão.

Às vezes vocês escolhem assumir responsabilidade quando não causaram a situação. Ou seja, escolhem responder de maneira útil e criativa porque julgam que o correto é agir assim. Ao assumir responsabilidade, vocês agem confiando em seu poder. Porém, ao agir com os seres de poder e luz que conhecem, estão rematando o significado da situação e sua solução.

Já salientei este ponto: neste momento o passado não está criando o presente, tampouco o estão os antigos ritmos ou karmas ou barreiras ou censuras. Já não são as principais forças criativas. Não são o que está nos levando adiante, nem podem conduzi-los aos novos reinos de possibilidades. São vocês. Vocês podem.

Em resumo, vocês estão no comando. Essa é a passagem da terceira para a quarta dimensão, se quiserem: os seres humanos aprenderam o suficiente coletivamente, ousaram o suficiente, amaram o suficiente, para agir com base em seu próprio poder e criar sua própria realidade conscientemente, por intermédio de seus sonhos, desejos e arte interior. Com essa audácia, com esse poder do ser humano, pode ocorrer uma tremenda quantidade de curas.

Vocês não estão sós, longe disto! Há incontáveis seres a quem invocar. Com quem vocês sentem já terem uma amizade interior? Seus guias, seus anjos? Um pai ou mãe falecido? Um ET? Duendes ou fadas, espíritos dos elementos, ou profetas e professores e videntes? Qualquer um deles ajudará, seja lá com quem vocês trabalhem. Estão ali para ajudar, e o que não conseguirem resolver, vão delegar. É simples e profundo assim. Não precisam ter certeza dos protocolos certos quando existe uma necessidade genuína, sincera. Pois neles todos perpassa o Espírito Primordial, o ser divino cuja inteligência é a fonte de toda a consciência.

Se vocês desejarem desfrutar o ritual de algum tipo de invocação, podem literalmente inventar um. Criem-no a partir das palavras que vocês adorarem usar, com formas e ações que reflitam seu poder a vocês. Contenham a si mesmos pedindo ao Deus ou Deusa para protegê-los de sua própria estupidez, sua própria opacidade de percepção, no caso de ainda não confiarem totalmente em si mesmos. Peçam aos Senhores da Ordem e do Tempo para se certificarem de que vocês não causem nenhum mal; eles têm capacidade de anular uma ação de poder que dá errado, se os riscos forem muito altos.

Peçam conselhos, peçam para aprender a confiar em si mesmos. (Uma ação baseada no fundamento da autoconfiança tem efeitos incríveis.) Em conclusão, ajam porque vocês sabem que são capazes e desejam faze-lo. Ajam tendo como base formas de luz e sendo vocês mesmos, ajam com base nas formas de seus sonhos. Ajam por bem do amor; ajam sob sua proteção.

Todas as coisas e as situações mudaram por mais sutilmente que seja. Em conjunto com o impulso rumo à luz e à cura que foi libertado novamente, a diligência criativa tem muito mais efeito.

Exibições: 104

Comentar

Você precisa ser um membro de Portal Arco Íris-Núcleo de Integração e Cura Cósmica para adicionar comentários!

Entrar em Portal Arco Íris-Núcleo de Integração e Cura Cósmica

Comentário de Clarindo Melchizedek em 22 julho 2009 às 19:34


Saudações de Luz Tanea Mara!

Você também é um Ser de Luzzzz...! Encantadora a história de vossa filha! Realmente ela esta muitissimo certa.

Um Grandioso Abraço em Vosso Coração!
Clarindo!

"Permaneçam unos com a vossa Essência Espiritual. Somente Ela, poderá mostrar-lhes os novos rumos a serem seguidos por cada um!"

                     

"Que a eterna luz do sol te ilumine, que todo o amor te envolva, e a luz verdadeira, no teu interior, guie o teu caminho para casa."Bênção Sufi

 

 Possa o bodhichitta, precioso e sublime, surgir onde ainda não está; E onde surgir que não decline, mas cresça e floresça cada vez mais para o benefício de todos os seres sencientes.

Padma Bhavam significa Morada do Lótus. O lótus é uma flor que cresce da escuridão do lodo abrindo sua flores somente após ter-se erguido além da superfície. Se o impulso para a luz não estivesse adormecido na semente profundamente escondida na escuridão da terra, o lótus não poderia se voltar em direção à luz. Da mesma forma, cada um de nós carrega dentro de si esse impulso para a vida e para a autorealização.

 

NAMO KUAN-SHIH-YIN PU-SA A PRONÚNCIA NAMÓ GUAN-CHEER-IIN PUSSÁ O SIGNIFICADO Eu Chamo pela Bodisatva Kuan Yin, Aquela que vê e ouve o sofrimento do Mundo.

 

CONFRATERNIZANDO A nossa proposta é integração e união. Por isso sugerimos aos integrantes deste Portal que passem pelos perfis dos membros recém chegados, para dar boas vindas, trocar mensagens e convidá-los para uma relação de amizade. Parabenize os aniversariantes... Ingressem nos Grupos e participem!!! Nos Grupos encontramos muitas pérolas postadas em forma de mensagens, apostilas ... que colaboram para o engrandecimento de nossas almas, aprimoramento e crescimento do nosso ser. Gratidão! Fatima dos Anjos

http://www.twitter.com/portalarcoiris  

 

 



“O corpo conhece o tato; a língua, o paladar; o nariz, aromas; os ouvidos, sons; os olhos, formas; mas os homens que não conhecem o profundo Si Mesmo não captam esse supremo.” Mahabharata

"Duvidem de tudo. Encontrem sua própria luz". (Siddharta Gautama) 

"Não crie sofrimento Pratique virtude Seja senhor de sua mente (Bhuda)

 


"Faça uma nova fôrma para você com o poder da sua vontade. Aqueles que se superaram, vivem em paz, tanto no calor quanto no frio, no prazer quanto na dor, no elogio como na crítica. Para eles, um punhado de terra, uma pedra e ouro, são o mesmo. São imparciais e por isso se elevam a grandes alturas" Krishna

 

 


PAI NOSSO...

Que estás em toda harmonia do universo.

Santificado seja sempre o teu santo e sagrado nome.

Venha a nós o teu reino...

E que se cumpram as tuas leis, na terra e no espaço.

E em todos os mundos habitados...

Dá-nos hoje, o pão do corpo e o pão da alma.

Concede-nos a benção da saúde,do trabalho.

Perdoa as nossa ofensas.Assim como nós devemos amar e perdoar, a quem nos tem ofendido...

E não nos deixes sucumbir ás tentações.

E inspira-nos a combater o mal.Enviando-nos um raio da tua LUZ para nos orientar e guiar.

No caminho que a TI conduz.

Pois TU és o Poder e a Glória...

Amém!



INVOCAMOS AS ENERGIAS DO GRANDE SOL CENTRAL
A GRANDE FONTE ILUMINADORA DO AMOR

INVOCAMOS AOS ELOHINS…OS ANJOS QUE NOS ILUMINAM… E AOS QUATRO PILARES DOS FILHOS DA LUZ …
SANAT KUMARA, METATRON, MIGUEL E MELCHIZEDEK

INVOCAMOS AOS SERES DAS ESTRELAS QUE COM ASHTAR,
ELEVAM E APOIAM NOSSOS ESFORÇOS

INVOCAMOS A SHAMBALLA E AOS MESTRES ASCENSIONADOS
QUE GUIAM E NUTREM ESTE ENCONTRO DE ALMAS,
SERES DAS ESTRELAS E MESTRES ENCARNADOS
A DEDICAR SUA INTENÇÃO PARA ELEVAR A TODA VIDA PELO AMOR

INVOCAMOS A MÃE MARIA, KUAN YIN E A MADALENA
PARA ENCHER NOSSOS CORAÇÕES COM HUMILDADE E COMPAIXÃO

INVOCAMOS A NOSSA MAGNA PRESENÇA EU SOU A TRAZER NOSSOS DONS, VISÃO E OFERTAS EM
UMA UNIDADE DE PROPOSITO CENTRADA NO CORAÇÃO PARA CRIAR CLARIDADE
,DIREÇÃO DIVINA E AMOR MANIFESTADO,

EU SOU O QUE SOU
UM SER DE LUZ CONECTADO A LUZ!

A FORÇA DE VONTADE – A ALAVANCA QUE MOVE NOSSA VIDA Cada consciência que reencarna no plano terrestre tem como propósito primordial buscar sua evolução espiritual, aprendendo com as lições que a vida lhe traz. Apesar do esquecimento temporário que passa quando para aqui vem, internamente traz consigo um sentimento de que algo tem a fazer.
Passam-se os anos na vida terrena e isso pode variar de indivíduo para indivíduo, que o sentimento se torna mais forte, até que em determinado momento à ânsia de saciar o espírito fala mais alto e intuitivamente sente que a necessidade da busca a respostas para certas indagações lhe trará a tranqüilidade interna que tanto necessita.

A vida, no entanto é uma escola, cheia de obstáculos e desafios que incentivam o desenvolvimento das potencialidades, que auxiliam o ser na busca do crescimento espiritual.

Uma dessas potencialidades é à força de vontade, a alavanca que põe em movimento nossas ações, gerando atitudes que permitem que aquele que deseja seguir adiante, com o propósito de buscar conhecimento, possa ultrapassar todas as barreiras que por ventura encontrar pela frente.

Há consciências, que por lhes faltar a força de vontade não conseguem caminhar por muito tempo nesta busca, preferindo deixar mais para frente, adiando assim, o que realmente vieram aqui fazer, continuando a sua vida material, sem compreender que nem só de pão vive o homem, pois o homem é matéria e espírito.

Porém, o sentimento foi apenas abafado, pois chega um momento que a insatisfação fala mais alto. O que se buscou no mundo das ilusões não trouxe o alimento necessário para o espírito, pois a personalidade egóica não estava sintonizada com o propósito da alma.

A busca do ser recomeça. Bate-se em porta em porta buscando conhecimento, buscando a paz. Nesta caminhada adquire experiências e através do conhecimento passa a compreender que a tranqüilidade se alcança quando os sentimentos, os pensamentos e as atitudes são alimentados pela energia do amor. Quando já se consegue discernir o certo do errado, do que lhe traz a paz e o que lhe causa dor, escolhendo assim, o que prefere se alimentar.

No entanto, para todo aquele que se coloca como peregrino a caminho da Luz, encontra muitos obstáculos, pois a porta é estreita e poucos são os que perseveram por faltar à força de vontade.

O contato com o ser interior, a fé e a confiança que está no caminho correto, que sabe o que quer e para onde deseja seguir é que fará com que a força de vontade, esta força que impulsiona o ser seguir adiante, o auxilie a conquistar o objetivo. Nada se conquista sem o uso dessa força e perseverar no que se acredita ser o melhor é o caminho para conquistar um troféu. O troféu da satisfação de ter alcançado sua meta.

APARECIDA

"Quanto maiores somos em humildade, tanto mais próximos estamos da grandeza." Tagore

"O reino de Deus está dentro de vós". (Jesus)

“Toda vez que a Justiça Divina nos procura no endereço exato para execução das sentenças que lavramos contra nós próprios, segundo as leis de causa e efeito, se nos encontra em serviço ao próximo, manda a Divina Misericórdia que a execução seja suspensa, por tempo indeterminado.” (Emmanuel / Chico Xavier - Perante Jesus cap. 4 - Remuneração Espiritual)

Salmo 23
1. O SENHOR é o meu pastor; nada me faltará.
2 Deitar-me faz em verdes pastos, guia-me mansamente a águas tranquilas.
3. Refrigera a minha alma guia-me pelas veredas da justiça, por amor do seu nome.
4. Ainda que eu andasse pelo vale da sombra da morte, não temeria mal algum, porque tu estás comigo a tua vara e o teu cajado me consolam.
5. Preparas uma mesa perante mim na presença dos meus inimigos, unges a minha cabeça com óleo, o meu cálice transborda.
6. Certamente que a bondade e a misericórdia me seguirão todos os dias da minha vida, e habitarei na casa do Senhor por longos dias.

Saber viver, por Cora Coralina

Não sei... Se a vida é curta Ou longa demais pra nós, 

Mas sei que nada do que vivemos Tem sentido,

se não tocamos o coração das pessoas. Muitas vezes basta ser:  

Colo que acolhe,  

Braço que envolve,  

Palavra que conforta,  

Silêncio que respeita,  

Alegria que contagia,  

Lágrima que corre,  

Olhar que acaricia,  

Desejo que sacia,  

Amor que promove.  

 

E isso não é coisa de outro mundo, É o que dá sentido à vida.

 É o que faz com que ela Não seja nem curta, Nem longa demais,

Mas que seja intensa, Verdadeira, pura... Enquanto durar.


A vida é uma peça de teatro que não permite ensaios. Por isso, cante, chore, dance, ria e viva intensamente, antes que a cortina se feche e a peça termine sem aplausos.
Charles Chaplin


"...Só aqueles que compreenderam que devem procurar o infinito, o ilimitado, o que está além do tempo e do espaço, se sentem vivos, porque a vida verdadeira é a imensidão, a eternidade. Nunca vos refugieis naquilo que é acessível, limitado: abarcai o infinito e a vossa alegria também será infinita. Será a felicidade, a luz, a força, o dilatar de todo o vosso ser."

Omraam Mikhaël Aïvanhov

 

 

 RIOS DE ÁGUA VIVA FLUEM DE VOCÊ

Você é o ponto do Universo pelo qual fluem “rios de água-viva”. Neste “ponto”, é sempre agora! Aquiete-se! Anule conscientemente a crença no tempo: você é um ser deste agora, sem passado e sem futuro!
Deus é Tudo! Onde Deus está, é exatamente onde VOCÊ está! Constate esta Verdade! Dê consciente testemunho dela! Rios de Água Viva fluem a partir de VOCÊ! Esta Substância, na verdade, é VOCÊ! É Deus, em Auto-suprimento perfeito, sendo VOCÊ!
Dárcio Dezolt

 

 PODEROSA ORAÇÃO EU SOU Fique tranqüila e saiba que Eu Sou Deus! Eu Sou Deus vivendo neste corpo como ( diga o seu nome). Eu Sou Deus totalmente livre vivendo neste corpo como ( diga o seu nome) Eu Sou a Poderosa Presença do EU SOU Eu Sou o mestre ascensionado ( diga o seu nome) Em nome da Amada Presença de Deus, o qual Eu Sou! Pelo poder de Deus, o qual Eu Sou. A poderosa Presença do Eu Sou é o meu verdadeiro eu! Eu Sou a Ressurreição e a Vida. Eu Sou a Verdade, o Caminho e a Vida. Eu Sou a encarnação do Amor Divino. Eu Sou a porta aberta que nenhum homem pode fechar. Eu Sou Deus em Ação. Eu Sou o cetro de domínio, a Chama que nunca se apaga, A Luz deslumbrante e a Perfeição Divina manifestada. Eu Sou a revelação de Deus. Eu Sou o batismo do Espírito Santo. Eu Sou o ser ascensionado que desejo ser agora. Eu Sou a realização de Deus. Eu Sou uma porta aberta a toda revelação. Eu Sou a Luz que ilumina todos os lugares no qual eu entro. Eu Sou a Presença de Deus em ação hoje. Eu Sou Aquele que Sou. Eu Sou a libertação eterna de toda imperfeição humana. Eu Sou a Presença que preenche o meu mundo com Perfeição neste dia. Eu Sou um corpo invencível de Luz. Eu Sou a Luz que ilumina todo ser humano que vem ao mundo. Eu Sou a Vitória na Luz.

 

 

 

EU SOU VOCÊ..... Não sou um sábio pensador, Porque SOU A SABEDORIA. Não Sou aquele que tráz para todos o Amor. porque Sou o Próprio Amor Não sou aquele que tráz a Vida porque Sou a própria Vida Não venho trazer a Verdade, porque em todas Verdades Eu Estou! Eu tenho todas as coisas e todas as coisas me contêm Eu Sou o único caminho para todos, você é único caminho para você,
Pois,sempre estive em você e você não sabia.
Eu Sou a tua Luz
e você é a Luz Viva que Eu sou.
Eu Sou o Pai e Sou o Filho,
Eu Sou um e Sou todos.
Eu Sou o Alfa e o Ómega
Eu Sou o Principio e o Fim.

Se tudo assim não fosse,
Eu não poderia dizer;
Eu Sou Você,
Assim como você sou Eu!!!!!!

ERGOM........

Paz ,Luz e Equilibrio...Namaste

 EU SOU EU SOU Aquele que te faz sonhar... EU SOU Aquele que te faz amar...... EU SOU a LUZ de tua Alma...... EU SOU a FÉ em teu coração...... EU SOU a ALEGRIA em teu ser...... EU SOU a VIDA que te sustenta.... EU SOU a FORÇA que jamais te deixará.... EU SOU Aquele a quem contastes... tuas alegrias e tristezas... EU SOU a ENERGIA que te impulsiona,... passo a passo, rumo a tua eterna... realização e vitória....
EU SOU...
A LUZ...
A FORÇA...
O AMOR...
A SABEDORIA...

EU SOU Aquele que há tanto tempo procuras....

Agora que Me encontrastes...
Dentro de ti, contigo e através de ti...
brilharei, confirmando a todos que tiverem...
olhos para ver a LUZ que um dia foi prometida...
e que em vão procuraram em templos de pedras...
em palavras que ficaram no esquecimento,...
bem como nos livros....

EU SOU a Poderosa ENERGIA...
que a todos e a tudo sustenta....

Em nome do AMOR decreto:...
VIDA, LUZ, AMOR E LIBERDADE...
em ti e em teu mundo...
Agora e Sempre!...

Eu, SOL, que em teu peito brilha...
EU SOU....

Trecho do Livro: "Mensagens dos Mestres - De Coração a Coração" M. Stella Lecocq

APELO

"Em nome de EU SOU O QUE EU SOU,
eu convido minha Presença EU SOU, esta parte de Deus em mim,
para estar comigo ao longo deste dia.
Eu peço, a minha Presença EU SOU,
para assumir o controle imediato de todas as minhas ações,
feitos, palavras, sentimentos e pensamentos.
Eu peço, minha poderosa Presença EU SOU
para agir através de mim ao longo deste dia,
para gerir minha vida.
Amém”.

 

A QUEBRA CONSCIENTE DE VOTO

Diga em voz alta:

Neste momento, estou quebrando todos os votos que fiz para viver a ilusão da inconsciência. Como portador da Luz de minha linhagem genética, quebro esses votos em meu nome e em nome de todos os meus ancestrais. Revogo e anulo esses votos destituindo-os de valor para esta encarnação e para todas as outras através do tempo e do espaço, das realidades paralelas, dos universos paralelos, das realidades alternativas, dos universos alternativos, de todos os sistemas planetários, de todos os sistemas de Origem, de todas as dimensões e do Vácuo.

Peço para ser libertado de todos os cristais, mecanismos, formas de pensamento, emoções, matrizes, disfarces, memórias celulares, idéias acerca da realidade, limitações genéticas, bem como da morte.

AGORA!

Segundo a Lei da Graça e pelo Decreto da Vitória! Pelo Decreto da Vitória! Pelo Decreto da Vitória! Conforme a vontade do Espírito, peço para Despertar!

Conforme a vontade do Espírito, estou Desperto!

No princípio, EU SOU O QUE SOU!


Compreendendo o processo dos Apelos
A verdade existe; ela se manifesta em todos os planos, quando uma pessoa está em condições de captá-la dos planos e esferas nos quais os Seres Divinos atuam em determinada época para distribuí-la amplamente sobre a terra e seus habitantes.
A eficiência dos apelos depende da proporção de sentimento e convicção que através deles são liberados, como também depende da nitidez das imagens que se imprimem na mente. Isto, realmente representa o modelo através do qual se dissolve a energia física.``
SAINT GERMAIN
O Sétimo Raio

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Oremos sempre que puder em prol do nosso querido planeta para todas as entidades possam juntas emanar sua energia maravilhosa para cura deste planeta e de seus filhos!!!

Lokah Samastah Sukhino Bhavanthu

"Que todos os seres sejam felizes"


 

 

 

 

© 2019   Criado por Fatima dos Anjos.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço